Meio ambiente e sua preservação são fundamentais para os seres vivos

Inicio » Meio Ambiente » Meio ambiente e sua preservação são fundamentais para os seres vivos
12/09/2019 Por
Meio ambiente e sua preservação são fundamentais para os seres vivos

Meio ambiente e ecossistema deve ser preservados

O meio ambiente é um tópico de extrema importância atualmente.

O meio ambiente do Brasil, por exemplo, vem sofrendo progressivos ataques nos últimos anos e merece atenção. De acordo com o Ministério do Meio Ambiente, as florestas naturais do Brasil constituem cerca de 61% do território do país. As florestas brasileiras estão distribuídas ao longo de seis tipos particulares de biomas. Entre os biomas mais importantes estão a Amazônia, o Cerrado, a Caatinga e o Pampa.

Meio ambiente

O que é meio ambiente?

O meio ambiente é, sem dúvida, algo com o qual todos estamos familiarizados e em frequente contato.

Em suma, quando nos perguntamos “o que é meio ambiente?”, estamos pensando em tudo aquilo que compõe o ambiente e afeta nossa existência na terra. Por exemplo: a água que cobre a superfície da terra, o ar que respiramos, as plantas, os animais ao nosso redor e muito mais.

Além disso, nas últimas décadas, cientistas examinaram minuciosamente as formas pelas quais os seres humanos afetam o meio ambiente. As descobertas não foram nada animadoras.

Afinal, o homem está causando a poluição do ar, desmatamentos, chuvas ácidas e outros perigosos danos ao planeta e a ele mesmo. Por isso, hoje em dia, quando ouvimos o termo “meio ambiente”, frequentemente relacionamos à integridade do nosso planeta.

Significado de meio ambiente

Na linguagem popular, para uma parcela da população, o termo meio ambiente quer dizer apenas natureza, ou seja, as paisagens naturais em combinação a todos os seus processos e características. Para tais pessoas, o ambiente geralmente está intimamente relacionado às noções de natureza selvagem e paisagens intocadas, isto é, paisagens que não sofreram influência por atividade humana.

Entretanto, para outra parcela da população, o termo meio ambiente contempla elementos humanos até certo ponto. Afinal, muitas pessoas consideraram as paisagens agrícolas e pastorais como parte do meio ambiente.

Enquanto isso, uma terceira parcela é ainda mais inclusiva e abrange tudo que existe na superfície do planeta – áreas urbanas também – como constituindo o meio ambiente.

Meio ambiente

Preservação do meio ambiente

A preservação do meio ambiente, também chamada de preservação ambiental, é a prática de proteger o meio ambiente natural de governos, organizações e indivíduos.

O objetivo da preservação ambiental é conservar os recursos naturais e o ambiente natural existente – além de, sempre que possível e necessário, reparar os danos e reverter tendências negativas para à natureza.

Afinal de contas, devido às tecnologias, crescimento populacional e consumismo, o ambiente biofísico está sendo degradado – muitas vezes, de forma permanente. Reconhecendo isso, alguns governos e organizações iniciaram uma política de restrição às atividades que causam degradação ambiental.

Desde a década de sessenta, os movimentos ambientais vêm trabalhando e conscientizando a população dos diversos problemas ambientais. Afinal, os tempos estão em constante mudança.

Dito isto, é crucial que as sociedades, países e organizações não resistam e se adaptem às necessidades de todos os recursos e espécies vivas.

Os principais conceitos de conservação dizem respeito à sustentabilidade de recursos e espécies. Isto inclui, também, a longevidade do uso individual de produtos e o efeito dominó que o consumo imprudente de recursos está criando.

Por esses motivos, desenvolvimentos sustentáveis, restaurações ecológicas e bem-estar animal são assuntos cada vez mais discutidos.

Meio ambiente e sustentabilidade

Embora poucos saibam, existe uma diferença simbólica e essencial entre preservação e sustentabilidade. Estes termos são constantemente confundidos e usados como sinônimos, ainda que existam diferentes implicâncias sobre eles.

Por exemplo, quando o assunto é meio ambiente e sustentabilidade, somos redirecionados ao gerenciamento sustentável dos recursos naturais. Nessa equação estão inclusos os depósitos de terra, o ar, a água e a natureza selvagem na sua totalidade.

Sustentabilidade de recursos renováveis

Primeiramente, é preciso compreender que os recursos naturais podem ser renováveis ​​ou não renováveis. O uso sustentável de recursos renováveis, tais como árvores, busca a garantia de que estes não sejam consumidos mais rapidamente do que podem ser substituídos.

Sustentabilidade de recursos não renováveis

O uso sustentável de recursos não renováveis, tais como os combustíveis fósseis, recebem outra definição. Seu uso implica na garantia de que sejam preservadas quantias suficientes para que as próximas gerações possam usufruir.

Meio ambiente

Uso sustentável de recursos naturais

O uso sustentável de recursos naturais se concentra, de modo geral, nos interesses e necessidades dos seres humanos como, por exemplo, nos valores recreativos, culturais, econômicos e biológicos destes produtos.

Em caráter de exemplo, temos as florestas tropicais, que detêm uma gama enorme de biodiversidade. Através desta, são fornecidos estoques alimentícios para as populações dos arredores. Além, claro, de servir como uma fonte de materiais de exportação para outros países, tais como medicamentos e madeiras.

A sustentabilidade abraça o desenvolvimento como um passo necessário para um futuro melhor. Contudo, somente sob a condição de que estas mudanças ocorrem de modo consciente. Isto é, de modo que não ocorra abuso e desperdício.

Isso quer dizer que a sustentabilidade não se opõe ao aproveitamento da natureza com fins de progresso social. A sustentabilidade vai contra os desgastes causados pelo uso irresponsável dos recursos naturais do meio ambiente.

Preservação x sustentabilidade

A preservação ambiental, por outro lado, possui alguns contrastes quando comparada à sustentabilidade. Afinal, a preservação procura manter o meio ambiente em sua condição atual. Isto é, preservando completamente as áreas do planeta que até o momento permanecem intocadas pelos seres humanos.

Essa postura se dá por conta de uma preocupação com o ritmo com que a humanidade está invadindo o meio ambiente. Isto é, com a perda das paisagens naturais que, pouco a pouco, são invadidas pelo homem e dedicadas ao turismo, habitação, indústria e agricultura.

Além disso, alguns apoiadores da preservação ambiental, como os adeptos da sustentabilidade, defendem a proteção da natureza por motivos puramente centrados no homem.

No entanto, os defensores mais ferrenhos da preservação adotam uma abordagem menos centrada no ser humano. Nesse caso, a preocupação é mais voltada à valorização da natureza que independe da ligação com os interesses e necessidades de seres humanos.

Dentro de seus argumentos, está a ideologia de que o meio ambiente e o ecossistema deve ser preservados a qualquer custo, independentemente, portanto, de sua utilidade para o homem. Essa noção é decorrente da crença de que todo ser vivo possui o direito inerente a existir e, portanto, ser preservado.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo