Açúcar mascavo, de cor castanha, é um produto de açúcar de sacarose

Inicio » Agronegócio » Açúcar mascavo, de cor castanha, é um produto de açúcar de sacarose
29/08/2019 Por
Açúcar mascavo, de cor castanha, é um produto de açúcar de sacarose

O açúcar mascavo como substituto para um açúcar mais saudável

Sabemos que o consumo excessivo de açúcares aumenta o risco de doenças como diabetes, obesidade e, consequentemente, problemas cardíacos. Essas são as principais razões pelas quais a Organização Mundial da Saúde recomenda consumir, no máximo, 25 gramas por dia. Mas, e o açúcar mascavo?

Para alguns, essa questão causou maior conscientização sobre os alimentos que consumimos. A substituição por opções mais saudáveis está sendo cada vez mais disseminada e é comum que nessas opções seja incluído o açúcar mascavo.

Açúcar mascavo

O que é açúcar mascavo?

Açúcar mascavo é o açúcar obtido a partir da cana, que não passou pelo processo de refino. Tanto por isso, possui uma tonalidade mais escura que o açúcar branco.

Assim, a cor dourada é obtida por evaporação da água e obtenção do açúcar cristalizado. É dessa forma que as impurezas são removidas.

Seu uso geralmente é estendido em produtos de confeitaria ou para temperar bebidas amargas, como chá ou café.

Benefícios do açúcar mascavo

Existem inúmeros benefícios do açúcar mascavo. Um deles é o efeito positivo no cérebro devido à contribuição do fósforo.

É sabido que o fósforo atua em nosso cérebro, fornecendo os nutrientes necessários para cumprir todas as funções. Isso faz com que a mente se limpe e obtenha melhor desempenho.

De acordo com pesquisas realizadas nos últimos anos, foi confirmado que uma mente tranquila nos ajuda a memorizar melhor. Portanto, quem está em um período difícil de provas pode ter esse “doce” como seu melhor aliado.

Outro dos ótimos benefícios do açúcar mascavo é seu teor de cálcio. Ele torna os ossos mais fortes e saudáveis, bem como a estrutura dos dentes. Sendo assim, este alimento é um complemento ideal para todos aqueles que sofrem de osteoporose – e até para preveni-la.

Embora o teor de ferro seja mínimo, o consumo de açúcar mascavo evita o risco de anemia e ajuda os que sofrem desse mal.

Uma boa notícia para os que estão em dieta é que o alimento não contribui para a obesidade produzida por calorias ruins. Uma vez que a sua composição é totalmente integral, não há com o que se preocupar ao ingerir doses moderadas.

Por outro lado, o açúcar mascavo é benéfico para o coração. Com ele, recebe-se os nutrientes necessários para manter um funcionamento adequado desse órgão. Assim, evita-se qualquer anormalidade cardíaca que possa surgir, como um ataque repentino.

Finalmente, ele contém umidade suficiente que nos permite manter uma pele macia e hidratada.

Açúcar mascavo

Receitas com açúcar mascavo

Embora não seja ideal, o açúcar branco ou refinado é consumido infinitamente mais que o açúcar mascavo. Isso não é ideal porque as propriedades nutricionais do açúcar branco são mais baixas. Entretanto, seu sabor é mais neutro, o que favorece em certos casos.

Mas, sem dúvida, o açúcar mascavo deve ocupar um lugar em todas as cozinhas. Há receitas tradicionais nas quais ele é essencial, além de outras nas quais o resultado é muito melhor se usado.

Contudo, estamos falando das receitas com açúcar mascavo real, e não açúcar refinado.

Receita de biscoitos de chocolate com mascavo

Ingredientes:

  • 125 gramas de manteiga;
  • 70 gramas de açúcar mascavo;
  • 150 gramas de açúcar branco;
  • Uma pitada de sal;
  • 5 gramas de essência de baunilha;
  • 300 gramas de farinha;
  • 175 gramas de fondant de chocolate;
  • 5 gramas de bicarbonato de sódio;
  • 2 ovos.

Modo de preparo:

  1. Deixe a manteiga em temperatura ambiente algumas horas antes, para que fique macia;
  2. Ao começar a fazer os biscoitos, misture a manteiga em uma tigela grande com o açúcar mascavo e o açúcar branco. Adicione também a essência de baunilha e essa mistura;
  3. Peneire a farinha com o bicarbonato de sódio e despeje na tigela. Adicione os ovos batidos e a pitada de sal e amasse novamente;
  4. Por fim, derreta o chocolate em banho-maria ou no micro-ondas. Em seguida, despeje sobre a massa de biscoito. Misture bem e deixe descansar em temperatura ambiente por cerca de uma hora;
  5. Pré-aqueça o forno a 180°C e comece a moldar os biscoitos. Faça bolas do tamanho de nozes. Alise-as levemente e coloque em uma assadeira coberta com um pano de cozinha. Deixe uma margem de separação para que não toquem durante o cozimento;
  6. Coloque a bandeja no forno quando estiver na temperatura certa e asse por 10 a 15 minutos. Se você deixá-los por aproximadamente dez minutos, eles ficarão levemente crocantes. Entretanto, caso deixe mais cinco minutos, terá, quando esfriarem, alguns biscoitos bem crocantes, ideais para mergulhar no leite e apreciar sua textura.

Açúcar mascavo ou demerara

Açúcar mascavo ou demerara? Existe diferença? Esse é um questionamento que muitos fazem.

O açúcar demerara é um açúcar natural castanho. Como não foi submetido a nenhum tipo de refinamento, retém grande parte dos nutrientes do produto original.

Mesmo assim, é obtido mais industrialmente que o branco e o mascavo. A diferença é que o demerara é submetido a uma centrífuga responsável pela limpeza do produto de impurezas. Assim, remove-se o excesso de umidade até terminar a cristalização.

Os investimentos dos agricultores na produção do mascavo

Hoje em dia é comum encontrar vários agricultores que investem na produção do açúcar. Como não podia deixar de ser, a matéria-prima é cultivada em suas propriedades.

O benefício principal desse investimento é a contribuição para a renda familiar. A produção é feita uma vez ao ano e grande parte dos produtos derivados é comercializada em curto período.

Açúcar mascavo

O terreno em que é feita a plantação é preparado com a adubação e cuidado, assim, o corte da cana-de-açúcar pode ser feito por diversas vezes. O cultivo ocorre de cinco a seis anos; após, é feito o replantio.

Após a colheita, é feita a moagem da cana. Com todo o suco concentrado, é passado pela peneira para extrair os resíduos e encaminhado para o processo de fervura. É daí que pode se optar por fazer melado, açúcar ou rapadura.

A estimativa que se tem é que somente no primeiro semestre de 2019, cada agricultor produziu, em média, 200 quilos de açúcar mascavo.

O melhor de tudo é que, com esses investimentos, o consumidor final tem a certeza da boa qualidade dos produtos. Como este tipo de açúcar pode ser utilizado em uma gama de receitas, prezar pela qualidade sem conservantes é essencial.

A iguaria que é recomendada pelos profissionais da área da saúde

Atualmente, o açúcar mascavo vem conquistando espaço, inclusive dentro do setor ervateiro. No mercado, encontram-se mercadorias onde o açúcar é adicionado proporcionalmente com erva-mate. Este, sem dúvida, é um avanço enorme para a saúde da população.

Esse tipo de produto acaba não passando por refinamentos, nem recebe aditivo químico como os outros. Seu processo de produção natural garante a manutenção de uma maior quantidade dos nutrientes.

O açúcar mascavo pode, sem dúvida, substituir o açúcar convencional. Apesar de o sabor ficar mais acentuado, a escolha é saudável e bastante sustentável.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo