Ovos são ingredientes indispensáveis para uma dieta saudável

Inicio » Pecuária » Ovos são ingredientes indispensáveis para uma dieta saudável
06/08/2019 Por
Ovos são ingredientes indispensáveis para uma dieta saudável

Entenda um pouco mais sobre os ovos, que contam com propriedades nutricionais impressionantes

A internet está repleta de mitos e verdades sobre os ovos. Existiu um tempo, inclusive, em que as pessoas consideravam o alimento prejudicial para nossa saúde quando consumido em excesso.

Felizmente, após diversos estudos, hoje os ovos são vistos como um alimento fundamental em nossa dieta e que pode trazer uma série de benefícios ao nosso organismo.

Ovos são alimentos de origem animal, que podem ser gerados por diversas espécies. Entre elas, podemos citar como as principais as aves, répteis, anfíbios e peixes.

Ovos

Entretanto, quando paramos para observar o ovo a partir de um ponto de vista biológico, ele possui outra definição. Trata-se de uma célula chamada zigoto, que se form a partir da fusão do núcleo do óvulo com o núcleo do espermatozoide da espécie.

No decorrer deste artigo, discutiremos principalmente as características e benefícios do ovo como alimento. Portanto, trate de acompanhar até o final para ficar por dentro do assunto.

Características dos ovos

O ovo é um alimento com um poder nutricional impressionante. Especialistas apontam que seja fundamental na dieta de qualquer pessoa, trazendo saúde e qualidade de vida.

Assim, como uma das principais características do ovo, podemos citar a a sua variedade de nutrientes. Ele é rico em proteína, sendo assim bastante consumido entre os praticantes de atividades esportivas.

Além disso, ele possui uma diversidade enorme de aminoácidos, inclusive alguns que o nosso corpo não consegue produzir sozinho.

Fora isso, entre os nutrientes do ovo podemos citar colina, ácido fólico, ferro, zinco e outros que são essenciais para o bom funcionamento de nosso organismo.

O ovo é um alimento versátil

O ovo é considerado um alimento extremamente versátil. Além de existirem diversos tipos do alimento, como o ovo branco, ovo caipira, ovo de avestruz, entre outros, ele ainda pode ser preparado de diversas maneiras.

Por isso, nós separamos diferentes modos de como preparar ovos, para que você possa elaborar uma série de pratos em sua casa. Acompanhe:

Ovos

Ovo Cru

Este método também é conhecido como gemada, Entretanto, é sempre bom ficar atento ao realizá-lo. O ovo cru apresenta risco de contaminação pela bactéria salmonela.

Assim, o Ministério da Agricultura sugere consumir só ovo cozido. Obviamente, vale incluí-lo em receitas que depois serão submetidas a altas temperaturas, como tortas e bolos por exemplo.

Altas temperaturas possuem o poder de eliminar completamente a ação da bactéria da salmonela, fazendo com que ela não represente maiores danos ao organismo do consumidor.

Ovo Cozido

Este modo de preparo é excelente pois assegura o cozimento completo da gema e da clara. Além disso, ele não exige o uso de nenhum ipo de óleo, sendo mais saudável.

Existem ainda algumas dicas para preparar o ovo cozido. Para quem prefere a gema mole, o segredo é cozinhar por, no máximo, seis minutos.

Entretanto, existem os apreciadores que preferem a gema mais rígida. Nesse caso, é necessário deixar o alimento por sete minutos na água.

Ovo Frito

O ideal é evitar esta receita com ovo caso esteja longe de casa como, por exemplo, em um restaurante. Nesses locais, o óleo é reutilizado excessivamente, perdendo a qualidade e, consequentemente deixando a comida mais gordurosa.

Outra dica é que quando realizar a receita em casa, recorra ao óleo de canola. Não precisa exagerar. A versão frita pode substituir a carne vermelha vez ou outra, e está aí para provar que o ovo é saudável em sua diferentes formas.

Ovo mexido ou omelete

O ovo mexido, também conhecido como omelete é uma das receitas mais saudáveis e aclamadas pelo público, uma vez que demanda uma quantidade baixíssima de óleo em sua preparação.

A dica é tirar proveito do poder de saciedade do ovo. Assim, faça um mexido no café da manhã para começar bem o seu dia.

A omelete, perfeita para refeições principais, pode ser turbinada com legumes, queijos magros, temperos naturais e até mesmo alguns tipos de carne.

Ovo Pochê

Para preparar, é só levar a água ao fogo com vinagre e um pouco de sal. Quando estiver fervente, faça uma espécie de rodamoinho e, no meio, coloque o ovo quebrado.

Bastante leve, essa receita serve para começar o dia com energia ou terminá-lo com chave de ouro. Assim, muitas pessoas consomem o ovo pochê no café da manhã.

Dentro da casca do ovo

A clara do ovo abriga muita água e doses fartas de proteínas. Elas entregam ao nosso corpo todos os aminoácidos necessários para o pleno funcionamento do corpo, exatamente como as celebradas proteínas do leite e da carne.

Já a gema reúne as gorduras do ovo. Mas nem por isso é necessário desperdiçá-la. Lá estão a colina, a luteína e a zeaxantina, substâncias excelentes para a nossa saúde e bem estar.

Como conferir a procedência de um ovo?

Como citamos anteriormente, um ovo pode representar perigo para a saúde caso esteja contaminado com algum tipo de bactéria ou tenha apodrecido.

Assim, o ideal é que, antes de consumi-lo, você verifique a sua procedência. Para isso, você deve colocá-lo em um copo cheio de água, observando o seu comportamento.

Ovos

Caso ele boie, existem grandes chances de que não esteja apto para o consumo. A explicação é que conforme o tempo passa, trocas gasosas ocorrem através dos poros da casca do alimento.

Existe uma câmara de ar na parte mais arredondada do ovo. Assim, à medida que essa área fica cheia de gás, é provável que ele vá se deteriorando e, consequentemente, se tornando mais leve e boiando.

Contraindicações e perigos dos ovos

Como já dissemos, um dos maiores perigos do ovo é a contaminação por salmonela. Portanto, vamos listar os principais sintomas da doença para que você possa identificá-la de maneira mais fácil. São eles:

  • Diarreia;
  • Vômitos;
  • Febre moderada;
  • Dor abdominal;
  • Mal estar geral;
  • Cansaço;
  • Perda de apetite;
  • Calafrios.

Entretanto, é importante saber que outros cuidados são necessários com o alimento. Pessoas com doenças renais ou com o colesterol muito alto devem consultar um nutricionista para obter orientações específicas em relação ao consumo do alimento.

Além disso, é fundamental saber se você possui alergia ao produto. Fora isso, os ovos são completamente saudáveis e podem nos beneficiar muito quando consumidos com moderação.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo