Braquiária é uma forrageira muito utilizada na criação de animais

Inicio » Agronegócio » Braquiária é uma forrageira muito utilizada na criação de animais
04/06/2019 Por
Braquiária é uma forrageira muito utilizada na criação de animais

A braquiária também pode ser cultivada em sistema de consórcio com outras culturas, como o milho por exemplo

A planta braquiária apresenta alguns pontos positivos no plantio, como capacidade de desenvolvimento e resistência.

Dependendo de onde nasce, a braquiária também pode ser considerada uma planta invasora. Contudo, representa grande importância dentro da criação de animais, principalmente os bovinos.

Braquiária

O que é uma braquiária?

Braquiária é uma espécie de planta forrageira muito utilizada como pastagem na criação de animais em solo brasileiro. Portanto, quando bem cultivada, a vegetação pode contribuir muito para a cria, reprodução e engorda de bovinos.

A espécie pertence ao gênero Brachiaria e, assim, o nome científico de uma das espécies mais conhecidas é a Brachiaria decumbens.

Apesar de ser muito utilizada dentro das fazendas, a planta também pode ser considerada uma espécie invasora, quando se distribui por regiões de mata nativa.

Isso porque a espécie é Nativa da África, então, é vi sta como uma planta exótica em biomas brasileiros.

Curiosidades e características da braquiária

Como visto, a planta pode se tornar uma invasora em determinadas regiões, como o Cerrado, por exemplo. Contudo, apresenta algumas características importantes para o agronegócio.

O gênero possui cerca de cem espécies e são espalhadas por todo o mundo, na Europa, Américas, África e Ásia.

Alimentar o gado é uma das funções principais da planta. Contudo, além disso, ela vem apresentando outras funcionalidades. Em algumas culturas a braquiária é utilizada em sistema de consórcio com outros cultivares, como o milho e o café. Isso porque ela contribui para a estruturação e sanidade do solo.

O plantio da espécie nas entressafras das culturas também proporciona aumento de matéria orgânica no solo, consequentemente, um solo mais agregado. Assim, a terra apresenta mais capacidade de infiltração de água.

Quais as vantagens do capim braquiária?

A plantação do capim braquiária traz alguns pontos positivos para a propriedade. Alguns deles são:

  • Formação rápida
  • Boa cobertura do solo
  • Resistente
  • Tolerante à seca e a formigas
  • Apresenta bom desempenho para os animais
  • Tem rápida brotação
  • Se adapta a solos rasos

Braquiária

E sobre os pontos negativos da braquiária?

Apesar de apresentar vantagens no momento do plantio, a espécie também tem alguns pontos negativos e enfrenta desafios no campo. Conheça alguns deles:

  • Pode ser sensível ao ataque das cigarrinhas
  • Ocorrência de fotossensibilização em animais jovens
  • Pode apresentar touceiras na formação da pastagem
  • É suscetível à erosão
  • Tem menor competição com as plantas invasoras

Dicas para plantar a braquiária

A melhor época do ano para plantar a espécie, assim como outros tipos de pastagem, é entre os meses de novembro a janeiro. Isso porque é o período que chove com maior frequência.

Além disso, o plantio deve ser realizado de modo que as plantas fiquem distribuídas uniformemente sobre o solo.

Outra dica importante é levar em consideração a quantidade de sementes, baseada na área do solo. A taxa de semeadora varia conforme a qualidade da semente e o tipo de capim. Contudo, é necessário aproveitar o máximo possível de área disponível.

As sementes da braquiária devem ser cobertas por terra, logo após sua distribuição. Porém, vale lembrar que terra em muita quantidade sufoca as sementes. Por isso o ideal é que elas estejam de dois a quatro centímetros de profundidade.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo