Produção agrícola tem crescimento no mercado externo de commodities

Home » Agricultura » Produção agrícola tem crescimento no mercado externo de commodities
01/03/2019 by
Produção agrícola tem crescimento no mercado externo de commodities

A relação da produção agrícola com a economia do país

O Brasil está entre os maiores produtores de subsídios agrícolas do mundo. O crescimento do setor é resultado da alta mecanização e da expansão da fronteira agrícola. Além disso, são responsáveis por possibilitarem maior desenvolvimento na produção agrícola.

A produção agrícola está diretamente relacionada com lucros, produtividade e rendimentos do setor agro. Para ser bem sucedida, os produtores devem pensar em técnicas que otimizem as atividades deste segmento e auxiliem na rentabilidade.

Produção agrícola no campo

O que é produção agrícola?

Produção agrícola refere-se aos produtos e vantagens gerados pelas atividades desenvolvidas no setor da agricultura. É um conceito muito utilizado no ramo da economia agrícola. Isso acontece devido a grande importância da agricultura para a subsistência do ser humano – como as produções de grãos, vegetais e cereais.

Produção agrícola no Brasil

Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), o Brasil está ranqueado como o terceiro maior produtor e exportador de produtos agrícolas do mundo. Características como território amplo, biomas abundantes, alta qualidade do solo e clima favorável colaboram para que o país esteja nesta posição e consiga maior relevância no cenário internacional de commodities.

Além do empreendimento em técnicas agrícolas, produtores brasileiros utilizam técnicas avançadas que auxiliam no desenvolvimento do setor do agronegócio. Sendo uma das bases da economia brasileira, o agronegócio tem investido cada vez mais em condições que aumentem sua produtividade. Ele conta com os diversos recursos naturais, com o crescimento das fronteiras agrícolas, com a mecanização e modernização do campo.

Principais produtos

Os produtos exportados pelo Brasil possuem grande destaque no mercado internacional. Os principais produtos agrícolas são:

  • Café: a produção de café no Brasil coloca o país como um dos maiores produtores do mundo. Produzido na região sudeste (Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo) e em propriedades de médio e grande porte. Assim, o café é um dos produtos agrícolas cultivado principalmente pela agricultura familiar.
  • Milho: usado para consumo ou na pecuária extensiva, a produção de milho no Brasil acontece principalmente no Mato Grosso. Por isso, é classificado como o principal Estado produtor de milho do país.
  • Arroz: a produção de arroz também é intensiva no Brasil, o país está no ranking de maiores produtores. Suas maiores safras são produzidas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina.
  • Cacau: a produção de cacau no Brasil está concentrada principalmente no Estado do Pará e da Bahia. Isso acontece devido às condições climáticas e a boa qualidade do solo presentes nestes Estados.

Além destes produtos, a produção de banana, limão, trigo, laranja, soja e tomate, por exemplo, também têm grande importância para a economia brasileira.

Impactos da produção agrícola

Os impactos da produção agrícola são uns dos pontos mais importantes quando referem-se a agricultura e meio ambiente. Embora a mecanização ajude no aumento da produtividade agrícola, também gera grande poluição atmosférica devido a queima de combustíveis fósseis. Poluição dos solos e da água, erosão e redução da biodiversidade estão entre os impactos ambientais mais preocupantes para o país.

Inovação na qualidade da produção agrícola

Produção agrícola: plantação de banana

Para que os produtos agrícolas resultem em maior produtividade e tenham uma produção sustentável, pequenos e médios produtores estão optando por escolhas que aprimorem as atividades e os resultados nas áreas e propriedades utilizadas. Devido isso, alguns métodos estão sendo usados para garantirem a boa qualidade do produto e maior credibilidade no mercado internacional, são eles:

  • Investimento em ferramentas e equipamentos modernos: a tecnologia na agricultura tem economizado o tempo de produção. Assim, tem permitido maiores recursos naturais e financeiros.
  • Controle de pragas e doenças: evitar a disseminação de doenças prejudiciais à lavoura colabora na estabilidade da saúde e do desenvolvimento das safras.
  • Planejamento da fertilização: pensar em novas técnicas de fertilização que não agridam o solo e não comprometam a qualidade, garantindo sua saúde e fertilidade.

Portanto, devido aos grandes impactos ambientais, as atividades da produção agrícola estão sendo repensadas com o intuito de utilizar métodos que não comprometam e não coloquem em risco a saúde ambiental. Dessa forma, as novas técnicas desenvolvidas buscam impactar cada vez menos o meio ambiente.

Agro20 | Portal Vida No Campo