Doença vassoura de bruxa atinge o cacau e causa prejuízo na agricultura

Inicio » Agricultura » Doença vassoura de bruxa atinge o cacau e causa prejuízo na agricultura
01/03/2019 Por
Doença vassoura de bruxa atinge o cacau e causa prejuízo na agricultura

A vassoura de bruxa causa a destruição das plantações de cacau

Causada por fungos, a vassoura de bruxa é uma doença  presente em plantações de cacaueiros. Seu desenvolvimento é perigoso para o cultivo e acontece, principalmente, durante o período do mês de julho.

A vassoura de bruxa é muito comum no Brasil, em especial no estado da Bahia – considerado o segundo maior produtor nacional de cacau.

Cacau sem a doença doença de bruxa

O que é vassoura de bruxa?

A vassoura de bruxa é uma conhecida doença que afeta os cacueiros, causada pelo fungo de nome científico Crinipellis perniciosaO primeiro local de que se tem notícia da doença é a bacia da Amazônia, e ela é considerada por agricultores como um dos males fitopatológicos mais perigosas para o plantio brasileiro.

O fungo da vassoura de bruxa ataca principalmente os brotos e causa uma grande diminuição na produção. Em alguns casos, ele é capaz, até mesmo, de destruir uma plantação inteira de cacau.

A doença se manifesta por toda a região das Américas. Contudo, o país com o maior índice de incidência da vassoura de bruxa ainda é o Brasil – e todos os maiores estados produtores são afetados, como o Amazonas, Pará, Bahia e Rondônia.

A origem no nome da doença se deu no início da década de 90, na Bahia. Na época em que começou a se propagar e atingir os cacaueiros, fazendeiros começaram a estipular que as suas consequências se assemelhavam a uma “maldição” de alguma bruxa.

A característica mais marcante deste fungo são o seu enorme poder de destruição e sua ação rápida após a contaminação. Logo nos brotos, já é possível notar as manchas que aparecem no fruto infectado.

Como prevenir a vassoura de bruxa

Os principais métodos de controle são feitos por meio de produtos agroquímicos e pesticidas. Entretanto, não há métodos totalmente eficazes para uma prevenção completa.

Sem recursos para a erradicação por inteiro, há estudos que prometem o desenvolvimento de vacinas contra o fungo. E vale citar que pesquisas para determinar a ordem do genoma que leva à doença são realizadas por diversas áreas da biologia.

Para ajudar na prevenção, portanto, é importante realizar inspeções regulares nas plantações. Em especial no mês de junho: fase em que sua aparição tende a ser mais frequente. Além disso, manter os canteiros livres de ervas daninhas também é uma boa pedida para evitar a contaminação.

Outro método muito utilizado por fazendeiros é a aplicação de fungicidas na plantação – haja vista que este fungo se infiltra em brotos – em épocas de fortes chuvas. O uso de produtos que tenham a função de inibir frutificação dos fungos, como os sistêmicos, por exemplo, também é uma alternativa para evitar o aparecimento do fungo.

Cacau sem a doença vassoura de bruxa

Produção de cacau no Brasil

Antes da aparição do fungo da vassoura de bruxa, o Brasil era o líder mundial na produção cacaueira. Contudo, sua participação decaiu gradativamente e, atualmente, o país é quinto colocado no ranking mundial. O líder mundial entre os produtores da fruta é a Costa do Marfim; também parceiro comercial do Brasil em importações.

Com isso, fica fácil concluir que a vassoura de bruxa pode ser considerada um dos maiores males da agricultura. Portanto, a atenção para o surgimento da doença nas plantações deve ser máxima, possibilitando que providencias imediatas sejam tomadas caso seja identificada a sua presença.

Tags: ,
Agro20 | Portal Vida No Campo