Bioenergia, a energia da biomassa benéfica ao meio ambiente

Inicio » Meio Ambiente » Bioenergia, a energia da biomassa benéfica ao meio ambiente
03/02/2019 Por
Bioenergia, a energia da biomassa benéfica ao meio ambiente

Como a energia feita a partir de recursos naturais auxilia o meio ambiente

Um bom exemplo de energia renovável é a bioenergia. Biomassa, energia hidráulica, energia solar e energia eólica são exemplos de energias renováveis no Brasil. Assim, toda e qualquer energia influenciada por fatores naturais é chamada de energia renovável.

No Brasil, as energias renováveis correspondem a mais da metade da energia elétrica utilizada e produzida em solo brasileiro. Portanto, a indústria de combustíveis se prontificou em buscar meios que não agredissem (tanto) o meio ambiente e que fossem biodegradáveis e, assim, a bioenergia se tornou um deles.

Aliás, o que é bioenergia?

A bioenergia consiste na energia adquirida através de recursos naturais, a chamada biomassa. Ela é responsável por gerar eletricidade, combustão e calor em geral. Produtos agrícolas (como a soja, bagaço da cana-de-açúcar, milho, mamona, canola etc), madeira, lixo orgânico, dejetos, serragem e outros estercos, por exemplo, são as principais fontes de bioenergia no Brasil.

Bionergia: resíduos de plantações

Combustíveis bioenergéticos em destaque:

  • Biodiesel
  • Biometano
  • Etanol
  • Biogás

Entretanto, no Brasil, grande parte das usinas produz energia elétrica além do necessário para o próprio consumo. Esse número resulta em uma menor emissão de CO₂ e pouco sustentabilidade para a indústria. Portanto, quanto maior o uso de energia biodegradável, menor o número de agressões ao meio ambiente e gases poluentes no ar.

Biomassa: a fonte da bioenergia

Bioenergia: resíduos naturais utilizados na produção de energia

A biomassa, considerada uma fonte de energia pura no Brasil, é um gerador de energia a partir de substâncias orgânicas, ou seja, de vegetais e animais presentes na natureza. Dessa forma, por transformar dejetos orgânicos em energia, a biomassa tem como característica a redução da poluição ambiental.

Considerada renovável, pois age diretamente na atmosfera quando ocorre a decomposição dos elementos que geram energia, a biomassa permite a liberação de CO₂ no ar e a sua transformação em hidratos de carbono quando a fotossíntese é realizada.

Esse tipo de energia possui três classes: a biomassa sólida (produtos e resíduos agrícolas, florestais e biodegradáveis), a biomassa líquida (gera combustíveis líquidos) e a biomassa gasosa (resíduos da agropecuária).

Na utilização da biomassa como energia também há prós e contras. Pode-se listar como prós:

  • Baixo custo
  • Distribuição de energia para comunidades específicas como, por exemplo, as indígenas
  • Benefícios ambientais e desenvolvimento
  • Permissão para o rastreio do uso de combustíveis fósseis
  • Redução do desgaste do solo local
  • Meios para restaurar áreas danificadas
  • Emprego para mão de obra pouco utilizada
  • Produção de sub e co-produtos

Por outro lado, temos os contras:

  • O risco da falta de planejamento, podendo ocasionar um grau elevado de desmatamento devido ao corte excessivo das árvores
  • Agentes poluidores – por exemplo, os materiais particulados – como monóxido de carbono (CO)
  • Biocombustíveis líquidos podem ocasionar a chuva ácida
  • Possíveis impactos em recursos hídricos

Dessa forma, é notável que o uso da bioenergia é benéfico tanto para a população quanto para os países que a produzem. A bioenergia no Brasil tem contribuído para o meio ambiente na situação atual e para os próximos anos, podendo ocasionar a redução dos impactos climáticos globais.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo