Aves brasileiras reúnem aproximadamente 1800 espécies diferentes

Inicio » Meio Ambiente » Aves brasileiras reúnem aproximadamente 1800 espécies diferentes
09/10/2020 Por
Aves brasileiras reúnem aproximadamente 1800 espécies diferentes

Com grande diversidade de pássaros, as aves brasileiras estão entre as mais belas do mundo. Em todo o mundo, se tem registro de aproximadamente 10 mil espécies de aves. Mas é a América do Sul que concentra boa parte dessa diversidade. São cerca de 2.700 espécies nativas e 300 migrantes, incluindo as aves brasileiras.

As aves brasileiras tornam nosso país o terceiro maior em número de aves do mundo, atrás apenas da Colômbia e Peru.

Tuiuius são aves brasileiras encontradas no Pantanal

Espécies de aves brasileiras

O Brasil abriga aproximadamente 1.800 espécies de aves e mais de 140 são migratórias. Algumas dessas aves brasileiras ainda são endêmicas, ou seja, são encontradas apenas em determinadas regiões. Entretanto, algumas espécies infelizmente já são ameaçadas de extinção, principalmente pelo desmatamento e tráfico de animais.

Em países tropicais, é muito fácil observar as aves em praticamente todos os ambientes. No Brasil, por exemplo, podemos avistar diversos pássaros não só nas matas, mas também em áreas urbanas e jardins. As aves brasileiras apresentam as mais variadas cores e tamanhos, estando entre as mais belas, exóticas e exuberantes aves do mundo.

Num geral, as aves são vertebrados homeotérmicos, ou seja, animais que controlam a temperatura do corpo, e que por isso conseguem se adaptar a vários ambientes.

Contudo, quando falamos em aves, logo lembramos daquelas maiores e bem coloridas, como arara e papagaio. Da família dos Psitacídeos, as araras e papagaios são da ordem dos Psittaciformes, que agrupa famílias de aves que apresentam bico encurvado, adaptados para uma alimentação à base de sementes e frutos de casca fibrosa. Os papagaios são conhecidos também por imitar a voz humana.

Nesse grupo entram também aves como maritacas (chamada de caturrita em alguns estados), calopsitas, periquitos e araras como a arara vermelha, arara canindé e arara azul. Aliás, esta última, ameaçada de extinção pelo tráfico de animais e caça ilegal.

Passarinhos

Outra ordem maior ainda é a Passeriformes. É a maior ordem das aves e representa a maioria das espécies de pássaros conhecidas. São aves geralmente de pequeno a médio porte e que se alimentam de sementes, frutos ou pequenos insetos.

Alguns desses pássaros são as andorinhas, bem-te-vis, uirapurus, tangarás, lavadeiras, sabiás, saíras, canários, dentre outras espécies. É muito comum avistar esses passarinhos no quintal de casa ou jardim.

A região do Cerrado brasileiro é uma das mais ricas em diversidade de aves. Lá é possível encontrar mais de 140 espécies regionais. São aves como a siriema, a coruja-da-igreja, pavãozinho-do-pará e coruja-orelhuda.
Já em regiões como o Pantanal, o grande representante é o tuiuiu, que pode medir até 3 metros de envergadura.

Outra beldade que não poderia ficar fora da lista, é o beija-flor. Este pequenino habita tanto áreas rurais quanto urbanas, onde há jardins e flores ou pomares, onde as pessoas inclusive penduram bebedouros em forma de flor para que ele venha beber água e embelezar o ambiente.

Tucanos também são representantes das aves brasileiras

Seja por suas cores vibrantes e exóticas, seus tamanhos ou seus cantos e melodias, as aves brasileiras devem ser preservadas para que possamos ainda, por muitas gerações, apreciar suas belezas, já que algumas delas só se encontram por aqui.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo