Engenharia Ambiental aborda uma série de temas importantes

Inicio » Meio Ambiente » Engenharia Ambiental aborda uma série de temas importantes
07/10/2020 Por
Engenharia Ambiental aborda uma série de temas importantes

Com o intuito de identificar e reduzir os impactos ambientais causados por diversas atividades, criou-se o estudo da Engenharia Ambiental. O profissional formado em Engenharia Ambiental atua em diferentes áreas relacionadas ao meio ambiente, buscando promover a qualidade de vida das pessoas e, ao mesmo tempo, proteger os recursos naturais. Nessa perspectiva, atividades agrícolas também necessitam do trabalho de engenheiros ambientais.

Para que haja equilíbrio entre os ecossistemas, o trabalho de engenheiros da área ambiental é indispensável. Desta forma, a Engenharia Ambiental atua no sentido de garantir que não haja esgotamento de recursos naturais necessários para alimentação e manutenção da vida na Terra.

Engenharia Ambiental

O que é Engenharia Ambiental?

Engenharia Ambiental é uma graduação de nível superior, voltada para o desenvolvimento sustentável que deve considerar todas as esferas sociais, ambientais e econômicas, desenvolvendo meios de reparação de danos causados ao meio ambiente e também promovendo ações de preservação ambiental.

Mas o que é Engenharia Ambiental de fato? A Engenharia Ambiental e Sanitária é um segmento da engenharia que deve atuar especificamente na área ambiental. É função do Engenheiro Ambiental avaliar riscos e impactos ambientais, promover ações para reduzir e remediar os impactos ao meio ambiente.

Além disso, o profissional pode atuar no tratamento de água, tratamento de efluentes, atuar tanto na gestão quanto no controle ambiental e promover melhorias em processos que envolvam o meio ambiente.

O meio ambiente envolve também a qualidade do ar e a qualidade dos solos. A Engenharia Ambiental deve atuar também no sentido de preservar essas questões além de proteger espécies nativas dos biomas brasileiros no país.

O curso de Engenharia Ambiental deve preparar profissionais no sentido de desenvolver tecnologias cada vez menos agressivas ao meio ambiente, limpas e que não desperdicem recursos não renováveis ou emitam poluentes.

Sendo assim, o profissional Engenheiro Ambiental deve conhecer processos industriais e outras atividades que têm potencial poluidor.

Esses são alguns aspectos gerais que o profissional deve realizar no exercício de sua profissão, mas há muito o que pode ser explorado para que tenhamos um cuidado cada vez maior com o meio ambiente.

O que estuda a Engenharia Ambiental?

Para entender o que estuda a Engenharia Ambiental, é preciso pensar nos elementos ambientais que são fundamentais para que haja a vida na Terra como conhecemos hoje. Isso significa que a Engenharia Ambiental deve deter profundo conhecimento a respeito de recursos naturais como a água, ar, solo, minérios e também das relações ecológicas que estão inseridas no meio ambiente.

Além disso, a engenharia ambiental precisa saber identificar as atividades que são potencialmente poluidoras do meio ambiente e procurar soluções para recuperar áreas degradadas.

Nessa perspectiva é possível ter uma ideia sobre o que faz a Engenharia Ambiental. O profissional pode atuar em diversos empreendimentos e órgãos públicos, atuando na gestão e criação de soluções ambientais em diversos processos.

Portanto, o Engenheiro Ambiental pode trabalhar em aterros sanitários, indústrias, mineradoras, pesquisas, controle da qualidade do ar, da água ou solo e tudo mais que envolve o meio ambiente.

Com o aumento da necessidade de legislações ambientais devido à degradação ambiental e destruição de biomas naturais por atividades antrópicas, os profissionais engenheiros ambientais são cada vez mais necessários e importantes para promover o desenvolvimento sustentável.

Para isso o profissional estuda cerca de cinco anos e então está pronto para promover ações ecologicamente corretas e contribuir para o aumento da conscientização ambiental mundial.

Engenharia Ambiental

Por que cursar esse tipo de engenharia?

Todos temos responsabilidade com o meio ambiente. Devemos promover a separação adequada dos resíduos sólidos e do lixo, o qual é o resto de matéria orgânica, e também devemos economizar água. Isso porque a matéria-prima industrializada que gera os resíduos sólidos deve ser reciclada, pois a sua degradação no meio ambiente pode levar anos.

Outrossim, a água potável disponível no planeta é escassa e está sendo esgotada, causando diversos problemas para a nossa e as gerações futuras que sofrerão com a falta desse elemento tão importante para a vida. Não obstante a isso, as indústrias e o modelo de consumo atual são os maiores fatores que prejudicam o meio ambiente do qual dependemos.

O Engenheiro Ambiental é capaz de ajudar a melhorar esses processos, a fim de evitar que haja poluição do ambiente e de recursos naturais. Da mesma forma, o profissional é agente capaz de melhorar e recuperar a qualidade dos recursos naturais como a água. Por este motivo, é uma das áreas que mais crescem, ganhando prestígio nos últimos anos.

Para se tornar um profissional da área, faculdades federais e particulares oferecem o curso, com ótima base para atuação efetiva no mercado de trabalho. Para conhecer melhor a faculdade de Engenharia Ambiental e sua grade curricular, você pode acessar a página do curso em qualquer instituição de ensino superior.

Engenharia Ambiental

O mercado de trabalho do engenheiro ambiental

O mercado de trabalho é amplo e diversificado, o que faz o Engenheiro Ambiental ter excelentes remunerações.

Quanto ganha um Engenheiro Ambiental? O salário base de um Engenheiro Ambiental, ao início da profissão, é de R$4.000,00 (quatro mil reais).

O profissional também pode atuar na área da educação. Para isso, pode se especializar cursando mestrado e doutorado com projetos de pesquisa na área de interesse. Assim, o Engenheiro Ambiental constrói a sua carreira.

O mercado de trabalho para Engenharia Ambiental é bastante amplo. Os profissionais podem trabalhar em diversos segmentos da indústria e também em atividades de exploração florestal ou mineral, bem como na gestão de recursos hídricos e demais áreas no meio ambiente.

Visto que cada atividade de produção alimentícia também necessita de uma ampla gama de recursos para minimizar impactos ambientais, o profissional ainda pode atuar na indústria de alimentos. Uma das áreas mais desejadas pelo Engenheiro Ambiental é atuar na exploração de combustíveis fósseis, bem como comércio e beneficiamento por empresas privadas e estatais.

Um outro aspecto positivo da profissão é a possibilidade de atuação em países europeus. A Alemanha é referência na legislação ambiental e tem métodos muito desenvolvidos para remediação e produção limpa. Sendo assim, a área de Engenharia Ambiental abre diversas portas para o profissional.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo