Cardamomo é um tempero de sabor e aroma parecidos com o gengibre

Inicio » Agricultura » Cardamomo é um tempero de sabor e aroma parecidos com o gengibre
26/08/2019 Por
Cardamomo é um tempero de sabor e aroma parecidos com o gengibre

Cardamomo e a magia em sua volta

O cardamomo é um dos temperos mais valorizados do mundo, com um sabor intenso e aromático, usado para dar um toque especial em pratos salgados e doces. Sua eloquência, magia culinária e poderes de cura fizeram com que ganhasse o título de “Rainha das Especiarias”.

É amplamente utilizado na culinária indiana, do Oriente Médio, árabe e sueca. O cardamomo vem em dois tipos e é visto como vagens inteiras, sementes ou moído. Saiba mais sobre essa mágica especiaria lendo esse artigo.

cardamomo

O que é cardamomo?

Cardamomo é uma especiaria feita a partir das vagens de sementes de várias plantas da família do gengibre. Essas vagens são fusiformes e têm uma seção transversal triangular.

Elas contêm várias sementes, mas podem ser usadas na totalidade ou moídas. As sementes são pequenas e pretas, enquanto as vagens diferem em cor e tamanho por espécie.

Variedades do cardamomo

Existem dois tipos principais de cardamomo: o preto e o verde (cardamomo verdadeiro). Há também o branco, que é uma versão branqueada do verde. Ele é o tipo encontrado com mais frequência na culinária nórdica e do Oriente Médio, enquanto as receitas na Índia e na Ásia geralmente especificam qual das espécies usar.

Cardamomo verdadeiro

O cardamomo verde (Elettaria cardamomom) é conhecido como cardamomo verdadeiro. Esta é a variedade mais comum que encontraremos à venda no corredor de especiarias do supermercado.

É a melhor escolha para pratos doces, mas também funciona bem em pratos salgados. A versão branqueada, ou seja, o cardamomo branco, tem menos sabor. É cultivada em áreas tropicais, incluindo a Índia, Malásia e Costa Rica.

Cardamomo preto

Diferente do cardamomo verdadeiro, o preto (Amomum subulatum) tem vagens maiores, que são marrom-escuras. Possui um elemento “defumado”, que o torna mais apropriado para pratos salgados, mas é usado em pratos doces, também no sul da Índia. É cultivado no Himalaia oriental.

O sabor do cardamomo

O cardamomo tem aroma e sabor fortes, doces e pungentes, com notas de limão e hortelã. Sua versão preta, como citamos, tem uma nota esfumaçada e também um mentol refrescante.

Cultivo do cardamomo

Um membro da família do gengibre, o cardamomo segue a linha do açafrão e da baunilha na lista das especiarias mais caras. Tal como acontece com algumas outras sementes usadas para temperar alimentos, a colheita é trabalhosa.

Cultivadas em plantações, principalmente na Índia e na Guatemala, as plantas altas florescem por oito ou nove meses do ano. Cada vagem, ou cápsula, amadurece lentamente e deve ser arrancada quando três quartos estiverem maduros.

cardamomo

Estas cápsulas contêm sementes que são consideradas as incríveis especiarias. Após a colheita, as vagens são lavadas e secas. O método de secagem determina a cor final. Branco indica que as vagens foram secas durante muitos dias ao sol, deixando-as descoradas. Vagens verdes foram secas por um dia e uma noite em uma sala aquecida.

Benefícios do cardamomo para a saúde

Veja, a seguir, uma lista com alguns dos benefícios do cardamomo.

  • Como o gengibre, ele é ótimo para a digestão e pode combater a náusea e o vômito também. Diz-se que um pouco de suco de gengibre misturado com cardamomo, mel e uma pitada de limão faz maravilhas de cura diante desses males;
  • Não é usado apenas como um realçador de sabor, mas como um grande “desintoxicante”. Como funciona como um diurético, ajuda o corpo a eliminar as toxinas. Também é ótimo para limpeza do fígado e um remédio caseiro para soluços;
  • A semente é considerada uma excelente fonte de limoneno, produto químico normalmente encontrado na casca das frutas cítricas. O limoneno é um antioxidante usado para prevenir e tratar câncer;
  • Com a propriedade de queimar gordura, auxilia no emagrecimento. No chá de ervas, sozinho ou em combinação com outras especiarias, pode, portanto, tornar-se seu aliado na perda de peso;
  • Para melhorar sua respiração, basta mastigar algumas sementes;
  • O chá é estimulante, pois dá um impulso em caso de sonolência e fadiga, especialmente após as refeições saudáveis. Beba de manhã no café da manhã e no início da tarde para ter a dose certa de vigor;
  • Ele possui propriedades afrodisíacas, sendo muito útil no caso de baixa libido;
  • Cardamomo tem propriedades analgésicas. Na Índia, é usado para tratar infecções de dentes e gengivas. Usando em forma de chá gelado, como um gargarejo ou mastigando sementes, tem efeito rápido;
  • Este é um remédio natural, completamente eficaz para tratar a halitose por causa dos compostos que tem no cineol. Ele mata todas as bactérias na boca que causam o mau hálito, bem como impede o desenvolvimento da cárie dentária. O efeito de sua limpeza se assemelha ao da goma de mascar e suas sementes funcionam como um antisséptico para os maus odores.

Cardamomo na culinária

Este tempero é um ingrediente da culinária natural, usado por muitos na composição de curry e masala. Mas também é amplamente usado para dar sabor a pratos de arroz, especialmente em receitas da culinária indiana e paquistanesa. Sem contar que é bastante interessante para dar sabor ao chá ou chai masala.

Na China e na Etiópia, por outro lado, o cardamomo preto é o mais utilizado. Na Europa é comum a variedade verde, principalmente para destacar o sabor de carnes assadas e sobremesas.

cardamomo

O uso de cardamomo na preparação de doces é um costume difundido especialmente na culinária dos países do norte da Europa. Eles também o utilizam para a preparação de licores, incluindo o famoso glögg, um álcool típico da Suécia. Na verdade, combina bem com uma culinária agridoce, com cremes, mousses de chocolate ou baunilha, e é um ingrediente clássico da pain d’épices.

Os árabes preferem usar cardamomo no café, que é o tradicional gahwa. Este é um café árabe, originalmente considerado um tônico e purificador de sangue. O cardamomo no café é obtido pela dosagem do pó de café e sementes de cardamomo em quantidades variadas, dependendo do resultado desejado.

Contraindicações do cardamomo

Não há contraindicações específicas para se consumir o cardamomo. No entanto, recomenda-se precaução em indivíduos que sofrem de problemas na vesícula biliar (por exemplo, a ocorrência de cálculos). Casos de cólica e dor abdominal devido ao uso desta especiaria foram relatados.

No entanto, deve ser reiterado que pode haver casos individuais de hipersensibilidade ao cardamomo. Mas, tirando isso, o cardamomo é perfeito para ser incrementado na preparação dos pratos do dia a dia.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo