Casul é uma cooperativa de café no estado de São Paulo

Inicio » Agronegócio » Casul é uma cooperativa de café no estado de São Paulo
29/04/2020 Por
Casul é uma cooperativa de café no estado de São Paulo

Empresa Casul, que começou em 1960, hoje conta com diversas filiais pelo país. A Casul é uma tradicional cooperativa de café que teve um início modesto, como uma empresa bem pequena, com menos de 60 produtores de café reunidos.

Localizada no estado de São Paulo, no município de Parapuã, a Casul teve início em 1960 com o produtor de café José Morales Agudo, que fez frente aos demais produtores para formar então uma cooperativa.

Café foi o primeiro produto a ser trabalhado pela Casul

Cooperativa Casul

A Casul surgiu após José Morales Agudo reunir os 59 produtores de café com o objetivo de formar uma cooperativa de cafeicultores. A ideia inicial era padronizar e exportar a produção dos associados e defender seus interesses, tanto na comercialização dos produtos como na assistência e fornecimento de bens de consumo para as lavouras.

Então, em 1960 foi realizada uma assembleia para a constituição da tão esperada cooperativa, sendo aprovado seu estatuto na mesma ocasião. Então, a construção dos armazéns e escritórios teve início após financiamentos junto ao Instituto Brasileiro do Café. Um ano depois, em abril de 1961, as instalações da cooperativa foram de fato inauguradas, movimentando a cafeicultura regional. Naquele ano, a Casul recebeu 119.204 sacos de café.
Até 1969, a cooperativa atuou com os associados no recebimento e comercialização dos grãos de café e no fornecimento de insumos. De 1964 a 1967 a Casul também exportou 45.499 sacos de café dos seus associados.

Viveiro de mudas

Contudo, a partir de 1969, a cooperativa decidiu implantar uma nova frente de trabalho. Surgiu então o viveiro de mudas de café da Casul e, no ano seguinte, em 1970, foram entregues aos produtores da região cerca de 1.900.000 mudas de café.

Na época, o viveiro da cooperativa Casul foi considerado o maior viveiro de mudas de café no Brasil.

Quando apareceu a ferrugem do café, em 1971, a Casul conseguiu uma audiência com o então presidente da República, Emilio Garrastazu Médici, para tratar sobre o assunto. Assim, aderiram ao Plano de Renovação e Revigoramento de Cafezais, iniciando em 1972 e desenvolvendo um trabalho significativo, produzindo cerca de 5.000.000 mudas de café no maior viveiro de mudas do país.

Dez anos depois, a Casul exportou 44.878 sacas de café beneficiado e ainda foi instalado no litoral paulista, em Santos, um escritório para tratar de assuntos relacionados à exportação.

A Casul começou então atuar também no beneficiamento de látex. No ano de 1992, de olho no plantio de seringueiras da região, a cooperativa construiu uma usina para recebimento e beneficiamento de látex de seus associados.

Café foi a primeira atividade da Casul

Filiais Casul

Atualmente, a Casul conta com as seguintes filiais: Casulbor Parapuã – SP; Centro de Distribuição Parapuã – SP ; Centro de Treinamento e Lazer José Morales Agudo – Clube da CASUL Parapuã-SP; Lojas de Garça – SP ;  Martinópolis  – SP;  Osvaldo Cruz  – SP; Parapuã – SP; Loja de Pompeia Pompeia – SP; Presidente Venceslau – SP; Loja de Rinópolis Rinópolis – SP; Loja de Tupã – SP; Matriz – Departamento de café / Setor administrativo Parapuã – SP; Posto de Recebimento de Embalagens de Agrotóxicos Parapuã-SP; Loja de Rancharia – SP; Unidade de atendimento ao cooperado Tupi Paulista – SP; Unidade recebimento, secagem e armazenagem de amendoim em casca Parapuã – SP e Viveiro de Mudas Parapuã – SP.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo