Arroz carreteiro, prato típico, surgiu na região Sul do Brasil

Inicio » Agronegócio » Arroz carreteiro, prato típico, surgiu na região Sul do Brasil
13/10/2020 Por
Arroz carreteiro, prato típico, surgiu na região Sul do Brasil

O arroz carreteiro é um almoço fácil e que leva poucos ingredientes. O Brasil tem diversos pratos típicos que são fáceis de fazer e que são muito saborosos. Um exemplo disso é o arroz carreteiro. Ele surgiu no Sul no país, mas é apreciado por todo território nacional, ganhando diversas versões pelo Brasil.

Como sabemos, a culinária típica do sul do país é famosa por ser repleta de carne e com esse prato típico não poderia ser diferente. Confira um pouco da história do arroz carreteiro e algumas sugestões de preparo que vão te deixar com água na boca.

Arroz carreteiro

O que é arroz carreteiro?

Arroz carreteiro é um prato típico gaúcho feito com carne de charque e arroz branco. Ele surgiu na região Sul do Brasil no século XIX com a necessidade de um prato de preparo rápido e que não estragasse com facilidade, já que não existiam geladeiras na época.

Essa receita está relaciona aos mercadores do Rio Grande do Sul, pois eles passavam vários dias na estrada em carretas e não tinham nenhum lugar para conservar a comida, por isso o nome “arroz carreteiro”.

Por ser uma comida nutritiva e que sustenta bastante, era perfeita para esses mercadores. Eles a comiam no café da manhã, no almoço ou jantar, a fim de ter energia para o dia todo.

Embora a carne de charque seja confundida com a carne de sol e com a carne seca, as três têm processos de produção diferentes. A carne de cheque, tradicionalmente utilizada nessa receita, pode ser extraída da parte dianteira ou traseira do boi, sendo considerada um corte nobre.

Para se manter conservada por bastante tempo, a peça é salgada e exposta ao sol durante algumas horas. Por esses motivos, e por ser muito abundante na região sul do Brasil, a carne de charque era usada para fazer o arroz carreteiro.

Apesar de ser uma comida inventada para ser prática, o arroz carreteiro é muito saboroso, por isso se tornou famoso por todo o país.

Como fazer arroz carreteiro?

Fazer uma receita de arroz carreteiro é bem simples e usa somente uma panela. Embora existam vários tipos de receitas, o arroz carreteiro tradicional leva somente arroz, carne de charque e também alguns temperos.

Além do charque, você pode utilizar a carne de sol e a carne seca para preparar essa receita, uma vez que elas têm o gosto bem parecido. Entretanto, independente de qual corte você utilizará, é importante dessalgar a carne. Confira a receita em seguida.

Ingredientes do arroz carreteiro simples:

  • 2 xícaras de carne de charque picada;
  • 2 xícaras de arroz branco cru;
  • ½ cebola picada em cubos;
  • 2 dentes de alho picados;
  • ¼ de pimentão verde picado;
  • 1 litro de água fervente;
  • Sal e salsinha a gosto.

Modo de preparo:

  1. Antes de tudo, dessalgue a carne de charque para poder utiliza-la, já que o seu alto teor de sal pode ser prejudicial à saúde;
  2. Em seguida, em uma panela, refogue a cebola até que fique murcha;
  3. Logo após, acrescente o alho picado e continue refogando até dourar;
  4. Depois disso, acrescente o pimentão, refogue mais um pouco e em seguida adicione o charque;
  5. Quando estiver tudo bem refogado, acrescente o arroz e salgue ao seu gosto;
  6. Por último, cubra o arroz com água e deixe cozinhar até secar;
  7. Quando estiver pronto, salpique salsinha e sirva!

Arroz carreteiro

Tipos de arroz carreteiro

Além da receita tradicional, existem algumas versões mais incrementadas que levam bacon, calabresa, frango e até carne de churrasco, por exemplo.

Alguns afirmam que não existe uma receita que deve ser seguida à risca, pois o arroz carreteiro foi feito para ser uma comida prática, ou seja, com os ingredientes disponíveis no momento.

Uma das versões mais conhecidas e mais produzidas é o arroz carreteiro mineiro. Seguindo o mesmo princípio da receita simples, ele é feito com carne e arroz. Entretanto, ele também leva linguiça calabresa e bacon. Confira a receita em seguida.

Ingredientes:

  • 2 xícaras de carne seca;
  • 1 xícara de calabresa picada;
  • 1 xícara de bacon picado;
  • 4 xícaras de arroz cru;
  • 1 cebola picada em cubos;
  • 4 dentes de alho picado;
  • 2 litros de água;
  • Sal e salsinha a gosto.

Modo de preparo:

  1. Em primeiro lugar, dessalgue a carne seca e reserve;
  2. Em seguida, frite a linguiça calabresa e reserve também;
  3. Utilize o óleo que soltar da calabresa para refogar o alho e a cebola até que fiquem dourados. Depois disso, acrescente o bacon, a carne seca e a linguiça calabresa e refogue bem;
  4. Adicione o arroz e frite;
  5. Para finalizar, cubra o arroz com água, salgue a gosto e espere secar;
  6. Quando estiver pronto, salpique salsa e sirva!

Arroz carreteiro

Variações da receita de arroz carreteiro

Outra versão bem prática da receita é o arroz carreteiro com carne de churrasco. Dessa forma, você não desperdiçará as sobras do churrasco com os amigos e poderá obter uma receita super saborosa!

A receita é simples, assim como a tradicional. Veja só:

  1. Refogue os temperos e as carnes de churrasco desfiadas ou cortadas em cubos;
  2. Em seguida, adicione o arroz e frite um pouco para que ele pegue bem o tempero;
  3. Por último, cubra o arroz com água, salgue e cozinhe até secar.

Outra opção, para quem não gosta de carne vermelha, é fazer o arroz carreteiro com frango. O princípio é o mesmo das outras receitas, porém, é necessário adicionar molho de tomate junto ao peito de frango para dar cor e deixar a comida um pouco mais úmida.

Em resumo, fazer uma receita de arroz carreteiro depende da sua imaginação. Embora exista uma recita tradicional, você pode fazê-lo com o que você gostar e com o que tiver na sua casa. O importante é lembrar da base da receita: refogar o tempero e a carne e depois cozinhar tudo com o arroz, nessa ordem.

Além disso, por ser uma receita rápida e que suja pouca louça, é perfeita para fazer em dias corridos. Ademais, o arroz carreteiro não precisa de acompanhamento, pois por si só já é uma refeição completa. Não deixe de experimentar essa delícia que, além de prática, é também super saborosa!

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo