Almôndegas (ou porpetas) são bolinhas de carne muito saborosas

Inicio » Agronegócio » Almôndegas (ou porpetas) são bolinhas de carne muito saborosas
13/10/2020 Por
Almôndegas (ou porpetas) são bolinhas de carne muito saborosas

Almôndegas são iguarias à base de carne moída, criadas no século XII durante o Império Persa. As almôndegas, a princípio, eram preparadas com carne de ovelha e chamadas pelos árabes de koofthe ou kofta, que significa “carne moída”.

Almôndegas, especialidade presente à mesa dos brasileiros, foram introduzidas no país pelos portugueses. Entretanto, tornou-se um prato popular com a imigração italiana.

Almôndegas

O que são almôndegas?

Almôndegas, também chamadas de porpetas, são bolinhas de carne moída temperada e podem ser servidas com ou sem molho, além de recheadas.

De origem árabe, a almôndega foi criada durante o século XII e, inicialmente, era utilizada a carne ovina para o seu preparo.

Porém, em virtude das invasões árabes pela Europa, assim como na Ásia, a receita foi sofrendo alterações e, consequentemente, novas proteínas de origem animal mais abundantes em cada região foram sendo utilizadas.

Além disso, várias especiarias, bem como temperos, foram sendo introduzidas na receita de acordo com os costumes e o paladar dos moradores de cada região.

Dessa forma, nos dias atuais, podemos encontrar variações de receita de almôndega como, por exemplo, almôndega de carne e almôndega de frango com uma diversidade enorme de temperos.

Ingredientes base das almôndegas

Os ingredientes da almôndega são bem simples, assim como o seu preparo. A carne bovina moída, frequentemente a proteína animal mais utilizada em seu preparo, movimenta a economia brasileira.

De acordo com dados da Abrafrigo (Associação Brasileira de Frigoríficos), no ano de 2019, a exportação de carne bovina atingiu, aproximadamente, 695 mil toneladas. Os maiores compradores de carne bovina in natura e processada foram a China, seguida pelo Egito, Irã, Emirados Árabes, além do Chile e a Rússia.

A carne de suíno, proteína animal mais consumida em todo o mundo, atingindo aproximadamente 43% do volume total, também pode ser utilizada no preparo de almôndegas de porco.

O rebanho de suínos no país concentra-se na região Sul, onde aproximadamente 70% de sua criação é realizada através da agricultura familiar.

A exportação de carne suína no ano de 2019, principalmente para a Ásia, atingiu aproximadamente 750 mil toneladas, de acordo com dados da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), gerando um lucro de US$ 1,597.

Por outro lado, as típicas porpetas italianas também podem ser preparadas com carne de frango, criação altamente rentável e amplamente praticada no país.

O Brasil lidera o ranking mundial de exportação de frango. No primeiro trimestre de 2020, de acordo com o Ministério da Economia, Indústria, Comércio Exterior e Serviços, foram exportadas mais de 960 mil toneladas de carne in natura, gerando um lucro de mais de US$ 1,500 milhões.

Entretanto, seja qual for o tipo de carne escolhida para o preparo das almôndegas, todas necessitam de temperos como, por exemplo, cebola, salsa, alho, orégano, além de ovos e farinha de rosca para dar liga à massa.

Almôndegas

Como fazer almôndega?

Primeiramente, para fazer uma tradicional almôndega, é necessário dar uma atenção toda especial no momento em que forem ser modeladas.

Se acaso forem modeladas grandes demais, se tornam polpetones. Por outro lado, se acaso as bolinhas de carne forem modeladas achatadas demais, se tornam parecidas com hambúrgueres.

As almôndegas possuem formato arredondado e são, aproximadamente, do tamanho de uma bola de tênis de mesa. Porém, nem sempre foram assim.

Os árabes, responsáveis por sua criação, chamavam tudo o que possuía formato arredondado como, por exemplo, as avelãs, de búndiga. Assim, a almôndega, ou seja, a Al-búndiga, era “a bolinha” feita com carne moída.

Atualmente, tanto no Brasil, assim como em alguns países europeus, as almôndegas são modeladas do tamanho de uma bolinha de gude, também conhecidas como mini-porpetas ou mini-almôndegas.

O preparo da massa é bastante simples, rápido e prático. A carne deve estar moída na qual são acrescentados temperos, ovos e um espessante como, por exemplo, farinha de rosca. A massa, então, deve ser muito bem misturada com as mãos a fim de que todos os ingredientes fiquem bem incorporados.

Logo após, com uma pequena porção de massa são modeladas as bolinhas que poderão ser fritas em óleo, assadas, bem como cozidas em molho de tomate.

Em seguida, aprenda como preparar almôndegas com macarrão, um prato completo, rico em proteína animal e carboidratos.

Ingredientes das almôndegas

  • 500 g de carne bovina moída;
  • 1 c de chá de orégano;
  • 4 c de sopa de cebola picada;
  • 2 c de sopa de salsa picada;
  • Sal e pimenta a gosto;
  • 1 ovo levemente batido;
  • Aproximadamente 1 x de chá de farinha de rosca;
  • Óleo para fritar.

Modo de preparo

  1. Primeiramente, coloque a carne moída em um refratário e adicione os demais ingredientes;
  2. Logo após, misture muito bem a massa para que todos os ingredientes fiquem bem incorporados;
  3. Em seguida, tome pequenas porções da massa e modele as almôndegas em formato de bolinhas;
  4. Logo depois, aqueça em uma frigideira funda óleo o suficiente para que as bolinhas sejam fritas por imersão;
  5. Frite as almôndegas até dourarem. Escorra em papel toalha e reserve.

Almôndegas

Ingredientes para o molho de tomate

  • 2 latas de tomate pelado;
  • 2 c de sopa de extrato de tomate;
  • 1 x de chá de água;
  • 1 c de café de açúcar;
  • 2 c de sopa de azeite;
  • 3 c de sopa de cebola picada;
  • 1 dente (pequeno) de alho picado;
  • Sal e pimenta calabresa seca a gosto;
  • 350 g de macarrão espaguete cozido de acordo com as instruções do fabricante;
  • Queijo ralado a gosto.

Modo de preparo

  1. Em primeiro lugar, bata o tomate com o extrato de tomate e a água no liquidificador por 3 minutos;
  2. Logo depois, aqueça o azeite em uma panela funda e doure a cebola e o alho;
  3. Em seguida, adicione o tomate batido, o açúcar e tempere com sal e pimenta;
  4. Assim que levantar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhar por, aproximadamente, 15 minutos;
  5. Logo após, acrescente as almôndegas ao molho e deixe ferver por mais 5 minutos;
  6. Finalmente, disponha o macarrão ainda quente em um refratário e despeje o molho sobre ele. Polvilhe queijo ralado e sirva a seguir.

Almôndegas, prato típico da culinária italiana e presente na maioria dos cardápios dos restaurantes, também podem ser saboreadas recheadas. A almôndega com queijo, também conhecida como polpetone, servida com molho ao sugo, é uma das variações da iguaria mais apreciada pelos brasileiros.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo