Engorda: produtores investem e garantem carnes com mais qualidade

Inicio » Pecuária » Engorda: produtores investem e garantem carnes com mais qualidade
28/02/2019 Por
Engorda: produtores investem e garantem carnes com mais qualidade

A fase de engorda de bovinos e suínos é a última etapa da criação. Neste período o animal é preparado para o abate

A engorda é um dos processos pelo qual passam os animais criados em propriedades rurais. Ela é a última fase da criação, antes desta também existem as fases de cria e recria do plantel.

A engorda é realizada em animais que servem para consumo humano – é através desse processo que o plantel ganha peso para ir para o abate.

Engorda

O que é engorda?

A engorda é a etapa que sucede a fase de recria. Também chamada de terminação, este é o período em que a carne se torna madura e pronta para a comercialização. O tempo de sistema varia conforme a espécie.

Para bovinos, a engorda pode ocorrer quando os novilhos alcançam os 320, 330 quilos, por exemplo. Já em relação aos suínos, geralmente os animais entram na fase de terminação com três ou quatro meses.

Engorda de bois a pasto: realmente funciona?

Este sistema pode ser um dos mais baratos e acessíveis no Brasil, entretanto, apresenta alguns desafios. A pastagem nacional tem a característica de oferecer mais quantidade e qualidade no verão do que no inverno – ou em épocas de chuvas e secas.

Assim, é comum que o gado engorde nos períodos de maior oferta de pasto mas, ao mesmo tempo, perca peso quando esta oferta diminui. Desta forma, a engorda a pasto pode se tornar mais difícil. Para isso, vale tomar alguns cuidados:

  • Adequação dos animais: ter certeza que os bovinos estejam no período correto para a terminação. Assim, ganharão o peso necessário em menor quantidade de tempo
  • Oferecer suplemento no cocho: o local deve ser de fácil acesso, evitando a competição e stress entre os animais. Além disso, um cocho acessível permite que todos os animais façam sua alimentação
  • Escolher uma espécie nutritiva de pastagem: Exemplo das forrageiras mais utilizadas nesse sistema são  braquiária, tifton, capim elefante.
  • Oferta de pastagem: ter certeza que a quantidade de pasto à disposição do gado é suficiente para suas necessidades nutricionais.

Vantagens e cuidados na engorda

Do ponto de vista econômico, fazer a terminação do gado a campo é uma das principais vantagens deste tipo de sistema. A engorda a pasto elimina a construção de galpões, ao contrário da terminação em confinamento.

Além disso, a plantação de forrageiras para o consumo do gado pode ser uma alternativa mais barata. Vale reforçar que neste tipo de engorda a propriedade deve garantir um estoque de gramíneas para épocas de seca ou inverno.

Engorda

Terminação de suínos

As exigências da alimentação e engorda dos suínos podem variar conforme sua idade, peso e sexo. Assim, são muitas as opções para estes animais: a alimentação pode ser oferecida através de farelos, ração, alimentação úmida ou mista.

Alimentos úmidos ou líquidos, por exemplo, são aceitos facilmente pelos suínos. Porém, podem gerar uma carne com maior teor de gordura. Já os alimentos farináceos, ou sólidos, geram carnes mais magras (o que pode ser uma vantagem para o mercado). Contudo, como consequência, os animais terão menos peso.

Então, é preciso que cada propriedade avalie o sistema de engorda e descubra qual o método mais vantajoso conforme sua criação.

Agro20 | Portal Vida No Campo