Briquete: produção ecologicamente correto e de baixo custo

Inicio » Agricultura » Briquete: produção ecologicamente correto e de baixo custo
27/02/2019 Por
Briquete: produção ecologicamente correto e de baixo custo

Briquete se torna uma aposta do Brasil para a melhoria do meio ambiente

O uso do briquete tornou-se uma das propostas desde que o Brasil começou a discutir maneiras inteligentes e sustentáveis para a qualidade de vida.

Além de substituir a lenha, no campo o briquete é muito utilizado como botijão de gás e a energia elétrica. Sua alta utilização é capaz de gerar energia suficiente para um mês.

Briquete - Toras de madeira deitadas sobre o solo

O que é briquete?

Briquete é um tipo de cilindro feito ecologicamente e formado por inúmeros tipos de madeira. Sua composição têm desde madeiras picadas até cana bagaço de cana. O fato do briquete ser de uma reutilização é importante para a proposta de melhoria ambiental.  Pois madeiras que seriam queimadas, prejudicando o meio ambiente, se tornam briquetes que após executado da maneira correta, vira lenha e queima corretamente, sem agredir o mundo.

Briquete de carvão

O briquete de carvão tem tornado-se popular entre churrasqueiros. O uso além de ajudar no meio ambiente, é vantajoso para os amantes de churrasco, pois, acende com melhor facilidade que o carvão tradicional e também demora mais para apagar.

Briquete de algodão

O briquete de algodão é ótima alternativa na substituição da ração bovina, já que o produto possui alto teor de nutrientes importantes para a formação do bovino e, além disso, seu preço é de baixo custo para os fazendeiros.

A exportação de briquete de madeira é algo muito recente no país. Até 2006, o Brasil não tinha o produto para nenhuma parte do mundo.

A queda da economia e a baixa na economia eram fatores principais para a não exportação. Porém, após estudo de crise e estratégias de mercado, o país conseguiu as suas primeiras exportações para o mercado europeu.

Hoje o mercado ainda busca se consolidar no setor, uma vez que precisa brigar com o interesse eminente dos países por outros tipos de produtos semelhantes.

Pedaços de briquete com furos na parte superior e inferior

Por conta dos trabalhos em lavouras e também a alta densidade do frio, os Estados Unidos entendeu a importância de se utilizar uma madeira ecologicamente correta. Por isso, o país norte americano é o principal comprador da madeira brasileira. Informação da Embrapa.

Mesmo com a evolução de mercado, o país ainda não se consolidou neste setor e precisa correr muito para isso. Entretanto, diariamente mais empresas estão surgindo para produzir briquete. Mesmo existindo um número significativo de exportações, o país muitas vezes não consegue suprir a demanda de seu próprio território.

Em São Paulo, por exemplo, o uso do briquete é muito popular em pizzarias. E segundo o Ministério da Agricultura, o mercado que produz briquete não está preparado para alta demanda de compra. A capital paulista precisaria de aproximadamente 40 mil toneladas de lenha por mês.

O uso em lareiras ainda não é tão popular, mas já acontece. É preferível o seu uso pois quando posto numa lareira não precisa ser abastecido. Isso se dá a alta durabilidade do produto.

Por fim, o briquete é uma produção que aparece aos poucos no mercado e que certamente irá aumentar. É questão de tempo até que países desenvolvidos comecem a entender a importância do material para um mundo menos poluído.

Agro20 | Portal Vida No Campo