Bacon é alimento de origem suína bastante popular e saboroso

Inicio » Agronegócio » Bacon é alimento de origem suína bastante popular e saboroso
29/08/2019 Por
Bacon é alimento de origem suína bastante popular e saboroso

Apesar de conter gordura e colesterol, bacon não é tão prejudicial à saúde como se pensa

É inegável a popularidade do bacon para praticamente todos os tipos de paladares. É um alimento que costumam enriquecer de sabores tentadores qualquer tipo de comida. Seu consumo está muito associado a problemas de saúde, principalmente cardiovasculares e de colesterol.

No entanto, seu potencial de danos à saúde é menor que se pensa. Não é a carne mais gordurosa, por exemplo, e é possível manter uma dieta saudável sem excluir o bacon do cardápio.

bacon

O que é bacon?

Bacon é uma gordura subcutânea de origem animal, extraída do porco, salgada e defumada, portanto, curada. É um alimento que adiciona sabor em praticamente qualquer tipo de comida. E os números do mercado brasileiro de alimentos processados à base de carne suína confirmam tal impressão.

Segundo levantamento da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), divulgada em 2015, bacon, presunto, linguiça fresca e defumada somaram um faturamento de R$ 25,6 bilhões.

Essa aparente melhora que confere nos alimentos em que é usado como o tempero especial se explica por conter o sal e a gordura. O primeiro é responsável por realçar o sabor. Já a gordura faz o papel de propagar os sabores ao absorver um pouco de cada elemento.

Não há uma data certa sobre a criação do bacon ou de seu criador. O que se tem certeza é que seu consumo não é algo recente. Há relatos de consumo de bacon na China há mais de 4 mil anos. Também se verifica no Império Romano a degustação desse alimento saboroso.

A teoria mais aceita é de que a descoberta de como se fazer o bacon ocorreu na tentativa de encontrar uma forma de prolongar a vida útil dos alimentos, já que na antiguidade não existiam modos de conservação eficazes como geladeira e freezers.

Bacon faz mal à saúde?

Por muito tempo o bacon foi considerado um vilão por médicos e nutricionistas, sendo apontado como um dos principais causadores de doenças cardíacas e outros males relacionados à obesidade. Ainda hoje, continua sendo para muitas pessoas, mas não é mais unanimidade tal ideia no mundo acadêmico, notadamente o medicinal.

Em primeiro lugar, atribuir única e exclusivamente o consumo de um alimento como o responsável pela degradação da saúde humana é exagerar seu impacto. Se assim fosse, qualquer tipo de comida com gordura não poderia ser consumida. O que mata não é o alimento, não é a gordura, é o comportamento das pessoas, os hábitos alimentares. Em suma: o excesso.

Qualquer nutrição, se consumida na amostra adequada, não oferece riscos de prejudicar a saúde. Entretanto, não se pode dizer o mesmo quanto ao descontrole, o excesso. Os valores nutricionais do bacon indicam exatamente isso.

Analisando duas fatias de bacon cru, vê-se que tem 230 calorias. Número alto, sem dúvida. Porém, ao fritar essas duas fatias, esse número cai para 70 calorias e 2 gramas de gordura saturada. Nota-se, portanto, que o bacon frito não se trata de um alimento dos mais calóricos e gordurosos.

Diante desses números, muitos especialistas e nutricionistas inferem o seguinte: se o bacon for bem frito e escorrido, não causa males à saúde, desde que consumido em porções moderadas, uma vez na semana.

Isto, é claro, se a pessoa já não tiver problemas de saúde relacionados ao consumo de gordura e colesterol alto.  Nesse caso, ainda não se exclui totalmente o consumo de bacon. No entanto, o mesmo deve ficar restrito a uma porção por mês.

bacon

Possíveis substitutos do bacon

Se você for vegano ou não puder realmente se deliciar na quantidade desejada dos sabores dessa carne suculenta, há outras opções para tentar matar a vontade, inclusive o bacon vegano.

Vamos começar por este, então, pois é provável que atice a curiosidade de como é feito. É um tipo baseado no uso de vegetais ou molhos mais saudáveis.

Veja uma das receitas de bacon vegano:

  1. Os ingredientes incluem uma xícara de coco, meia colher de sopa de fumaça líquida, uma colher de sopa de molho shoyu, meia colher de chá de páprica picante e sal a gosto;
  2. Para preparar, basta misturar esses ingredientes e colocar em uma forma untada com óleo de coco. Deixe no forno pré-aquecido a 180ºC por 20 minutos. De cinco em cinco minutos, mexa. Depois, armazene em um pote com tampa.

Outras alternativas ao bacon mais tradicional incluem a escolha do que é extraído de porcos criados livremente, isto é, porcos que não foram submetidos a sistemas industriais. Esses porcos são livres de nitratos por não comerem ração à base de soja e milho. Isso torna suas gorduras com menos concentração de ácidos graxos, os mais prejudiciais à saúde.

Também é uma opção mais saudável os bacons que são preparados no forno a 200Cº por quinze a vinte minutos.

Caso prefira maior praticidade usando a panela ou frigideira, ainda assim existem alternativas mais saudáveis, como fritá-lo sem o uso de óleo.

Por fim, uma alternativa de consumo de bacon mais saudável envolve prepará-lo junto a outro alimento, como o famoso bacon com ovos junto à batata doce. Bacon com alface e tomate, certamente combinação mais corriqueira em sanduíches, também é uma boa pedida.

bacon

Curiosidades sobre o bacon

Veja, a seguir, algumas curiosidades envolvendo esse alimento:

  • Um porco saudável de 100 quilos é capaz produzir até 10 quilos de bacon;
  • Nos EUA, setenta por cento das 900 mil toneladas produzidas por ano são consumidas no café da manhã;
  • Apesar de ser uma carne salgada, o bacon também apresenta traços adocicados em sua composição;
  • Na década de 80, a indústria do bacon enfrentou grave crise, pois era época do auge da má fama do alimento em relação à saúde das pessoas. Várias notícias e relatos de especialistas na área da saúde com teor negativo eram constantes. Foi nesse contexto que a indústria resolveu direcionar o marketing do produto para vendê-lo como uma boa alternativa de tempero de hambúrgueres e saladas. A ideia era mostrar que não era preciso consumi-lo apenas no café da manhã;
  • Foi nesse período que se popularizaram muito os lanches de fast food usando o bacon como ingrediente infalível de suas receitas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo