Surubim é um dos peixes mais populares do Brasil

Inicio » Pecuária » Surubim é um dos peixes mais populares do Brasil
25/02/2019 Por
Surubim é um dos peixes mais populares do Brasil

O surubim é popular é um dos maiores peixes do Brasil, chegando a medir 1 metro de comprimento

O surubim é um dos peixes mais populares que existe no Brasil. Sua facilidade de criação permite que o animal seja criado em diferentes circunstâncias, sem que isso altere a rentabilidade do produtor.

Atualmente, o surubim é considerado um peixe de alto escalão. Com a crise na piscicultura, os preços passaram a subir, o que dificultou as suas negociações comerciais.

Peixe surubim submerso a água

O que é surubim?

Surubim é um tipo de peixe bastante aclamado por pescadores. Sua versatilidade permite que o animal possa viver com tranquilidade no oceano e em pequenos lagos – o que facilita os lucros. Mesmo com a crise, o Brasil é reconhecido mundialmente pela fartura de peixes que existe no país. Entretanto, mesmo com alto volume de produção, os números ainda não são suficientes para toda a demanda que existe.

Hoje, a exportação do pescado é um dos grandes potenciais de todo o mercado. Competindo, dessa forma, diretamente com peixes consumidos com uma frequência maior, como é o caso do salmão.

Embora seja um peixe mais fácil de criar que outras espécies do mercado, são necessários alguns cuidado para que a sua proliferação seja bem-sucedida. Isso porque o surubim é relativamente sensível a determinadas situações e ambientes. Entre eles:

  • Água danificada: Cuidar do surubim – assim como de qualquer outro peixe – requer higienização do local. Por isso, antes de colocá-los na água, é necessário um processo de limpeza profunda para não atrapalhar a saúde dos animais. A bactéria, além de tirar a produtividade, pode matá-lo. Desse modo, trazendo prejuízos para o criador.
  • Descarte correto: Descartar o lixo nos locais corretos faz com que eles não cheguem até a água, assim mantendo a integridade do peixe. O solo é um dos principais responsáveis pela contaminação da rios.

Surubim portador de bactérias não é comprado por nenhum tipo de mercado. Visto que, também pode ser prejudicial para a saúde de quem o consome.

Tipos de peixes

Dentro da espécie surubim existem diferentes tipos, e cada um com a sua peculiaridade – dessa forma, atingindo a todos os gostos e necessidades. Além disso, por serem animais extremamente agitados, a pesca deles é considerada  um esporte de enorme dificuldade.

  1. Pintado: Essa espécie de surubim é conhecida por seu enorme tamanho, chegando a atingir cerca de 1 metro de comprimento. Sua maior qualidade é o fato do animal se alimentar de praticamente todo tipo de comida, quase sem restrições.
  2. Cachara: Diferente do pintado, essa espécie de surubim é totalmente ociosa. É comum que fiquem estáticos por um determinado tempo – técnica que facilita a caça. Diferenciá-los não é difícil. Uma vez que o surubim pintado possui bolinhas pretas em seu corpo; já o cachara, listras.

Por ser uma das espécies de peixes consideradas calma, sua pesca não é considerada difícil. Desse modo, tê-lo em sua propriedade pode ser mais viável.

Surubim

Pescado 

Mesmo com toda a crise no país, o mercado brasileiro da piscicultura cresce anualmente. Segundo a FAO, o Brasil movimentou um número próximo de R$ 5,4 bilhões durante o ano de 2017. E a tendência é que esse numero suba ainda mais.

O crescimento no setor de pescado é importante não só para enriquecer grandes negociadores, mas também para gerar empregos. Economicamente falando, quanto mais o país se desenvolver, mais pessoas em pequenas regiões estarão dando sustento as suas respectivas famílias. O que de fato alavanca a economia e tira as pessoas de situações imersas.

Em meio a esse jogo de importar e exportar, o surubim não é o peixe mais requisitado para exportação. Seu maior reconhecimento está no mercado interno. Peixes como o tambaqui e a tilápia são os mais requisitados pelo mercado exterior, principalmente o asiático.

pescado no Brasil ainda têm muita margem para crescimento. Ainda mais após o balanço econômico que ocorreu durante os últimos anos e que acarretou problemas em grandes setores do país.

Nenhuma problema econômico é bom para um país, de forma geral. Entretanto, tentar enxergar novas oportunidades que surgem dentro de uma crise pode ser uma forma de ver “o lado bom da coisa”.

Desse modo, durante o período de crise na piscicultura, o país passou a investir em outras áreas que tivessem em desenvolvimento e com margem para consolidação no futuro, como no caso da criação de abelhas.

Piscicultura no Brasil

A piscicultura é um ramo que cresce anualmente por possibilitar que diferentes tipos de agricultores possam trabalhar. Ou seja, é um trabalho acessível.

Geralmente, este cultivo é feito em água doce e de forma controlada. Frutos do mar como moluscos e crustáceos também estão entre os alvos de quem quer investir nessa área.

A prática é interessante, pois, nela, o agricultor pode ter uma produtividade muito maior, já que é ele quem alimenta os animais de forma periódica. Aumentar a velocidade de crescimento dos animais ou mantê-la de forma natural é opcional.

O uso dessas substâncias de crescimento são populares entre os produtores. Dessa forma, eles podem ter maior rotatividade das espécies no rio, de modo na qual ele tenha lucros de forma rápida.

Por estar reservado a este ambiente, a qualidade das espécies pode ser até melhor – justamente por conta do alimento controlado. Entretanto, o uso de vitaminas em excesso pode ser prejudicial a saúde dos animais e, como consequência disso, a saúde humana.

Desse modo, é necessário atenção principalmente no controle de bactérias transmissíveis. Pois, por poderem estar presentes no mesmo ambiente, há reais possibilidades de contágio.

Surubim é um peixe de água doce

Curiosidades sobre surubim

  1. A versatilidade do surubim vai desde o momento em que está no rio, até o momento em que vai para o prato dos consumidores. Nos litorais no Brasil, é muito comum essa espécie de peixe ser consumida em formato de porção. Porém, ele também aparece como um molho para incrementar pratos e deixá-los mais deliciosos.
  2. Quanto a espécie pintada quanto a cachara só passam a ter suas listras características durante a fase adulta. Quando filhotes, eles são completamente cinza.
  3. Não é restrito ao Amazonas, entretanto, esta é a região em que é mais fácil de encontrá-lo.

Por fim, o surubim faz parte do grupo de um dos alimentos mais importantes na história. Por isso, sua criação e reprodução são importantes para que novas espécies de peixes surjam e se mantenham no mundo e no mercado.

Agro20 | Portal Vida No Campo