Rebanho bovino do Brasil é o segundo maior do mundo

Inicio » Pecuária » Rebanho bovino do Brasil é o segundo maior do mundo
30/04/2019 Por
Rebanho bovino do Brasil é o segundo maior do mundo

Rebanho bovino supera todos os ramos da pecuária no país

Rebanho é o conjunto de bovinos ou de outros animais, com guarda confiada a um pastor. A definição presente no dicionário da língua portuguesa não dá conta da importância da pecuária para a economia do Brasil. O trabalho realizado no campo supre a demanda interna e ainda gera receita a partir das exportações para mais de 100 países.

O rebanho do Brasil é o segundo maior do mundo, atrás apenas da Índia. Além disso, o país é o maior exportador e segundo maior produtor de carne bovina de todo o planeta.

Rebanho

Tipos de rebanho

Há diversos tipos de rebanho. Entre eles:

  • Bovino (bois e vacas)
  • Suíno (porcos)
  • Ovino (ovelhas e carneiros)
  • Caprino (cabras e bodes)
  • Equino (cavalos)
  • Muar (mulas)
  • Asinino (jumentos)
  • Bufalino (búfalos)

A pecuária pode ser praticada de forma extensiva ou intensiva. A extensiva é caracterizada pela utilização de métodos tradicionais, com poucos recursos tecnológicos. Nesse caso, o gado é criado solto em grandes extensões de terra. A intensiva, entretanto, emprega alta tecnologia na criação.

Rebanho bovino

O rebanho brasileiro reúne 217 milhões de cabeças para a pecuária de corte, leiteira e de couro. A Região Centro-Oeste concentra 74,1 milhões de cabeças de gado, correspondendo a 34,5% do total do nacional de rebanho de bois em 2017.

O Mato Grosso reúne 13,8% do rebanho, com 29,7 milhões de cabeças. Mas a produção de bovinos avança para o Norte, que possui o segundo maior rebanho de bois do país, com 48,5 milhões de cabeças de gado.

A importância da do rebanho bovino e da pecuária bovina também está expressa em cifras e dados impressionantes:

  • As exportações de carne representam um ganho estimado de 6 bilhões de reais por ano.
  • O país conta com um parque industrial com capacidade de abate de quase 200 mil bovinos por dia.
  • A atividade emprega cerca de de 1,6 milhões de pessoas.

O rebanho de vacas também é conhecido como vacada.

Rebanho de porcos

O rebanho suíno é a segunda maior fonte de receita da pecuária no Brasil. Entre os destinos de exportação da carne do rebanho suíno, estão a Rússia e países asiáticos. A criação de suínos atingiu 41,1 milhões de cabeças no Brasil em 2017.

A Região Sul concentra este total, com Santa Catarina no topo do ranking estadual, concentrando 19,7% da soma nacional. Por outro lado, o Paraná aparece nas estatísticas com 16,8% e Rio Grande do Sul, com 14,6%. Ao todo, os estados do Sul reúnem mais de 20 milhões de suínos.

Rebanho de cabras

Cerca de 8,2 milhões de cabras são criadas no Brasil para a produção de carne. Além disso, os produtores conseguem aproveitar e negociar o leite e a pele do rebanho de cabras. Todos os estados brasileiros têm rebanhos de cabras, mas as as maiores criações de caprinos estão na Bahia. Esse estado possui um rebanho de cabras com 2,3 milhões de animais.

Rebanho de ovelhas

O rebanho de ovelhas é responsável pela produção de lã e o consumo de carne. Há ovelhas em praticamente todos os estados, mas a maior criação de ovelhas está na Bahia (2,8 milhões).

Rebanho de ovinos

Modernização da criação de gado

Produtores e donos de propriedades rurais, portanto, investem constantemente em tecnologia. Dessa forma, a pecuária bovina brasileira tem grande destaque pela modernização, possível pelos avanços tecnológicos dos sistemas de produção.

Afinal, modernização no campo também é responsável por impulsionar outros aspectos da economia, como a produção de alimentação suplementar. Além disso, a ração hoje é imprescindível para a nutrição dos animais, oferecendo uma variedade de minerais e proteínas.

O rebanho bovino brasileiro, o segundo maior do mundo, é criado com alto investimento tecnológico atualmente.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo