9 alimentos ricos em vitamina A que você vai gostar de conhecer

Inicio » Agronegócio » 9 alimentos ricos em vitamina A que você vai gostar de conhecer
02/12/2020 Por
9 alimentos ricos em vitamina A que você vai gostar de conhecer

Ingerir alimentos ricos em vitaminas A é de grande importância, dado que o organismo não é capaz de produzi-la. Porquanto o corpo humano apresenta essa particularidade, todas as dosagens que precisamos deve, necessariamente, vir dos alimentos. De fato, ingerir alimentos ricos em vitamina A é imprescindível para quem deseja manter uma boa saúde e prevenir doenças e infecções.

De acordo com os especialistas, ingerir alimentos ricos em vitamina A é uma excelente iniciativa, uma vez que a substância possui características antioxidantes, auxiliando na prevenção do envelhecimento precoce e do câncer. Ainda que seja útil a todos, para recém-nascidos e gestantes, a vitamina A é especialmente, relevante, à medida que estimula o crescimento celular.

alimentos ricos em vitamina A

Quais são os alimentos ricos em vitaminas A?

São os alimentos que possuem níveis consideráveis de vitamina A em sua composição. Portanto, ao serem incluídos em sua dieta, eles contribuem para a saúde da visão, o fortalecimento do sistema imunológico, as funções reprodutivas, além do crescimento de cabelos, pele e dentes.

Enquanto estimula a produção do colágeno, a vitamina A age sobre a renovação celular, a partir de suas propriedades antioxidantes. Inegavelmente, oferece múltiplos benefícios, sendo amplamente usada na fabricação de produtos cosméticos.

Afinal, em decorrência de sua capacidade de minimizar os danos originados por radicais livres (que podem oxidar o DNA celular), a substância tem um papel imprescindível, conforme mencionado, no combate a vários tipos de câncer.

Posto que a ingestão diária recomendável de vitamina A (700 microgramas para as mulheres e 900 microgramas para os homens). Pelo contrário, em adolescentes e crianças, isso pode variar entre 300 e 600 mcg.

Importância da vitamina A

No entanto, é mais comum investir em alimentos ricos em vitamina A quando as pessoas possuem problemas de imunidade, crescimento, reprodução ou visão. Para que tais enfermidades sejam evitadas, é indicado conhecer melhor esse tipo de alimento.

Dessa forma, a melhor alternativa para evitar quaisquer riscos é apostar, sempre, nas formas naturais de prevenção, antes de recorrer aos medicamentos. De maneira idêntica, a inclusão de vitamina A em sua rotina alimentar mostra-se a mais simples e sensata opção para reduzir eventuais riscos ao seu organismo.

Uma vez que os sintomas que indicam que o organismo padece de deficiência dessa vitamina podem ser detectadas por meio da facilidade em se infeccionar, condições  como cegueira noturna, queda capilar, problemas de pele e secura nos olhos não devem ser negligenciados.

Enfim, a ingestão de uma vitamina que é solúvel em gordura, como ocorre com a vitamina A, é mais que necessário. Conquanto os países em desenvolvimento demonstram grandes quantidades de indivíduos com deficiência em vitamina A, as nações mais desenvolvidas, por sua vez, não apresentam índices elevados em suas populações.

Inesperadamente, a vitamina A1 (ou “retinol”) pode ser encontrada somente nos alimentos de origem animal, como as manteigas, os queijos, o fígado e os peixes oleosos.

Por outro lado, o seu organismo pode, também, produzir a vitamina a partir dos carotenoides encontrados em algumas plantas. No momento em que se descobriu que os carotenoides incluem o alfacaroteno e o betacaroteno, conhecidos coletivamente como “protovitamina A”.

De fato, quase 50% dos indivíduos carregam consigo uma espécie mutação genética que, entre outros fatores, reduz consideravelmente sua capacidade de fazer a conversão da protovitamina A.

alimentos ricos em vitamina A

Exemplos de alimentos ricos em vitamina A

Fígado

De acordo com o gosto popular, os bifes de fígado não tendem a agradar muitas pessoas. Ainda que o seu sabor possa não ser dos melhores, é recomendável levar em consideração a sua alta riqueza nutricional.

Portanto, ao ser ingerido, o alimento chega a render 10.700 µg (símbolo de micrograma) de vitamina A. Enquanto, em vez de fritar o bife, tente saborear os pedaços da carne assada ou cozida, evitando adicionar gordura à preparação.

Ovos

Inegavelmente, os ovos de galinha são fontes importantes de vitamina A, chegando a cerca de 230 µg por unidade. Afinal, uma boa omelete (com as claras) pode servir para assegurar as quantidades ideais da vitamina. Para tanto, basta bater 3 claras a cada gema, adicionando pimentões ou espinafres (outras fontes de vitamina A), salsinha e peito de peru.

Agrião

Antes de tudo, uma boa salada de agrião garante fibras que contribuem para o funcionamento do intestino. Já que o agrião fornece, ainda, betacaroteno, o organismo faz a conversão dentro do organismo. Mesmo que ingira uma porção de apenas 100 gramas de agrião, você obterá cerca de 175 µg de vitamina A.

Couve

Primordialmente, a couve é bastante rica nessa vitamina, pois, 100 gramas de hortaliça resultam em 750 µg. Posteriormente, refogue a verdura com alho e um fio de azeite.

Espinafre

O espinafre, além de ser uma fonte de ferro que não deve ser negligenciada (cada 100 gramas rendem 550 µg em vitamina A), você pode fazê-la no vapor, a fim de conservar a maior quantidade possível de nutrientes.

Cenoura

A cenoura é rica em betacaroteno, uma substância que se converte em vitamina A dentro do organismo. Uma cenoura de tamanho médio pode fornecer 510 µg. Em síntese, o mais indicado é consumir cenouras cruas, visando aproveitar adequadamente os seus nutrientes.

alimentos ricos em vitamina A

Manga

A tonalidade amarelada das mangas já indica que elas possuem betacaroteno. De tal sorte que, ao término do processo digestivo de apenas uma manga de aproximadamente 335 gramas, você adquirirá, segundo a USDA (o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), 180 µg em vitamina A.

Em primeiro lugar, a manga in natura sempre é a melhor alternativa, à medida que tal forma mantém a máxima potência de suas características e benefícios naturais.

Mamão

Similarmente, o mamão integra o café da manhã de muitos brasileiros. Como se sabe, ele também serve de lanche rápido entre as refeições. Sem dúvida, em função do betacaroteno, essa fruta propicia 47 µg a cada 100 gramas, de acordo com as tabelas da USDA.

Tomate

Surpreendente para muitos, o hábito de comer tomates consiste em uma excelente forma de complementar sua alimentação quanto às necessidades diárias de vitamina A.

Principalmente, cada 100 gramas de tomate (menos que um fruto de tamanho médio), fornece nada menos que 75 µg, sendo um dos alimentos ricos em vitamina A mais consumidos em todo o mundo. Sem dúvida, vale a pena incluir essa delícia em seu cardápio.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo