Agave é planta da qual se tira o néctar para a produção de tequila

Inicio » Agricultura » Agave é planta da qual se tira o néctar para a produção de tequila
20/03/2019 Por
Agave é planta da qual se tira o néctar para a produção de tequila

Agave é uma planta importante no mundo, visto que possui versatilidade na medicina e na indústria alimentícia

Agave é uma planta importante, visto que sua utilidade medicinal fez com que ela se tornasse comum em boa parte do mundo.

Além disso, a agave popularizou-se também por conta de ser um dos componentes da tradicional tequila, bebida que surgiu na América do Norte.

Agave verde em sua forma de produção

O que é agave?

Agave é uma planta que surgiu em Guadalajara, no México. Durante sua descoberta, foi muito comum utiliza-la de maneira medicinal, para curar principalmente a gripe. Entretanto, a parte mais comum da agave azul é o néctar. Parte que é removida para a fabricação de adoçantes  naturais e bebidas alcoólicas.

Possuindo cerca de 30 espécies diferentes, essa planta é uma das mais versáteis para ajudar na rentabilidade de uma fazenda. Dessa forma, sendo utilizado quase toda sua extensão para alguma finalidade produtiva.

Em sua unidade medicinal, a agave ajuda no equilíbrio do corpo e a sua proteção. Por isso, ela combate o colesterol alto e a propagação de bactérias presentes em cortes e feridas. No Brasil, sua popularidade no campo é grande. Visto que, nessas regiões, é comum a utilização de plantas para a composição de métodos naturais.

Sua aparência e cores vivas também chamam a atenção. Assim, a agave também é um planta muito usada para compor o solo e dar uma melhor aparência a ele.

Principais tipos de agave 

Dentre as espécies de agave, existem aquelas que se destacam por algumas particularidades, sendo elas:

  • Angustifolia: É uma  das espécies mais populares. Porém, em áreas urbanas elas não são recomendas, pois o seu formato pontiagudo pode causar lesões caso entre em contato com a pele.
  • Palito: Espécie comum no Brasil, pois ela é mais resistente a climas quentes. Além disso, a planta é conhecida por ser uma das maiores de todas as espécies, chegando a medir aproximadamente 4 metros de comprimento.
  • Dragão: Planta que popularizou-se principalmente por compor o urbanismo e paisagismo – método da arquitetura. A planta é considerada rustica.
  • Americana: No campo, ela serve como um escudeiro de pequenos animais. Seu alto tamanho e forma pontiaguda machucam predadores que tentam capturar as presas.
  • Polvo: Criada de forma solitária, essa planta ocupa muito espaço durante o seu desenvolvimento. Por isso, é recomendada para propriedades maiores. Sua vantagem é ser imune a qualquer tipo de praga existente no solo.

A escolha da espécie de agave varia de acordo com a necessidade do agricultor. Cultivar este tipo de planta não dá trabalho, porém, necessita cuidados em relação a saúde de outros animais, já que elas podem ser pontiagudas. Dessa forma, trazendo perigo a integridade dos bichos.

Geleia de agave

A geleia de agave é uma espécie de mel, facilmente retirada do néctar da planta. Geralmente é utilizado como uma espécie de adoçante dos alimentos. Por ser natural, pessoas diabéticas tem maior tolerância a alimentos adoçados com essa planta.

Por ser de origem vegetal, a agave tornou-se popular entre veganos e principalmente aqueles que querem adotar qualidade de vida.

Amantes da gastronomia podem fazer brigadeiro com agave. O sabor se assemelha a sua formula original, entretanto, de forma natural e benéfico a saúde.

Alimentos de origem vegetal são importantes para a qualidade de vida da população. Além disso, é ótima alternativa aos alimentos tradicionais e feitos de forma que venha prejudicar a saúde a longo prazo.

Agave frente ao sol azul

Agave brasileiro

O solo brasileiro é um dos melhores para a produção de agave. O clima tropical e a anda densidade de calor permite a produção da planta e sua maior fertilidade.

Entretanto, regiões que sofrem com geadas podem apresentar problemas na qualidade do plantio, já que o vegetal tem baixa resistência a esse tipo de temperatura.

A qualidade e saúde do meio ambiente é um fator de suma importância para o bem estar das plantas, já que elas dependem exclusivamente da maneira como ambiente se comporta. O uso de agroquímicos é um fator que pode atrapalhar o desenvolvimento da agave, mas não impedi-lo.

Mesmo sendo cultivada em solo brasileiro, a planta é de origem mexicana e todo o seu desenvolvimento ocorreu na América do Norte. Entretanto, a disseminação foi importante para que ela atingisse outras pessoas e classes, assim tornando-se unanimidade vegetal.

O Brasil, por exemplo, adotou a plantação de agave com o passar dos anos, e assim se consolidou como um dos maiores exportadores de vegetais em todo o mundo. Hoje o país exporta suas produções para mais de 150 países, sendo os principais:

  1. China
  2. Estados Unidos

O mercado brasileiro, mesmo consolidado sofre com algumas produções, pois as mudanças climáticas, principalmente, têm interferido de maneira séria em todo o trabalho de cultivo.

Por ser uma planta que necessita exclusivamente de sol, o seu cultivo em ambientes fechados não é uma opção, pois assim também afetará sua produção.

Agave e tequila

O néctar retirado da agave é extremamente importante na composição da tequila. Essa prática teve início no México. Capital da tequila.

A agave azul, utilizada na composição da bebida, leva cerca de 12 anos para estar totalmente pronta para compor a bebida. Pois é durante esse período que ela está em seu ápice de qualidade.

Após remoção do néctar, ela é enviada para a indústria das bebidas, que faz o uso da maneira correta, para assim entregar melhor sabor ao consumidor. Hoje, a tequila é uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo.

Curiosidades sobre a agave

  1. A utilização da planta de forma direta a pele pode causar irritações a pele. A seiva presente na planta é um dos principais causadores da alergia.
  2. Não é recomendável utilizar a planta para fazer chá. Entretanto, a planta é comum em algumas tribos indígenas, como forma de aceitação de novos integrantes.
  3. Grávidas não podem consumir ou utilizar agave, visto que o vegetal contém substâncias que podem prejudicar a gravidez da mãe.

Em suma, a agave é uma planta versátil e importante na composição de alimentos. Sua variedade na composição faz com que a planta se destaque em meio as outras, assim, tornando-se essencial na vida das pessoas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo