Poluição tem causas variadas e consequências graves para o meio ambiente

Inicio » Meio Ambiente » Poluição tem causas variadas e consequências graves para o meio ambiente
24/07/2019 Por
Poluição tem causas variadas e consequências graves para o meio ambiente

Uma degradação da qualidade ambiental, a poluição afeta nossa saúde, bem-estar e ainda cria adversidades econômicas e sociais

A poluição é a admissão, intencional ou acidental, de diversas energias e substâncias no mundo em que vivemos. Sendo assim, acaba por resultar em graves consequências para todo o meio ambiente e seus seres. Certamente, isso ficou mais intenso com o aumento da evolução e industrialização e de centros urbanos.

Atualmente, no Brasil, além de grave problema ambiental, a poluição ainda é classificada como crime. Enquanto atinge todos os recursos naturais essenciais à vida no planeta, ela tem sua face mais nociva nas formas atmosférica, hídrica, de solo e até radioativa. A fim de saber mais sobre o assunto, confira abaixo nosso artigo na íntegra.

Poluição

O que é poluição?

Poluição é toda a alteração provocada no meio ambiente. Isso remete a qualquer ecossistema, desde o agrário até sistemas urbanos. Em síntese, poluição ambiental é toda a alteração que danifica a natureza.

Derivada do latim poluere (sujar), ela pode causar alterações nas proporções e características de aspectos essenciais à formação do próprio ecossistema. Como exemplo, temos os casos de excesso de gás carbônico e dióxido de carbono na atmosfera.

Ela ainda pode ser o resultado da introdução de substâncias naturais, porém, estranhas, a determinados ecossistemas. É o caso do despejo de matéria orgânica no leito de um rio ou do derrame de petróleo bruto no mar.

Ela pode ser causada pela introdução de substâncias artificiais, portanto, estranhas a qualquer ecossistema. Por exemplo: o depósito de agrotóxicos e de recipientes plásticos no solo e nas águas, o lançamento de elementos radiativos artificiais na atmosfera, no solo e nas águas.

Trata-se de problemas socioambientais que prejudicam enormemente a qualidade de vida. Sem contar que ela está diretamente relacionada a vários problemas de saúde, principalmente respiratórios e cardiovasculares.

Principais causas da poluição

Os poluentes presentes no ambiente são resultados de atividades que causam danos à natureza. Isso significa que eles são compostos pela liberação de matérias e energias poluentes. Confira abaixo o que causa a poluição:

  • Alta quantidade de fios e excesso de comunicação visual nos logradouros;
  • A presença de carbono expelido por veículos, dando origem ao dióxido de carbono;
  • Exposição rotineira a ruídos, como sons de veículos, meios de comunicação e até de eletrodomésticos;
  • Falta de segurança em usinas nucleares;
  • Descarte errôneo de materiais não-biodegradáveis, promovendo acúmulo de lixo.

Poluição

Consequências da poluição

Quando a poluição do meio ambiente apresenta altos índices, a preocupação é voltada tanto para o bem-estar de todos os seres vivos quanto para a conservação da biodiversidade. Ou seja, ela pode acarretar sérios problemas de saúde, destruição de biomas e até graves alterações no clima.

Como piores consequências, temos:

  • Morte de plantas e animais;
  • Doenças respiratórias;
  • Problemas de pele;
  • Deterioração da camada de ozônio;
  • Casos de má formação de fetos;
  • Excesso de fumaça sobre as grandes cidades;
  • Patologias como doenças nos olhos, alergias, micoses, hepatite, surdez e até diarreia;
  • Surgimento de estresse.

Poluição das águas

Nestes casos, ela tem origem no acúmulo de poluentes em cursos como lagos, rios e as bacias hidrográficas. Com isso, ela também acaba por atingir oceanos e mares, prejudicando a água utilizada para abastecimentos.

Este é um dos piores problemas ambientais. Tudo porque ela reduz a disponibilidade do recurso natural indispensável à vida: a água. Isto sem mencionar a provável morte de inúmeras espécies marinhas e fluviais.

Por outro lado, essa poluição da água também tem relação com o acúmulo de lixo em locais importantes, como as bacias de rios. Ou seja, a presença de produtos químicos e resíduos nocivos como o petróleo corrói a cadeia alimentar de animais e plantas.

Ligada diretamente ao bem-estar humano, as áreas urbanas ainda são deterioradas pelo excesso de poluentes nas bacias e nascentes de rios. A partir daí ela causa desconforto entre a população em virtude da proliferação do mau cheiro e de doenças, ao mesmo tempo em que ocorre o descaso com os esgotos industrial e doméstico.

Os riscos da poluição do solo

Este conceito está ligado às mudanças na natureza, ainda mais pela ação de resíduos líquidos, sólidos e de produtos químicos. Dessa forma, o solo fica improdutível, pobre de nutrientes e ocasiona a morte de várias espécies.

Confira algumas dessas causas:

  • Falta de reciclagem de produtos como gasolina, tintas e óleos automotivos;
  • Excesso de resíduos industriais;
  • Descarte errado de componentes eletrônicos, ricos em metais pesados e químicos;
  • Falta de controle no lixo doméstico;
  • Má administração nos projetos de esgoto;
  • Liberação irresponsável de poluentes nocivos, como detergentes e solventes.

A temível poluição radioativa

Uma das mais difíceis de erradicar da natureza, a poluição nuclear tem origem na ação de elementos radioativos. Ou seja, parte de fenômenos químicos naturais ou criados pelo Homem. Como resultado, ela surge da energia atômica produzida em usinas específicas.

Entretanto, enquanto não há a redução dos impactos ambientais, o problema aqui é mesmo o tipo de lixo que essas usinas geram: o temível lixo radioativo. Isto é, este é o tipo mais perigoso, pois seus efeitos são irreversíveis.

Confira abaixo as principais consequências para nossas vidas:

  • Deformidades crônicas;
  • Leucemia;
  • Envenenamento;
  • Diversos tipos de câncer;
  • Infecções;
  • Perturbações mentais;
  • Hemorragias;
  • Problemas respiratórios e de circulação.

Os perigos da poluição atmosférica

A chamada poluição do ar é a resultante do lançamento de enormes níveis de gases e partículas sólidas e líquidas na atmosfera. Segundo dados internacionais, grande parte dos centros urbanos no planeta sofre exposições a poluentes superiores aos aceitáveis.

Poluição

Um fato relevante sobre esses perigos é que eles trazem ameaças ambientais graves, em níveis globais, de tal forma que a circulação de gases e agentes poluentes vai muito além das próprias fontes poluidoras.

Confira abaixo alguns fatores que ajudam na poluição atmosférica:

  • Abuso dos desmatamentos;
  • Excesso de substâncias como dióxido de carbono, monóxido de carbono e dióxido de enxofre;
  • Excesso de veículos, incineração de lixo e atividades industriais sem controle;
  • Alto índice de queimadas;
  • Ação de vulcões.

Vale ressaltar que os resultados dessa poluição são a chuva ácida e o efeito estufa. Com isso, o resultado é a presença de doenças respiratórias, alergias, câncer e problemas oculares.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo