Abelha uruçu tem mel que oferece grande rentabilidade aos produtores

Inicio » Agronegócio » Abelha uruçu tem mel que oferece grande rentabilidade aos produtores
01/04/2021 Por
Abelha uruçu tem mel que oferece grande rentabilidade aos produtores

Neste artigo vamos abordar um assunto de grande interesse dos produtores brasileiros. Estamos falando da criação de abelhas nativas, mais especificamente da Uruçu.

A uruçu é uma espécie de abelha sem ferrão e famosa por ser de fácil criação, já que é uma abelha mansa. Recentemente, ela ganhou bastante espaço na mídia, pois vem crescendo o número de pessoas que criam a abelha em casa, de maneira simples e barata.

No mundo todo, existem aproximadamente 550 espécies de abelhas sem ferrão. O Brasil é um país bastante privilegiado quando falamos em abelhas sem ferrão. Isso porque possui mais de 250 espécies conhecidas desses insetos tão importantes para a economia e o meio ambiente.

Uruçu

Mel de uruçu

Antes de tudo, é importante destacar que a abelha uruçu é um tipo de abelha que está em risco de extinção. Apesar de ser mansa e de fácil cultivo, as uruçus seguem ameaçadas na natureza.

Do mesmo modo, a produção do mel dessa espécie sem ferrão também é mais difícil de encontrar. Os produtores chegam a comercializar o mel de uruçu por até R$300 o litro.

Quem tem o hábito de consumir o alimento, sabe que esse valor está muito acima da média de méis comuns, que chegam a custar dez vezes menos. Ainda assim, é bastante apreciado pela culinária brasileira.

O mel de uruçu tem uma coloração mais clara e um gosto levemente ácido. Além disso, é um mel que possui bastante água, tem mais fluidez e também possui própolis em sua composição.

Tipos de abelhas nativas

Assim como mencionado que mais de 250 abelhas sem ferrão habitam terras brasileiras, é importante destacar que existem diferentes tipos de abelhas uruçu. Exemplos disso são a uruçu-cinzenta e uruçu-amarela.

As abelhas uruçu-cinzentas são encontradas nas regiões centro-oeste, norte e nordeste do país. Antes de mais nada, é uma espécie com produção de mel excelente e grande polinizadora. A uruçu-cinzenta contribui diretamente para a produção agrícola, incluindo a produção de açaí e berinjela.

O termo uruçu é de origem tupi e que indica uma abelha grande, uma forte característica da Uruçu-amarela. Essa espécie também faz colônias numerosas, chegando a 5 mil abelhas em uma colmeia. Além disso, sua produção de mel é mais interessante em períodos de florada, tendo maior sobrevivência dos insetos e boa produção de mel.

Curiosidades sobre o universo da abelha Uruçu

  • Abelhas uruçu ganharam o coração dos produtores por serem insetos fáceis de manejar. Afinal, abelhas sem ferrão e mansas colaboram bastante para a atividade do apicultor.
  • O mel da uruçu é mais propício à fermentação, pois possui mais água em sua composição.
  • Não é necessário ter autorização ambiental para criar a uruçu, desde que não haja exploração comercial do mel da abelha.
  • Muitos produtores utilizam a venda do mel de uruçu como renda extra

Por fim, é preciso levar em consideração que a Uruçu não é especial apenas por ter características de fácil produção. Sua riqueza está, também, em ser um inseto de origem brasileira. Os povos nativos brasileiros já cultivavam a Uruçu antes mesmo da chegada dos colonizadores portugueses. O carinho e cuidado com a espécie já vem de longa data.

Imagem: Caff55

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo