O desenvolvimento do agrotech é a expansão do agronegócio

Inicio » Agronegócio » O desenvolvimento do agrotech é a expansão do agronegócio
02/02/2019 Por
O desenvolvimento do agrotech é a expansão do agronegócio

As atividades do agronegócio tem sido impactadas positivamente pelas inovações do agrotech

O agrotech está inserido nas tecnologias desenvolvidas da agricultura e do agronegócio. Sua expansão e desenvolvimento faz com que a busca seja mais intensa, com o intuito de aprimorar os plantios nas propriedades rurais e aumentar o lucro.

O agronegócio tem feito com que seja essencial o uso de novas tecnologias em seu segmento. Além disso, esta aplicação tem incentivado o surgimento de grandes startups do agrotech e ampliado o número de produtores interessados em modernizar suas atividades.

Uso de equipamentos inovados no agrotech

O que é Agrotech?

Agrotech é a empresa que disponibiliza serviços de agricultura diferentes pelas possibilidades dadas pela tecnologia. O termo é a junção das palavras ‘agricultura’ e ‘tecnologia’, em inglês.

O agrotech é também denominado como agricultura de precisão, em que a prática é voltada para o uso de aparelhos tecnológicos que visam acompanhar as atividades rurais com mais rigor, considerando assim as variações do clima e do solo. Dessa forma, o agrotech leva em consideração a proteção do meio ambiente e tem como objetivo melhorar o manuseio das plantações, ou seja, conservar o solo e aprimorar o uso de insumos agropecuários.

Vale citar que, atualmente, as ferramentas agrotech ainda são caras e limitadas a produtores com alto poder de investimento. No entanto, diferentes pesquisas e adaptações vêm sendo feitas para que os pequenos agropecuaristas tenham acesso a estas inovações.

Com seu alto padrão, tais tecnologias são diretamente responsáveis por importantes mudanças e uma maior agregação de valor no campo.

Algumas das vantagens da inovação na agricultura são:

  • Aumento da produtividade
  • Aumento dos rendimentos de safra
  • Diminuição dos custos das propriedades
  • Otimização do tempo de produção
  • Fornecimento de suporte agroeconômico
  • Mobilidade

O desenvolvimento da tecnologia agro busca entender as áreas em que as propriedades rurais estão localizadas, o clima, o relevo, o solo, as necessidades que precisam ser supridas e quais as propriedades que mais precisam ser conservadas. Por isso, as dificuldades iniciais do agrotech foram:

  • O elevado custo do equipamento
  • A adaptação das tecnologias nas diferentes regiões
  • A disseminação das novas técnicas inseridas no processo
  • A análise de um volume significativo de dados

Etapas da safra utilizando o agrotech

Com a utilização da tecnologia agropecuária, uma safra é dividida em:

  1. Preparação do solo
    Analisar o solo e buscar as causas das alterações de produtividade
    Aplicar corretivos e fertilizantes onde se encontram taxas instáveis
  2. Plantio
    Plantação em locais com taxas instáveis, segundo a produtividade de cada área
  3. Acompanhamento da lavoura
    Acompanhar a lavoura para identificar doenças e pragas
    Aplicar defensivos agrícolas em áreas específicas
  4. Colheita
    Colheita feita com máquinas com sensores de produtividade
    Geração de mapas de produtividade a partir de áreas específicas

Tecnologia agrícola brasileira

Segundo a CBAP (Comissão Brasileira de Agricultura), 67% dos meios agrícolas já implantaram algum tipo de tecnologia fora ou dentro do campo. Toda essa tecnologia agrícola tem contribuído para que o agronegócio impulsione cada vez mais a economia e feito com que as empresas da área de tecnologia (startups) tenham acesso à novas oportunidades no segmento.

Entretanto, a tecnologia na agricultura brasileira está em constante desenvolvimento e tem o objetivo de possibilitar funcionalidade, auxiliar nas tarefas do cotidiano no campo, propor planejamento eficaz aos produtores rurais e a utilização de meios que colaboram para o controle de dados e informações que alargam as produções.

Agrotech: tecnologia na agricultura

O agrotech é uma prática recente das startups e os seus avanços tecnológicos estão concentrados em:

  • Monitoramento de equipamentos com ajuda de GPS
  • Sistema de mapeamento da colheita
  • Softwares voltados para o gerenciamento da cadeia produtiva
  • Dispositivos móveis integrados a plataformas tecnológicas
  • Aplicação dos drones de cultivo
  • Tratores autônomos
  • Máquinas agrícolas desenvolvidas
  • Uso de transgênicos
  • Uso da inteligência artificial (como mão de obra)

Assim, a atenção aos desenvolvimentos do agrotech são essenciais. Todo novo desenvolvimento da tecnologia agro deve ter soluções inovadoras e totalmente sustentáveis, auxiliando, dessa forma, as áreas em que são implantadas e os produtores e agricultores daquela propriedade específica.

Desta forma, o manejo do meio rural e da instabilidade presente nas áreas específicas são importantes, sobretudo, para o aumento dos lucros e da produtividade. Além disso, o agrotech possui engajamento com a utilização da terra, tanto no presente como no futuro, provando que a tecnologia sustentável faz a diferença dentro do segmento.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo