Irerê é ave bela e barulhenta muito conhecida no Brasil

Inicio » Meio Ambiente » Irerê é ave bela e barulhenta muito conhecida no Brasil
01/08/2020 Por
Irerê é ave bela e barulhenta muito conhecida no Brasil

Essa ave tão comum no Brasil pode ser encontrada até na África Ocidental. De nome científico Dendrocygna viduata e da família Anatidae, o Irerê é um dos patos mais conhecidos pelo Brasil afora. Na verdade, ele habita desde a Argentina até a América Central e, por incrível que pareça, até a África Ocidental.

Barulhento e muito conhecido no Brasil, irerê pode ser encontrado até na África Ocidental

irerê e pato real são algumas das espécies mais bonitas de patos e marrecos

Características do irerê

O irerê não é uma ave muito grande, mas mesmo assim chama atenção por sua beleza. Sua face parece ser mascarada, geralmente branca, que contrasta com o pescoço e o bico pretos. A região do peito é castanha e suas asas escuras só podem ser vistas durante o voo. Voando, podem ultrapassar os 80 quilômetros por hora.

O irerê é conhecido também por outros nomes, como paturi e siriri. O irerê pode ser encontrado em quase todo Brasil e ainda é chamado de marreca-piadeira ou apenas marreca no Rio Grande do Sul, marreca-viúva na Paraíba e viuvinha no Ceará.

O canto dessa ave também chama atenção – motivo que lhe deu nome – já que o som emitido lembra os nomes irerê ou paturi. O canto é alto e agudo, que lembra até sons de apito e brinquedos de borracha.

Quando adulta, a fêmea fica um pouco maior que o macho, atingindo até 44 centímetros de comprimento e 65 de envergadura e pesam até 3 quilos.

Quando voam em grupos, muitas vezes lembram aquelas cenas de desenhos ou filmes, quando se alinham no céu formando um triângulo, formando uma linda imagem no fim de tarde.

Ademais, a ave é bastante conhecida dos brasileiros inclusive pelo fato de ser comum inclusive nas áreas urbanas. Nos lagos, por exemplo, como em Belo Horizonte, na Lagoa da Pampulha,  já existem dezenas deles, pois gostam de habitar essas áreas verdes e ficar junto com outros patos, gansos e marrecos.

Pato ou marreco?

Já que falamos do irerê, também conhecido como marreca, aqui vão algumas diferenças entre patos e marrecos.
Os patos tem o corpo mais achatado e horizontal, enquanto os marrecos é mais empinado e levemente cilíndrico. Os marrecos emitem sons mais altos (como o irerê), os patos são mais silenciosos.

Outra diferença é cauda. Normalmente a cauda dos patos é mais comprida. A cauda do marreco é menor. Os patos, em sua maioria, possuem verrugas ou manchas na cabeça. Já os marrecos têm a cabeça lisa.

irerê anda bando nos lagos de algumas cidades

Talvez uma das espécies de pato mais bonita, seja o pato real. O pato macho dessa espécie tem penas verdes cintilantes na cabeça, azul furta-cor na asa e a cauda negra, enquanto a fêmea é marrom. A espécie selvagem anda quase sempre em bando.

O pato bravo também chama atenção, chega a medir até 80 centímetros de comprimento. Tem hábito de subir em árvores e ficar empoleirado e fazer seu ninho lá. Não gosta muito de ficar no chão e voa muito bem.
Agora você já sabe um pouco mais sobre as diferenças do barulhento e lindo irerê para as demais espécies de patos e marrecos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo