Agricultura sustentável e sua importância no mundo agro

Home » Agricultura » Agricultura sustentável e sua importância no mundo agro
11/02/2019 by
Agricultura sustentável e sua importância no mundo agro

Como a agricultura sustentável é mantida em nosso cotidiano

A principal premissa do setor da agricultura sustentável é a preservação do meio ambiente durante a produção. Por isso, o uso de técnicas agrícolas tradicionais como monocultura, aplicação de fertilizantes e pesticidas, desmatamentos e queimadas estão fora de cogitação neste segmento.

Estabelecendo uma relação entre a agricultura sustentável e o cuidado com o solo, os produtores visam reduzir os custos e garantir produtos de qualidade que atraiam os consumidores. Além dos fatores comerciais, esse tipo de agricultura é benéfico aos produtores por ocupar menor espaço, usar insumos mais baratos e sistemas de baixo custo que que inibem o uso excessivo de fertilizantes e de praguicidas.

Território rural para agricultura sustentável

O que é agricultura sustentável?

Agricultura sustentável é a agricultura conhecida por seu nível máximo de respeito ao meio ambiente. Ainda se mantendo economicamente viável – buscando garantir gerações futuras de produção e qualidade de vida do planeta. É o conjunto de transformações sociais que visa a conscientização das pessoas para com a natureza dentro dos processos de agricultura.

A necessidade do consumo alimentício aumenta de acordo com o crescimento dos indivíduos de um território. Por isso, a agricultura sustentável e alternativa propõe uso de estratégias de produção sustentáveis que deem benefícios para os produtores, alimentação de alta qualidade aos compradores e, principalmente, a preservação e sustentabilidade da natureza e seus recursos.

Aplicação da agricultura sustentável no país

O Brasil é o quarto maior produtor orgânico do mundo. Ele destaca um crescimento de 20% ao ano em sua produção, de acordo com a EMBRAPA – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Por isso, a agricultura sustentável no Brasil faz uso de alternativas de produção sustentáveis como:

  • agricultura orgânica: visa o uso de compostos de recursos naturais, como adubos;
  • produção integrada agropecuária: objetiva práticas agrícolas que substituem o uso de elementos poluentes;
  • produção agroflorestal: agrega a preservação do meio ambiente com a qualidade da produção e dos produtos;
  • Integração de Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF): integra benefícios de sustentação para todas as atividades produtivas, agrícolas e pecuárias.

Contudo, a boa perspectiva do Brasil em relação ao desenvolvimento sustentável de seus terrenos se dá pelas boas iniciativas no campo, as propostas de desenvolvimento de técnicas agrícolas sustentáveis e orientação aos agricultores para seguir o caminho da sustentabilidade.

Com base em sua evolução com o passar dos anos, percebe-se que o crescimento do uso de tecnologias ofereceu maior embasamento e praticidade das atividades agrícolas.

Mudas da agricultura sustentável

Os principais exemplos de agricultura sustentável são definidos em quatro:

  • Agricultura Biodinâmica: encara a agricultura como organismos interdependentes, focando ainda mais na reciclagem, reutilização e preparação das plantas;
  • Agricultura Natural: foca no manejo e controle do sistema. Permite que as plantações se desenvolvam de acordo com seu próprio tempo e natureza;
  • Agricultura Biológica/Orgânica: é o movimento contrário à agricultura industrializada, que reintegra as atividades humanas e reconhece a agricultura sustentável;
  • Permacultura: significa a agricultura permanente. Ou seja, é a estratégia de planejamento e produção que aproveita as condições e recursos naturais oferecidos.

Portanto, a agricultura sustentável e sua produção moderna resgatam métodos antigos para manter a adequada relação do homem com a natureza.

Agro20 | Portal Vida No Campo