O herbicida e as vantagens que oferece para o agricultor

Inicio » Agricultura » O herbicida e as vantagens que oferece para o agricultor
12/03/2019 Por
O herbicida e as vantagens que oferece para o agricultor

O herbicida é um ótimos auxiliar na agricultura para o controle de ervas daninhas

O uso do herbicida no plantio promete um crescimento saudável e acelerado do plantio.

O herbicida está presente em todo tipo de plantação, de pequeno à grande porte.

uso de herbicida como forma de projetor o plantio contra pragas

O que é herbicida?

O herbicida é um produto utilizado nas plantações como forma de controle das ervas daninhas. Os herbicidas podem ser químicos ou naturais, e ambos possuem o objetivo de manter pragas e doenças longe do plantio. Em sua composição, os herbicidas químicos possuem pesticidas para agir contra as ervas daninhas. A vantagem do produto está na rapidez em que as plantas se desenvolvem com seu uso e, também, no seu custo benefício.

Entretanto, o uso contínuo deste produto no solo pode causar a contaminação da flora vigente e o surgimento de ervas daninhas ainda mais resistentes.

Para que serve o herbicida?

Os herbicidas servem como agentes de controle de pragas na plantação e auxiliam no seu crescimento e produtividade. Eles possuem diferentes funções e variam de acordo com o objetivo do produtor na sua plantação.

Tipos de herbicidas

Existem diferentes métodos em que os herbicidas podem ser aplicados à plantação, seja quimicamente ou naturalmente. A principal diferença entre os dois principais tipos de herbicidas está no tempo de ação.

Os herbicidas químicos agem com mais velocidade, mas podem inferir na saúde dos alimentos. Além disso, podem liberar agentes nocivos para o solo e prejudicar a região em que são aplicados.

Por outro lado, os herbicidas naturais, além de ajudar na saúde do solo, também podem melhorar os alimentos. Existem diversas maneiras de se criar um herbicida caseiro e utilizar na horta, e a receita mais conhecida é o uso do sal. Além de ser muito efetivo na proteção da vegetação, o ingrediente também auxilia no balanceamento do pH do solo.

Outro tipo muito utilizado é o vinagre. Esta substância é um herbicida biológico e de forte efetivação, pois age com muita rapidez. Por isso, muitos agricultores que cultivam hortas orgânicas recomendam misturar os dois métodos – sal e vinagre – como uma forma potente e ecológica de herbicida.

Embora os dois métodos exijam determinados ingredientes, há um método muito utilizado em agriculturas de pequeno porte que se mostra mais efetivo. O processo manual de realizar uma escavação, ao retirar a erva direto da raiz, previne efetivamente que a praga se prolifere. É recomendável realizar a retirada entre a primavera e o verão.

Além desses métodos naturais, existem três tipos de herbicidas químicos para ações mais específicas: pré-emergente; pós-emergente; e seletivo.

uso de herbicida na plantação

  • Pré-emergente

Este tipo de pesticida é ideal para uso em solos úmidos, pois são os mais propensos ao desenvolvimento de ervas danosas. Também ajudam a controlar o mato.

  • Pós-emergente

Neste método, a aplicação do pós-emergente é feita de maneira uniforme por toda a plantação, dando ênfase nos focos de maior proliferação de pragas.

  • Seletivo

A última técnica se dá pela aplicação apenas em focos determinados, como maneira de prevenir mas, principalmente, de controlar o crescimento do mato.

Em conclusão, o uso de herbicida pelo produtor se mostra essencial para a manutenção da produtividade do plantio.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo