Aioli é molho francês feito a partir de azeita, alho e gema de ovo

Inicio » Agronegócio » Aioli é molho francês feito a partir de azeita, alho e gema de ovo
24/08/2020 Por
Aioli é molho francês feito a partir de azeita, alho e gema de ovo

O molho tem origem em Provença, que era um condado no sudeste da França, e até hoje é bastante típico e utilizado nas residências e nos restaurantes de todo o país.

No Brasil, o aioli é muito parecido com a maionese que consumimos, sendo que a sua espessura mais densa faz com que seja uma excelente opção para acompanhar diversos tipos de pratos – da mais comum até a mais alta gastronomia.

Aioli

O que é aioli?

Aioli é um molho composto por ingredientes simples, normalmente três: azeite, alho e gemas de ovo. Por ter apenas ingredientes baratos e fáceis de encontrar em qualquer lugar que venda gêneros alimentícios, o molho é conhecido mundialmente por ser bastante democrático no mundo gastronômico.

Dentre as muitas opções de refeições que o molho aioli pode acompanhar, as que mais se destacam são as receitas com frutos do mar, saladas, aperitivos fritos e assados, vegetais, entre muitas outras opções.

Tipos de aioli

Por ser uma receita facilmente adaptável e otimizável de acordo com o estilo do restaurante que o oferece e com o paladar das pessoas que o preparam, o aioli pode ser feito com o acréscimo de diversos ingredientes.

Entre as principais opções de aioli, são comumente encontrados no Brasil:

  • Aioli de atum;
  • Aioli de alho;
  • Com mostarda;
  • De beterraba; entre outros.

Todas essas receitas que têm a base de aioli são conhecidas pelo seu sabor marcante e completamente diferente da maionese industrializada. No caso da maionese, o sabor não é tão vivo e não aguça o paladar dos que a consomem. Já o molho aioli é feito de maneira totalmente caseira e livre de processos industriais que poderiam mascarar o seu sabor.

Tradição e modernidade do aioli

O aioli simples é muito antigo e tradicional na Europa, em especial, na França. A partir disso, a maneira correta de se fazer a receita é a manual, utilizando as gemas de ovo. Por conta do clima tropical e do consequente risco de salmonela, aqui no Brasil o aioli é bastante adaptado, sendo que na maioria dos casos é feito substituindo as gemas por leite.

Além disso, para dar maior praticidade à receita, muitos optam pelo liquidificador para fazer a mistura dos ingredientes e dar liga ao molho.

Por razões obvias, um francês que se preze não iria gostar nada dessa inventividade, que também tira um pouco o sabor e a tradição da receita.

Entretanto, aqui em nosso país, somos conhecidos pela maneira criativa de resolver problemas e melhorar situações. Por isso, a substituição dos ingredientes e dos métodos de realização da receita são perfeitamente legítimos.

Aioli

A receita original de aioli

A facilidade de se preparar um aioli é um dos fatores que mais fazem a receita ser tão famosa no mundo. Restaurantes dos mais diversos locais aproveitam muito a técnica simples e a facilidade de encontrar os suprimentos para o molho. Assim, o oferecem como diferencial e acompanhamento em seus pratos.

Para os que ainda não sabem como fazer aioli, aqui vai a receita mais tradicional e especial de todas.

Ingredientes:

  • 1 ovo;
  • 4 dentes de alho;
  • Um copo de azeite;
  • Suco de meio limão;
  • Sal a gosto.

Modo de preparo

Primeiramente é preciso separar a clara da gema. Nesta receita clássica de aioli, somente a gema será utilizada. Depois disso, a gema deve ser colocada dentro de uma vasilha com os quatro dentes de alho descascados e amassados.

Com tudo na vasilha, é só colocar o azeite bem aos poucos. O maior segredo para um aioli bem-sucedido é a junção do azeite com os demais ingredientes. Por esse motivo é essencial ter paciência na hora de colocar o líquido.

O mais correto é colocar apenas algumas gotas de azeite no começo e ir misturando com mais algumas gotas até que a base do molho esteja mais espessa. Somente a partir daí é que se deve colocar o sal e, por fim, o suco do limão.

A aparência do resultado deve ser algo com a espessura e o brilho de uma maionese industrializada de boa qualidade. Porém, o sabor surpreende muito, já que os processos manuais e os ingredientes caseiros fazem toda a diferença para o sucesso da receita.

Derivados do aioli

Sabendo a base da receita, não há barreiras para a criatividade do cozinheiro. É possível substituir ingredientes e adicionar diversos outros produtos que agregam originalidade e personalidade ao molho.

Exemplo disso é que diversas hamburguerias do país optam pela criação de seu aioli como assinatura, que acompanha os produtos servidos nestes locais. Essa pode ser uma excelente opção para que restaurantes de diversos segmentos possam se destacar e oferecer opções criativas e diferenciadas para seus clientes.

Aioli

O cuidado com os ingredientes

Na receita de aioli, é importante que alguns cuidados sejam tomados para que tudo saia como previsto e não ocasione nenhum tipo de risco à saúde das pessoas que consomem o molho.

Os ovos, por exemplo, devem ser selecionados de maneira bastante cuidadosa, além de serem adquiridos a partir de locais de confiança do comprador. Isso permite que a receita fique com melhores sabores e também evita que haja o risco de salmonela.

Além disso, o azeite também deve ser de boa qualidade. O mais recomendável é que se utilize o azeite de oliva, mas caso a escolha seja pelo azeite comum, de soja, é interessante adquiri-lo em locais com armazenamento adequado para que suas propriedades não sejam perdidas com a exposição da embalagem ao calor.

Seguindo todas essas dicas de preparo e de escolha de ingredientes, o produto fica muito mais saboroso e seguro para o consumo. A receita é simples e agrada diversos paladares. Por isso, não se deve economizar nos cuidados e no desenvolvimento de cada uma de suas etapas de preparo.

Dessa forma, tanto o restaurante que prepara o molho aioli, quanto as pessoas que optam pela receita no dia a dia, são beneficiadas com uma excelente experiência gastronômica francesa.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo