Aquecimento global produz consequências graves e merece atenção

Inicio » Meio Ambiente » Aquecimento global produz consequências graves e merece atenção
29/08/2019 Por
Aquecimento global produz consequências graves e merece atenção

Aquecimento global é um problema ambiental que se intensificou no século XXI

Medições de temperatura média do planeta apontam que o século XXI é o mais quente desde o último período de era glacial. E isso se deve ao fenômeno conhecido como aquecimento global.

A temperatura elevou-se em razão do aquecimento global que confere consequências graves para o clima da Terra. Uma das consequências é o derretimento de calotas polares. Isso afeta o bioma local e aumenta o nível dos mares. As possibilidades de queimadas também elevam-se, afetando a preservação de matas e proporcionando desastres ambientais. A produção de alimentos é outro setor passível de interferência.

Aquecimento global

O que é aquecimento global?

Aquecimento global é o aumento das ondas de calor na Terra em decorrência da acumulação de gases nocivos na atmosfera, reforçando o impacto do efeito estufa.

A relação entre aquecimento global e efeito estufa é muito próxima. Porém, ao contrário do que muitos pensam, o efeito estufa não é provocado pelo aquecimento global, pois trata-se de um fenômeno natural que tem como função impedir a diminuição drástica de temperatura no planeta. Tal diminuição tornaria inviáveis as condições de vida.

O que forma o fenômeno conhecido como efeito estufa é a retenção de gases na atmosfera que, por sua vez, impede a total saída dos raios solares refletidos na superfície do planeta. Por isso, recebe esse nome por agir como uma “estufa”, uma vez que armazena calor.

O efeito estufa passa a provocar consequências nocivas com o agravamento do aquecimento global, que acaba intensificando o impacto do fenômeno.

Os gases que normalmente se encontram na atmosfera e que ajudam a gerar o fenômeno recebem a adição de outros provenientes de atividade humana. Essa concentração de gases retém maior volume de raios solares na atmosfera, elevando a temperatura do planeta em nível muito maior do que o necessário para boas condições de vida.

Causas do aquecimento global

Um dos principais causadores do aquecimento global é a emissão de gases que poluem a atmosfera. Estes gases, que se aglutinam na atmosfera, formam uma barreira espessa e que impede que considerável volume de raios solares refletidos na superfície da Terra voltem para o espaço.

Assim, conforme essa concentração de gases aumenta ou se mantém em nível crítico, mais essa barreira se avoluma. Isto facilita que os raios permaneçam na Terra, agravando, portanto, o problema de altas temperaturas.

Mas as causas do aquecimento global também influenciam as épocas de baixas temperaturas. Como fazem isso? Impedindo a entrada de menos raios solares em período que a intensidade é menor.

Portanto, esse grave problema ambiental coloca o planeta vivendo em extremos: temperaturas muito altas nas épocas de calor e muito baixas no período invernal.

O gás poluente que mais se destaca é o CO2. Ele é o que mais influencia no aumento de temperatura. Este é emitido em alta escala por atividades humanas, como na queima de combustíveis e aplicação em produtos amplamente utilizados.

Outro fator que contribui para o quadro de aquecimento global é o desmatamento de florestas. A vegetação contribui para o aumento da umidade na atmosfera. Isto, por sua vez, favorece a diminuição da temperatura. Assim, sem vegetação, sem umidade. O planeta sofre e nós sofremos junto.

Aquecimento global

Consequências do aquecimento global

O aumento de aquecimento na Terra provocado pela barreira composta de gases naturais e artificiais promove alterações sensíveis no planeta. Atinge não só faunas locais, mas a qualidade de vida dos seres humanos.

E quais são essas consequências que afetam a vida na Terra? É o que veremos a seguir.

  • Derretimento de calotas polares

O derretimento das calotas polares é um dos grandes indicativos da temperatura ter aumentando na Terra nas últimas décadas. Estima-se que tal aumento foi da ordem de 0,7ºC no último século. Não por coincidência, a emissão de gases prejudiciais ao ambiente foi de 70% de 1970 a 2004.

O derretimento de calotas polares, além de prejudicar a vida animal local, como de pinguins e de ursos polares, também pode provocar a submersão de litorais, consequentemente das cidades que vivem nessas regiões. Isso, portanto, força a migração de milhares deles para áreas que provavelmente não contarão com a melhor infraestrutura para abrigá-las confortavelmente.

Tal possível onda migratória, sem dúvida, promoverá conflitos e discussões a respeito das melhores soluções para sanar esse problema devido ao desastre ambiental. E o que talvez muitos percebam é que a melhor solução possível já desapareceu: ter evitado a degradação ambiental.

  • Alteração da fauna e da flora

A fauna e a flora do planeta podem sofrer com o agravamento do aquecimento global, provocando alterações na composição desses habitats.

A seca provocada pelas altas temperaturas tem potencial de prejudicar a subsistência de muitas espécies. Isso, consequentemente, pode levá-las à extinção.

  • Desastres naturais

Outra consequência da elevação da temperatura na Terra é que tal clima propicia condições para a formação de fenômenos naturais que causam grandes consequências para a vida urbana.

Como exemplo, podemos citar tempestades fortíssimas que, além de provocar danos estruturais como derrubamento de casas, postes e árvores, também provocam inundações. Isso ocorre principalmente em cidades que não possuem um bom planejamento para escoação de água em suas vias. A cidade de São Paulo é uma delas.

A maior incidência de furacões é outra possibilidade não remota como consequência direta do aquecimento global.

Aquecimento global

  • Secas e produção de alimentos

A elevação da temperatura pode ocasionar a degradação de regiões naturais e o aumento de secas. Tal condição climática é desfavorável para a produção de alimentos e muitas das áreas desertificadas podem ser de plantio, produtivas. Esse, portanto, é mais um dos perigos do aquecimento global.

Ações que contribuem para o aquecimento global

O uso de combustíveis fósseis mais comumente utilizados em automotores é uma das principais formas de poluição devido à liberação de dióxido de carbono.

O desmatamento provoca também liberação de gases poluentes, principalmente com as queimadas. As atividades industriais que se valem de combustíveis poluentes é outra fonte abundante de CO2.

A agropecuária é uma grande fonte de gases nocivos. No Brasil, é responsável por 69% da produção desses gases. Em escala global, o mercado agro é responsável pela emissão de 23% do volume total produzido pelo planeta, contribuindo para o aumento do aquecimento global, mas, naturalmente, não sendo a única causa.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo