Canabidiol é uma das substâncias encontradas na Cannabis sativa

Inicio » Agronegócio » Canabidiol é uma das substâncias encontradas na Cannabis sativa
08/06/2020 Por
Canabidiol é uma das substâncias encontradas na Cannabis sativa

Medicamento à base de canabidiol já é encontrado no Brasil

Atualmente, as propriedades terapêuticas do canabidiol estão sendo testadas e confirmadas por cientistas e médicos em todo o mundo.

Considerada uma substância segura e não viciante, o canabidiol é um dos mais de cem fitocanabinóides exclusivos da maconha, que conferem à planta seu perfil terapêutico. Mas você sabe o que é canabidiol?

canabidiol

O que é canabidiol?

Canabidiol é um composto natural encontrado na flor resinosa da Cannabis sativa. De fato, a Cannabis sativa é uma planta medicinal com uma rica história, que remonta a milhares de anos.

Diferenças entre CBD e THC

O canabidiol (CBD) está intimamente relacionado a outro importante fitocanabinóide medicamente ativo: o tetra-hidrocanabinol (THC).

O THC é um composto que causa o “entorpecimento” pelo qual a cannabis é famosa. Em suma, estes compõem os dois componentes da cannabis que foram mais estudados pelos cientistas.

A diferença mais notável entre CBD e THC é a falta de efeitos psicoativos para o CBD. Isto é, ao contrário do THC, o canabidiol não causa o “entorpecimento” característico da maconha. Isto significa, portanto, que seus usuários não ficam “chapados” com o seu uso.

Isso ocorre porque o CBD e o THC agem de maneiras distintas e em diferentes receptores do cérebro e do corpo. Por exemplo, a “maconha medicinal”, que é dominante no CBD, tem THC mínimo.

Como resultado, o usuário não se sentirá chapado ao tomar o medicamento. Por outro lado, a maconha medicinal que contém THC fará com que a pessoa experimente entorpecimento ao tomar o medicamento.

De onde eles vêm?

Tanto o CBD quanto o THC estão presentes na Cannabis sativa. No entanto, quando uma pessoa toma uma versão dominante de canabidiol na cannabis medicinal, ela usa o CBD do cânhamo. O THC, por sua vez, se origina na planta da maconha, e as pessoas o extraem dessa fonte.

Para o que canabidiol é usado?

O canabidiol (CBD) e o tetra-hidrocanabinol (THC) são dois dos muitos canabinóides diferentes presentes na cannabis. Quando no corpo, o CBD e o THC interagem com os receptores canabinóides para ajudar a tratar ou limitar os efeitos de várias condições.

Existem centenas de receptores canabinóides em todo o corpo humano que causam efeitos fisiológicos específicos. Os usos potenciais desses canabinóides incluem o tratamento das seguintes condições:

  • Dor;
  • Náusea;
  • Câncer;
  • Perda de apetite e distúrbios alimentares;
  • Doença de Alzheimer;
  • Glaucoma;
  • Esclerose múltipla;
  • Espasmos musculares.

canabidiol

Quais são os efeitos do canabidiol?

Muitas plantas contêm canabinóides. No entanto, eles geralmente são vinculados à Cannabis sativa.

Ao contrário de outros canabinóides – como o tetra-hidrocanabinol (THC) –, o CBD não produz um efeito “chapado” ou psicoativo e eufórico. Isso ocorre porque o canabidiol não afeta os mesmos receptores que o THC.

O corpo humano possui um sistema endocanabinóide (ECS) que recebe e traduz sinais de canabinóides. Assim, produz alguns canabinóides próprios, chamados endocanabinóides. Ou seja, o ECS ajuda a regular funções como sono, dor e outras respostas do sistema imunológico.

O CBD é um composto totalmente diferente do THC. Não é psicoativo, o que significa que não produz um “entorpecimento” ou altera o estado mental de uma pessoa. Contudo, influencia o corpo a usar seus próprios endocanabinóides de maneira mais eficaz.

Por exemplo, o CBD impede que o corpo absorva anandamida. Portanto, níveis aumentados de anandamida na corrente sanguínea podem reduzir a quantidade de dor que uma pessoa sente.

Além disso, o canabidiol também pode limitar a inflamação no cérebro e no sistema nervoso. Isto, por sua vez, pode beneficiar pessoas com dor e insônia.

Canabidiol ANVISA

O uso medicinal do canabidiol é aprovado pela Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

De acordo com a norma, os pacientes deverão ser cadastrados na Anvisa, por intermédio dos tradicionais documentos apresentados. A renovação do cadastro deve ser feita anualmente, conforme forem apresentadas novas prescrições e laudos médicos que indiquem a evolução no tratamento do paciente.

Em anexo, a norma traz cinco produtos, feitos à base de CBD, que atendem aos pré-requisitos formulados pela Resolução. Atualmente, os produtos já podem ser adquiridos por parte de pacientes brasileiros.

Óleo canabidiol

O óleo canabidiol, derivado da Cannabis sativa, é feito de cânhamo com alto teor de CBD e baixo teor de THC, ao contrário da maioria dos produtos de maconha medicinal, que geralmente são feitos de plantas com altas concentrações de tetra-hidrocanabinol psicoativo (THC).

O óleo de canabidiol contém THC?

De fato, no óleo de canabidiol, o THC está presente apenas em pequenas quantidades, enquanto o CBD domina a composição da fórmula. Isso permite que os usuários experimentem os efeitos de equilíbrio do CBD, sem o “entorpecimento” psicoativo do THC.

Os benefícios do CBD são numerosos, tornando-o um suplemento cada vez mais popular e procurado. Afinal de contas, ele interage com receptores que mantêm o corpo equilibrado e funcionando normalmente.

canabidiol

Óleo de CBD deixa o paciente “chapado”?

Como observado acima, o óleo CBD, feito de cânhamo, não é intoxicante e não causará efeitos entorpecentes. No entanto, os efeitos do uso do óleo de CBD podem variar de pessoa para pessoa.

Alguns pacientes de óleo de CBD, por exemplo, relatam um efeito de maior energia após o uso do suplemento. Enquanto isso, outros consumidores afirmam que experimentam uma sensação maior de calma e tranquilidade.

Ademais, outros usuários contam que não percebem nenhuma sensação imediatamente após o uso do óleo de CBD, mas que, com o uso regular, os efeitos do óleo de CBD são evidentes na forma como se sentem a cada dia.

Canabidiol no Brasil

A HempMeds Brasil é a empresa pioneira, no nosso país, a ter a aprovação da Anvisa concedida para validar a importação de um medicamento à base de canabidiol no Brasil. Ou seja, o produto é desenvolvido com uso do composto químico CBD, encontrado na Cannabis sativa, e utilizado na fabricação de remédios que visam:

  • Melhoras na memória;
  • Redução de síndromes e convulsões;
  • Diminuição de dores;
  • Entre outros,

Atualmente, entre os medicamentos à base de canabidiol, apenas o Mevatyl possui o registro. Vale ficar de olho nas próximas novidades sobre o assunto.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo