Genótipo é o conjunto genético que define características de um indivíduo

Home » Veterinária » Genótipo é o conjunto genético que define características de um indivíduo
25/03/2019 by
Genótipo é o conjunto genético que define características de um indivíduo

No genótipo estão identificadas as características hereditárias de qualquer ser vivo, seja ele animal, ser humano ou vegetal

O genótipo é composto por fatores genéticos que passam de geração em geração. Os genes determinam muitos aspectos de um ser e mostram, ainda, a probabilidade de doenças genéticas herdadas por um indivíduo.

O genótipo tem uma relação estreita com o fenótipo, sendo que este último sofre alterações conforme o ambiente, e a quantidade de anos, em que se vive.

Genótipo

 O que é genótipo?

Genótipo é o conjunto de genes e fatores hereditários que um indivíduo possui. Além de falar da carga hereditária de um ser, quando nos referimos a genótipo falamos também de sua linhagem, de sua herança genética.

A palavra genótipo significa, portanto, toda a constituição genética de um ser vivo, sendo ele humano, animal ou vegetal.

O termo teve origem na palavra grega “genos”, que significa originar, provir. Já o sufixo “typos” é relacionado à características. Ao pé da letra, portanto, seriam as características originárias de um indivíduo.

Genótipo e Fenótipo

Existe uma forte relação entre genótipo e fenótipo. Se o primeiro é relacionado às condições genéticas de um ser vivo, o segundo aborda suas características morfológicas, fisiológicas e comportamentais.

Também do grego, a palavra fenótipo pode ser dividida em duas:

  • Pheno: significa tudo que é brilhante, evidente, claro
  • Typos: características, característico

Quais as características físicas podem ser alteradas?

Existem algumas características fenotípicas que podem ser mencionadas, por exemplo:

  • Cor de uma flor
  • Cor e textura de cabelos
  • Cor do pelo de um animal
  • Cor dos olhos

A grande diferença entre fenótipo e genótipo, então, é que o primeiro pode ser mutável, enquanto nossa carga genética, não. Com o passar do tempo, portanto, algumas características vão se alterando, conforme a idade e o meio em que se habita.

Como ocorrem as mudanças do fenótipo?

O genótipo carrega todas as informações hereditárias que trazemos. O genótipo humano, por exemplo, explica as razões da cor dos olhos, da estatura e até doenças genéticas.

Já o fenótipo pode sofrer alterações externas, conforme o ambiente onde determinado indivíduo habita. A cor dos cabelos, por exemplo, vai esbranquiçando com o passar dos anos. O mesmo acontece com os pelos do corpo.

Em lugares com muito sol, a pele muda de cor devido ao bronzeamento. O mesmo ocorre em locais de pouco sol, então.

O fenótipo é, portanto, a interação do genótipo com o ambiente na qual o indivíduo está inserido. A comprovação é fácil: basta observar dois indivíduos com os mesmos tipos de alelos vivendo em regiões geográficas diferentes: consequentemente, seus fenótipos, suas características, serão diferentes.

Genótipo

Determinação de genótipo sanguíneo

O tipo de sangue de uma pessoa também será determinado conforme o genótipo sanguíneo de seus pais e, consequentemente, avós. Existe a chance de um filho ter diversas combinações possíveis em seu tipo de sangue – tudo vai depender do fator dominante presente nos pais.

Também vale lembrar que, em casos de transfusão ou doação de sangue, é extremamente importante verificar os tipos sanguíneos de receptor e doador. Desta forma, é possível evitar problemas sérios de incompatibilidade sanguínea.

Com isso percebemos, então, que genótipo é uma herança fundamental e presente constantemente nas rotinas dos seres vivos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo