Horta orgânica: entenda a sua diferença das demais

Inicio » Agricultura » Horta orgânica: entenda a sua diferença das demais
18/02/2019 Por
Horta orgânica: entenda a sua diferença das demais

A horta orgânica é conhecida no mundo agro pelos benefícios que  seu plantio carrega

É comum associar uma horta orgânica a algo trabalhoso, que requer altos investimentos e difícil de executar na prática. Entretanto, a realidade não é bem assim.

A horta orgânica tem sido muito procurada por agricultores e cultivadores de hortas caseiras como uma forma de ser mais sustentável e consumir produtos mais saudáveis no dia a dia.

verduras de horta orgânica

O que é horta orgânica?

A horta orgânica nada mais é que a forma mais natural de iniciar um plantio. Ela pode ser iniciada a partir de resíduos do solo como folhas secas, restos de alimentos (como forma de adubo), palha e até mesmo dejetos de animais específicos; que são utilizados como adubação natural.

Todos estes compostos retornam ao solo como maneira de nutrir a terra e a tornar organicamente fértil. Dispensando, portanto, o uso de fertilizantes ou qualquer tipo de adubo industrial.

Quais os benefícios da horta orgânica?

Esse tipo de horta promove a manutenção de recursos naturais. Portanto, não prejudica o solo a partir da implementação de agroquímicos – entre outros ingredientes industriais.

O fertilizante natural (obtido a partir dos resíduos orgânicos) ativa a biodiversidade do ambiente. Um exemplo disso são os micro-organismos que, ao transformar a matéria orgânica residual, ajudam a fornecer alimento para as plantas do local.

Esta é uma horta 100% natural e sustentável. Além disso, auxilia o solo a ser cada vez mais fértil naturalmente; melhorando visivelmente a qualidade do plantio. Com isso, também promete um aumento da biodiversidade do local, contanto com a fauna e a flora.

Como fazer horta orgânica?

Existem alguns passos a serem seguidos para que a horta seja realmente efetiva e o produtor consiga tirar o melhor dela. Veja quais são:

  • Preparação da terra

É necessário arar a terra de maneira com o que seja possível para as raízes absorverem todos os nutrientes provenientes do adubo.

  • Compostagem

Dentro de uma horta orgânica é necessário se atentar aos tipos de resíduos que serão inseridos à terra como forma de adubo. Portanto, lembre-se de que nenhum tipo de agroquímico ou fertilizante industrializado deve ser utilizado.

  • Plantio

No momento de realizar o plantio é necessário se atentar a qual tipo de plantação você deseja ter. Cada tipo de planta exige um determinado espaço de terra para seu melhor desenvolvimento.

  • Irrigação

O melhor momento para regar as plantas é o de menos calor no dia. Regar a plantação em horário fresco auxilia o seu crescimento. Uma forma sustentável na hora da irrigação é aproveitar da água da chuva.

  • Evitar pragas

Para evitar a manifestação de pragas e possíveis doenças, em uma horta orgânica não se utiliza defensivos agrícolas como método preventivo. Entretanto, há como fazer isso de maneira natural.

horta orgânica em casa

Se utilizar de cultivares resistentes é essencial, além disso, se atentar à época ideal de plantação também é uma maneira certeira de não precisar lidar com pragas.

O próximo passo já é a época de colheita. Diferentes de outros tipos de horta, a orgânica não conta com tratamentos após a coleta dos alimentos. É, portanto, o verdadeiro plantio da horta à mesa.

Dito isso, os benefícios de investir uma horta orgânica vão além de sustentabilidade, também promove consumo de alimentos mais saudáveis.

Agro20 | Portal Vida No Campo