Importação e exportação auxiliam o crescimento econômico nacional

Inicio » Agronegócio » Importação e exportação auxiliam o crescimento econômico nacional
21/02/2019 Por
Importação e exportação auxiliam o crescimento econômico nacional

Como funciona o processo de importação e exportação?

Presentes em muitos países desenvolvidos e em desenvolvimento, as atividades de importação e exportação contribuem de forma significativa para a economia nacional.

O crescimento econômico resultante da importação e exportação faz com que os países e empresas nacionais se tornem grandes influências dentro do comércio mundial.

Conceito geral de importação e exportação

As palavras importação e exportação estão diretamente ligadas com o mercado interno e externo de um país. A compra de mercadorias de outros países recebe o nome de importação. Já a exportação faz referência a saída e venda dos produtos de um país para o outro. Estes dois processos comerciais são de extrema importância para a economia do país.

Importação e exportação: medicamentos

Importação

Importação é uma atividade de comercialização e fiscalização que faz referência ao recebimento ou compra de produtos, sejam serviços ou bens, de um outro país para o país que importa. Ou seja, faz alusão a entrada de mercadorias externas (ou estrangeiras) em território nacional.

Todo o procedimento de importação é feito por meio de processos relacionadas à Receita nacional, como a alfândega, podendo ser realizada por meio dos transportes, seja ele marítimo, ferroviário, aéreo ou rodoviário (chamados de transporte multimodal, quando faz-se necessário o uso de mais de um tipo de transporte).

A importação faz-se necessária principalmente quando o país de referência não produz a mercadoria, por isso opta por importá-la. Dessa forma, estas mercadorias são responsáveis por suprir diversos setores indústrias com matérias primas, possibilitando estudos e pesquisas, além de fornecer suprimentos para a população (alimentos e produtos básicos).

No Brasil, as principais importações brasileiras são:

  • Automóveis (carros, motos, etc);
  • Autopeças;
  • Petróleo;
  • Medicamentos;
  • Óleos combustíveis;
  • Eletrônicos (celulares, computadores, telefones, etc);
  • Motores e geradores elétricos;
  • Peças de transmissão e recepção;
  • Hulha (ou carvão);
  • Cloreto de potássio;
  • Gás natural.

No entanto, há vantagens e desvantagens que ocorrem com este processo. As principais vantagens são:

  • Vantagens financeiras, quando o câmbio (ou moeda) do exportador é desvalorizada em relação ao câmbio do país importador;
  • A importação no Brasil, por exemplo, conta com o incentivo do Governo Federal sobre as empresas;
  • O tempo de importação é menor em relação ao tempo que gastaria-se para produzir determinado produto (isso no caso de mercadorias tangíveis);
  • Mão de obra e custos possuem valores menores.

Por outro lado, as desvantagens são, basicamente:

  • Possibilidade de atrasos no período de entrega, impactando diretamente o país importador;
  • Há um alto risco de erros e falhas na quantidade de importação caso não haja planejamento e administração adequada;
  • Falta de confiança entre importador e exportador também causa problemas entre as atividades comerciais estabelecidas.

Entretanto, as vantagens da importação é o que mantém a realização da atividade. O Brasil, por exemplo, exporta principalmente dos Estados Unidos, China, Argentina, Nigéria e Alemanha.

Exportação

Importação e exportação: soja

Exportação é uma atividade de comercialização, doação e envio de bens, serviços ou serviços de um país para o outro. Ou seja, faz alusão a saída de mercadorias internas do território nacional. Esta atividade está diretamente ligada com os intuitos de crescer economicamente, através da diversificação e variedade encontrada no mercado.

As exportações acontecem pelo simples fato de determinadas empresas visarem a expansão do mercado, tanto para abastecimento interno quanto para o externo. Assim, estas mercadorias ou produtos auxiliam o país exportador a ter um crescimento produtivo e lucrativo significantes.

Assim, a atividade de exportação garante ao país exportador maior produtividade, aperfeiçoamento de serviços internos, fortalecimento das exportadoras. Além disso, torna as empresas internas grandes referências entre as influentes do mercado externo.

Dessa forma, todo o procedimento de exportações é feito por meio de processos que envolvam análise de documentação, pesquisa de comércio e mercado, transações bancárias embalagens, etc.

As principais exportações brasileiras são:

  • Soja;
  • Cana de açúcar;
  • Minério de ferro;
  • Óleos de petróleo;
  • Aço;
  • Carne bovina;
  • Carne de frango;
  • Café.

Entretanto, segundo dados da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec), o Brasil é o primeiro colocado entre os principais exportadores de carne bovina do mundo. Além disso, o país as atividades de indústrias, serviços e agropecuária contribuem para o crescimento nacional.

Portanto, referente a balança comercial, as atividades de importar ou exportar devem manter um equilíbrio favorável e positivo para o país. Para que seja bom para a economia interna, um país deve exportar mais do que importa.

Assim, a importação e exportação de determinado país não deve parar, uma vez que são de extrema importância para o crescimento e desenvolvimento econômico.

Agro20 | Portal Vida No Campo