Pastagem perene também exige atenção constante dos pecuaristas

Inicio » Pecuária » Pastagem perene também exige atenção constante dos pecuaristas
25/03/2021 Por
Pastagem perene também exige atenção constante dos pecuaristas

A escolha de pastagem mais adequada é um grande desafio que os pecuaristas encontram pela frente. Afinal, trata-se do principal regime de criação de gado no Brasil. Existem diferentes formas de promover a pastagem para os animais e uma delas é a pastagem perene.

Antes de mais nada, é preciso pontuar que a pastagem perene também é base para a produção de carne e leite. Tendo essa função importante de alimentação e nutrição, ela não pode ser feita de qualquer jeito.

Os produtores rurais que compreendem o quanto a pastagem é fundamental para produzir mais e melhor, investem tempo para buscar conhecimento para proporcionar forrageiras de qualidade. Além disso, buscam orientação para entender os diferentes tipos de manejo de pastagens e qual deles é o ideal para a sua propriedade rural.

O que é pastagem perene?

A palavra perene significa algo que permanece durante um longo tempo, que pode chegar a longos anos de existência, ou seja, algo duradouro. Ou seja, pasto perene é aquele tem produtividade por um longo período, que não necessita de replantio todos os anos e conseguem se regenerar mesmo após vários cortes.

No entanto, não basta apenas plantar o tipo de pastagem perene e definir a tarefa como concluída. O cuidado permanece constante em diferentes tipos de pastagens, o que não é diferente por aqui.

Para que continuem produtivas, os pecuaristas devem promover manejos eficazes, fazer a fertilização sempre que necessário, garantir que as necessidades das plantas sejam atendidas – com correção de solo e irrigação em períodos de seca.

vaca em pastagem perene

Tipos de pastagem perene de verão

Conheça alguns tipos de forragens que são pastagens perenes de verão:

Capim elefante

  • Grama comprida
  • Gramas bermuda
  • Pensacola
  • Braquiarão
  • Quicuio
  • Colonião
  • Hemártria

Tipos de pastagem perene de inverno

Conheça alguns tipos mais comuns de pastagens perenes de inverno:

  • Festuca
  • Capim dos pomares
  • Cevadilha serrana
  • Aveia perene
  • Alfafa
  • Amendoim forrageiro

Como saber qual é o melhor tipo de pastagem para a minha criação?

Depende, afinal, uma série de questões precisa ser avaliada antes de escolher a melhor pastagem, seja ela perene ou anual.

Antes de tudo, conheça a área de implementação do pasto. O clima da região interfere bastante no cultivo das forrageiras, pois umas se adaptam melhor que outras dependendo das temperaturas predominantes na maior parte do ano.

O Brasil, por ser de clima temperado, possui algumas vantagens nesse quesito. Ainda assim, existem gramíneas que não são tolerantes à seca, outras à geada e solos muito ácidos.

Além disso, o tipo de pastagem também pode mudar dependendo do sistema de manejo que se deseja adotar na propriedade. Seja manejo com pastejo contínuo, diferido ou rotacionado, tudo depende da forma como esse pasto será utilizado e a frequência do uso.

Na dúvida, busque orientação técnica

É natural ter dúvidas sobre o melhor pastejo para os animais. Além disso, a mudança no formato de pastejo também acontece, como casos em que os produtores possuem pastagem anual e desejam migrar para pastagem perene. Afinal, o importante é compreender que pasto bom reflete na qualidade do rebanho. Rebanho de qualidade é mais lucratividade e desenvolvimento para o agronegócio brasileiro.

Imagens: Travis Blessing e Tobi/Pexels

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo