Desmatamento gera consequências ao meio ambiente e merece atenção

Inicio » Meio Ambiente » Desmatamento gera consequências ao meio ambiente e merece atenção
25/06/2019 Por
Desmatamento gera consequências ao meio ambiente e merece atenção

Como o desmatamento altera o ambiente, desde o seu bairro até o planeta

Parece longe, mas essa ameaça mora ao lado. Cada ação gera uma reação nociva a todo tipo de vida em nossa casa, nosso planeta. Ou seja, o desmatamento destrói toda a fauna e flora, devastando a vida e aumentando o quase irreversível efeito estufa.

Vai ficar esperto? Esperamos que sim, pois aqui vamos nós, mais uma vez, lidar com a difícil tarefa da ameaça do desmatamento e como você pode contribuir com essa causa global. Do conceito às consequências, do ritmo global às dicas sobre evitar esse mal, é mantendo-se informado que você pode salvar o planeta!

Desmatamento

O que é desmatamento?

Desmatamento é a ação do homem em desflorestar, é sua remoção parcial ou total de coberturas vegetais, é a eliminação de florestas. Nos dias de hoje, as consequências do desmatamento são um dos grandes problemas do nosso meio ambiente. Apenas no âmbito nacional, essa atividade anda afetando grandes áreas como a amazônica.

Assim como o desmatamento do Cerrado, nossa área desmatada já chega a ser maior que muitos países europeus, como a França. Um bom exemplo que indica o tamanho dessa ameaça à conservação da floresta Amazônica, apenas no começo do século XXI, mostra que a área desmatada representava mais de dez por cento da sua área no Brasil.

Principais consequências do desmatamento

Assim como o desmatamento na Amazônia, as consequências ao planeta atingem principalmente o solo e a água. Isso porque as áreas de floresta são responsáveis por controlar mais da metade da água doce da Terra, ajudando a manter a umidade necessária para os ecossistemas.

Então, a remoção dessa vegetação vai alterar todo o equilíbrio natural e o clima global. Também vai impactar diretamente no efeito estufa. Sem drenar o solo, essa ausência ainda aumenta as chances de deslizamentos e até inundações, criando locais de erosão e desertificação.

Outra consequência direta do desmatamento é a eliminação de nutrientes do solo, gerando assoreamento de açudes, lagos e rios. Essa degradação criada pelo depósito de resíduos nos leitos pluviais é um dos mais severos impactos do desmatamento no globo.

Embora muitas espécies da nossa fauna ajudem na cura de doenças, a ação do desmatamento ainda causa a extinção e destruição de uma série de espécies. Utilizadas para nossa alimentação e até mesmo como matéria-prima, algumas foram extintas e outras tantas correm esse risco.

Do lado da agricultura, outra grave consequência do desmatamento é o processo avançado de erosão que ele causa. Cada árvore das nossas florestas ajuda na proteção do solo, fazendo com que a água escoe menos enquanto nutre as raízes, assim, evitando a desagregação total de sua estrutura.

Confira, portanto, abaixo uma lista com as piores consequências do desmatamento:

  • Desertificação;
  • Propagação de doenças e pragas;
  • Extermínio de biomas e da biodiversidade;
  • Empobrecimento e erosão do solo;
  • Genocídio de nações indígenas;
  • Assoreamento de reservas de água doce;
  • Aumento do efeito estufa;
  • Redução dos níveis pluviométricos.

Desmatamento

Causas do desmatamento

Embora o maior problema esteja ligado a produtores que não seguem as normas corretas adequadas e boas práticas de resultado, o desmatamento pode apresentar causas diversas. Na sua maioria, elas são atribuídas às atividades humanas que costumam se intensificar e provocar problemas.

Confira abaixo quais são as causas mais comuns de desmatamento no mundo:

  • Investimento nos trabalhos de exploração do solo, como as atividades de procura de matéria-prima, gerando aumento de queimadas e urbanização;
  • Expansão agropecuária, como a abertura de áreas de pastoreio, áreas rurais ou para agricultura, visando sua valorização financeira;
  • O ato de retirar e industrializar madeiras;
  • Atividades de mineração, como a instalação de equipamentos e máquinas para explorar elementos como prata, ouro e alumínio, o que ainda pode gerar acidentes ecológicos.

Assim como esse desmatamento é uma das maiores causas de aquecimento no mundo, a perda de nossas florestas também tem crescido dia após dia. Abaixo, fizemos uma pequena lista com algumas das maiores ações humanas causadoras de desmatamento na Terra:

  • Extração de madeira;
  • Expansão urbana;
  • Agricultura;
  • Queimadas;
  • Mineração;
  • Pecuária;
  • Hidroelétricas.

Desmatamento no Brasil e no mundo

Analisando dados sobre o desmatamento no Brasil, recentemente a diminuição da cobertura vegetal chegou a ser de cinquenta mil quilômetros quadrados. De acordo com estudos e pesquisas, apenas os incêndios e queimadas em áreas da Amazônia foram responsáveis por um alto nível de desmatamento local, em geral para liberar mais espaço para plantações e demais cultivos.

Mesmo assim, esses números e pesquisas ainda não indicam a presença de iniciativas para um reflorestamento adequado, visando equilibrar as perdas de área verde. Por isso, alguns acordos entre países foram criados para o plantio de novas árvores. A ideia é limitar o aquecimento da Terra.

Prova de sua eficiência, segundo a ONU, é a comprovada redução da temperatura global, a diminuição de áreas devastadas e o aceleramento do pano verde dentro de um período curto de cinco anos.

Outro fator importante da análise desses dados é a visão geral de um quadro completo sobre como esses abalos do desmatamento atingem cada floresta pelo planeta, auxiliando nas soluções para o desmatamento.

Áreas com maior desmatamento no mundo

Sabendo da contribuição da árvore e seguindo ou não esses acordos ambientais mundiais, confira abaixo as áreas com maior índice de desmatamento detectadas até o momento:

  • As florestas da África Oriental;
  • Florestas da área que engloba a Ásia;
  • Áreas da Nova Zelândia e Oceania;
  • Florestas presentes na Malásia, Indonésia e Brunei;
  • Matas das Filipinas;
  • A nossa quase irrecuperável Mata Atlântica;
  • As montanhas localizadas no centro-sul chinês;
  • As florestas costeiras presentes na África Oriental;
  • A floresta da província da Califórnia;
  • Áreas verdes das ilhas do Oceano Índico e Madagascar.

Desmatamento

Dicas para evitar o desmatamento

Apenas na década passada, dentro dos planos de como evitar o desmatamento, foram várias as medidas governamentais adotadas para se conquistar fatos inéditos. Entre as grandes metas, está uma diminuição das altas taxas de desmatamento na Amazônia.

Mesmo assim, as medidas andam caindo em desuso, pois o desmatamento de florestas sempre volta a crescer. Confira abaixo como prevenir e diminuir tais ações de desmatamento:

  • Inovar nas táticas que combatem o desmatamento;
  • Bloquear mercados de carne ilegal;
  • Cobrança de imposto rural;
  • Ampliar moratórias da soja para o Cerrado;
  • Ceder crédito apenas aos cumpridores das leis.

Desmatamento é coisa séria. A cada dia, torna-se necessário criar e implementar novas medidas para que possamos retornar ao meio ambiente todos os benefícios que ele nos oferece.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo