Azeite de oliva tem azeitona como base e é popular no mundo todo

Inicio » Agronegócio » Azeite de oliva tem azeitona como base e é popular no mundo todo
24/08/2020 Por
Azeite de oliva tem azeitona como base e é popular no mundo todo

O azeite de oliva é extraído das azeitonas e é utilizado tanto na culinária quanto em medicamentos. O composto auxilia na regularização dos níveis de colesterol no sangue e é muito apreciado pelo seu sabor.

Os benefícios do azeite de oliva são muitos, e seu funcionamento no organismo ainda é desconhecido pelos consumidores do produto. Ao ingerir uma dose diária de azeite de oliva, o indivíduo pode estar aumentando a sua perspectiva de vida.

Azeite de oliva

O que é azeite de oliva?

Azeite de oliva é um composto presente nas azeitonas que são frutos da oliveira. Esta, por sua vez, é uma planta pertencente à família das oleáceas, justamente pela capacidade de produção de óleo. Nesta família encontram-se classificadas espécies como as árvores jasmim e lilás.

O nome científico de identificação de gênero e espécie é Olea europaea, e possui fenótipo bastante exótico. O óleo extraído de seus frutos possui propriedades nutricionais muito importantes e é muito popular em todas as regiões do mundo.

Este óleo costumava ser utilizado como unguento, na alimentação e até mesmo como combustível. É constituído basicamente por ácidos graxos insaturados, polifenóis, vitaminas e sais minerais, os quais são muito importantes para a dieta alimentar. Os ácidos graxos insaturados presentes no azeite compõem o grupo comumente conhecido por “gorduras boas”.

O que ocorre é que as cadeias de hidrocarbonetos destes ácidos graxos são mais fáceis de serem quebradas e, deste modo, são transformadas em substâncias como o ômega 9, também conhecido por ácido oleico, o qual desempenha papel fundamental para a absorção de vitamina A pelo organismo.

A partir da identificação da origem do azeite de oliva foi possível torná-lo um grande aliado para a saúde.

Composição do azeite

Você conhece as propriedades do azeite de oliva? Vamos entender melhor o que é e qual a composição desse tipo de azeite.

O azeite é composto por gorduras boas, aquelas que são insaturadas e melhor metabolizadas pelas células, além de fornecerem compostos que auxiliam em vários processos metabólicos das células e sua proteção.

  • Os ácidos graxos fornecem compostos como ômega 3, ômega 6 e ômega 9. Estes compostos estão presentes em abundância na carne de alguns peixes. Muitas pessoas, devido à dieta alimentar deficiente, têm carência destes compostos no organismo. De todos, o ômega 3, que também é identificado por ácido oleico, inspirou o filme Óleo de Lorenzo, do diretor e também médico George Miller. Na trama, o óleo de Lorenzo, que seria o próprio azeite, tem propriedades curativas para uma doença rara;
  • Os polifenóis possuem efeitos antioxidantes, prevenindo o câncer e arteriosclerose, diminuindo o risco de AVC e auxiliando para a perda de peso;
  • É fonte de vitamina E e de vitamina K, bem como importante fonte de ferro, cálcio, zinco.

A partir da análise aprofundada e o estudo de seus compostos, é possível inferir os benefícios do azeite de oliva. As calorias do azeite de oliva estão estimadas em 9cal/g a partir de seu consumo.

O consumo diário de azeite de oliva é saudável pois é fonte de gorduras cis insaturadas. Isso significa que é uma gordura melhor processada pelo organismo e, ao invés de acumulada, ela atua para proteção e ação anti-envelhecedora das células. Ele melhora os níveis de LDL (colesterol ruim), reduzindo-os no sangue.

As características do azeite de oliva que o diferem de margarinas, por exemplo, é que estas possuem gorduras trans hidrogenadas (saturadas) e não formam compostos benéficos no organismo, e aumentam os níveis de LDL.

Azeite de oliva

Origem do azeite de oliva

Esse azeite é extraído da oliveira, a qual tem seu caule com aspecto retorcido e porte médio, porém, é uma árvore perenifólia e possui grande longevidade.

Para entender como fazer o azeite de oliva, é importante então identificar quais as 3 qualidades vendidas comercialmente:

  • Azeite extravirgem (menor grau de acidez);
  • Azeite virgem;
  • Refinado.

Essa classificação é quanto ao grau de pureza e processos de refinação. Quanto menor o índice de acidez, melhor, pois menos processos de refino ele sofreu e mais benefícios ele oferece.

Algumas receitas com azeite de oliva incluem saladas, preparo de peixes e substituição de óleos vegetais e gorduras, a fim de incorporar maneiras de como consumir de azeite de oliva diariamente na dieta.

Apesar de ter muitos benefícios para a saúde e sua ação antioxidante auxiliar na eliminação de gorduras corporais, consumir o azeite de oliva em jejum por si só não é eficaz para o emagrecimento. A dieta saudável associada à inserção do azeite no cardápio é fundamental para que se tenha mais qualidade de vida.

O consumo de azeite de oliva engorda quando associado a uma dieta alimentar rica em outras gorduras e carboidratos, sem porção de verduras. Entretanto, ainda assim, o azeite faz bem, pois auxilia na melhora da circulação sanguínea.

Azeite de oliva

Benefícios do azeite de oliva

Há muitos benefícios do produto. Um exemplo á para a hidratação de cabelos e pele. Sim, esse azeite é rico em selênio, um antioxidante natural que atua na proteção de células e redução do envelhecimento. Logo, o consumo de azeite para a pele melhora a elasticidade da epiderme e reduz rugas.

Do mesmo modo, há vantagens do azeite de oliva para o cabelo, visto que suprimento de vitaminas e ácidos graxos auxiliam no fortalecimento e crescimento de raízes. O azeite de oliva para o rosto e cabelo também pode ser utilizado por meio de cosméticos.

A partir da compreensão de para que serve o azeite, bioquímicos trabalham no desenvolvimento de cremes para serem aplicados, trazendo uma série de vantagens para seus utilizadores. Sem dúvidas, esse tipo de azeite se torna cada vez mais popular nesses aspectos.

Considerações finais sobre o azeite

Seja na indústria de cosméticos, na cozinha ou para um estilo de vida mais saudável, é fato que o azeite de oliva é um produto de grande importância econômica. Diante disso, portanto, vale a pena acompanhar todas as tendências que envolvem esse item no mercado. Tanto para quem produz quanto para quem distribui ou consome, trata-se de um item interessante e de grande versatilidade.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo