Girolando é responsável por 80% do leite do Brasil

Inicio » Pecuária » Girolando é responsável por 80% do leite do Brasil
02/04/2019 Por
Girolando é responsável por 80% do leite do Brasil

O girolando é uma raça que tem se destacado cada vez mais no cenário atual da pecuária leiteira do Brasil

A história do girolando começa no fim da década de 70. Nessa época, um programa do governo federal incentivou o cruzamento entre a raça gir, indiana, com o Holandês, raça pura européia. A soma da rusticidade do gir com a alta capacidade de produção de leite do holandês gerou uma espécie resistente, que se adapta facilmente ao nosso clima e topografia.

Entre as diversas raças de gado criadas aqui, o girolando é responsável por nada menos que 80% de todo o leite produzido no país.

Girolando

Características do girolando

O boi girolando tem estatura média. Sua pelagem apresenta cores variadas, como preta, castanha e vermelha. Os pêlos são curtos e a pele é solta e flexível. Outras características da raça são:

  • Produtividade
  • Habilidade materna
  • Rusticidade
  • Longevidade (produzem satisfatoriamente até os 15 anos de idade)
  • Fertilidade (as fêmeas apresentam baixos índices de problemas de parto e retenção de placenta
  • Boa capacidade de ganho de peso

Vantagens da raça girolando

O girolando é um gado forte. Com capacidade de produzir muito leite, se adapta facilmente a diferentes tipos de manejo.  Além disso, tem ótima resistência ao carrapato, verminoses e outros parasitas. Embora não seja uma raça pura, possui boa liquidez no mercado. Isso porque as raças puras podem ter picos de preços maiores, mas o girolando sai na frente por produzir mais leite e pelo maior número de animais vendidos.

A raça também apresenta boa adaptabilidade a alimentação sob pastejo. Como esse gado produz boa quantidade razoável de leite mesmo mesmo com menos suplementação, os criadores conseguem adequar a produção para reduzir o custo em épocas de crise. Por isso, a preferência dos pecuaristas brasileiros por esse bovino só aumenta.

Além dessas vantagens, esse gado apresenta ainda boa capacidade de auto-regulação do calor corporal e ruminal, pés fortes. A reprodução é outro ponto forte. Uma vaga girolando sadia consegue parir um bezerro por ano. Os terneiros nascem com alta resistência e se desenvolvem rapidamente. Além disso, exigem apenas cuidados básicos, como vacinações.

Tempo de vida útil do girolando

A longevidade e a fertilidade são virtudes que a raça girolando herdou tanto do Gir quanto do gado Holandês. A vida produtiva começa por volta dos 36 meses de idade (1ª cria). Já o pico de produção de leite acontece por volta dos 10 anos de vida do animal, que produz em quantidade satisfatória até aos 15 anos de idade.

Pecuária leiteira e de corte

A raça também é propícia ao abate. Isso porque tem excelente aptidão para ganho de peso, superior a 1,00 Kg/dia. Outra característica marcante desses animais é a conformação esquelética. Ou seja, eles possuem uma boa proporção entre comprimento e espessura dos ossos. Com isso, ganham uma distribuição de gordura mais uniforme. Além disso, a performance do girolando em regime de pasto é satisfatória em todas as fases produtivas.

Girolando

Aproveitamento comercial do girolando

O girolando gera bom resultado econômico com a venda de leite, mas os criadores também comercializam carne, animais e sêmen. Atualmente, a raça é vendida por encomenda. Isso acontece por causa do aumento significativo do interesse pela raça no Brasil.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo