Aluvião envolve o deslocamento de terras que ocorre naturalmente

Inicio » Agronegócio » Aluvião envolve o deslocamento de terras que ocorre naturalmente
18/03/2019 Por
Aluvião envolve o deslocamento de terras que ocorre naturalmente

O aluvião é muito comum em regiões onde a chuva é predominante, ocasionando o deslocamento da terra para outras propriedades

O aluvião é muito comum em regiões onde problemas com o solo são recorrentes. Assim, os trechos de terra são movimentados de uma determinada propriedade para outra. Sendo levada exclusivamente pelo fluxo do rio.

aluvião é responsável pela perda de terra do produtor. Já que, a partir do momento que a terra é deslocada para outra região, ela não pertence mais ao local original, mas sim, ao atual.  Ou seja, caso haja propriedades importantes naquela terra – como o ouro – elas passam a pertencer ao local em que estacionaram.

Aluvião as margens do rio

O que é aluvião?

Aluvião é qualquer propriedade de terra que se deslocou para outra região por conta de catástrofes naturais. Este processo é relativamente lento, pois ele é ocasionado gradualmente pelas águas do rio. A prática de adquirir uma terra movida está da legislação brasileira. Não se trata apenas de um trato entre donos de grandes propriedades. E, tecnicamente, seria impossível descobrir a origem de uma determinada terra; visto que em casos de catástrofes naturais, todos os lugares são afetados.

Aluvião e avulsão

Mesmo tendo nomes e características parecidas, os termos não são iguais e nem têm o mesmo significado. O aluvião como foi dito anteriormente, é movido pela catástrofe natural. Já a avulsão, acontece de forma repentina, e é ocasionado principalmente pelo rio presente na região.

Tanto um quanto o outro acontecem de maneira extremamente agressiva; de modo que boa parte da terra é deslocada.

Ouro de aluvião

Denomina-se ouro de aluvião todo o trabalho de remoção de ouro das terras que fiquem as margens ou no leito de rios. Esse trabalho é extremamente cauteloso e exige paciência. Visto que, todo o ouro presente nessas terras está submerso sobre os resíduos acumulados, como a argila e a areia.

Geralmente, este trabalho é feito de forma manual. Utilizando instrumentos como:

  1. Pá:É ideal para a execução deste serviço. A terra é pega com a pá e posto junto a peneira para dar sequência ao garimpo.
  2. Peneira: Após os resíduos serem postos juntos a peneira, é hora de chacoalhar até o ponto de restar apenas pedras sobre a rede. Assim, o garimpeiro irá chegar se existe ouro naquela fração coletada.

Por conta da falta de fiscalização, é muito comum que a mão de obra escrava apareça neste mercado. De modo que os trabalhadores expostos a isso trabalhem muito e recebam pouco.

Planície de aluvião

Planície aluvial

Todo o rio é composto pelo seu leito – local onde o curso da água acontece de forma natural. Todavia, em épocas onde a chuva prevalece, essas águas acabam subindo, até o momento de chegar a sua planície.

A água chegar até a planície fluvial é algo extremamente comum e, de certo modo, inevitável. Visto que essas situações dependem somente da natureza.

Em suma, o aluvião que pode ser parcialmente evitado por barragens, mas não de forma total. Ruralistas mais precavidos utilizam das barragens para proteger áreas que consideram possivelmente ricas em ouro, por exemplo.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo