Brócolis é um dos vegetais mais nutritivos e consumidos do Brasil

Inicio » Agricultura » Brócolis é um dos vegetais mais nutritivos e consumidos do Brasil
10/09/2019 Por
Brócolis é um dos vegetais mais nutritivos e consumidos do Brasil

Brasil é o líder sul-americano na produção de brócolis

O brócolis é uma escolha nutritiva para qualquer receita e refeição. Afinal, tanto os talos quanto as flores são repletos de componentes benéficos. Em linhas gerais, o vegetal é rico em folato e vitaminas C e K, além de fornecer fibras, vitamina A e potássio.

De fato, o brócolis está relacionado à redução no risco de muitos tipos de câncer, além de doenças cardíacas e derrames.

Brócolis

O que é brócolis?

Brócolis é um vegetal nativo do Mediterrâneo. O vegetal foi projetado a partir de um primo do repolho, por intermédio dos etruscos. Os etruscos foram uma civilização italiana antiga que habitava o local onde fica hoje a Toscana. A civilização etrusca ficou conhecida por sua genialidade e inovação no assunto horticultura.

O nome “brócolis” é derivado da língua italiana, onde significa “crista da flor do repolho”. A palavra vem do latim braquium, onde significa broto ou galho. De fato, desde a época do Império Romano, o vegetal vem sendo considerado um dos alimentos mais valiosos para os italianos.

O vegetal ficou conhecido como “aspargo italiano” ao ser apresentado à Inglaterra pela primeira vez, durante o século XVIII.

Como preparar brócolis

Você sabe como preparar brócolis? Embora pareça simples, o vegetal exija alguns cuidados especiais. Por exemplo, quando o brócolis é embebido em água, ele perde vitaminas e minerais. Para manter os nutrientes, prefira lavar (ao invés de deixar de molho) e cozinhar por pouquíssimo tempo com o mínimo de água.

Antes de usar, enxágue e drene brevemente os brócolis em água fria. Mesmo se você estiver usando o vegetal pré ensacado e pré lavado, ainda é indicado enxaguá-lo. Apare os talos e corte em tamanhos iguais. Quando todas as peças tiverem o mesmo tamanho, cozinharão uniformemente.

Para obter o máximo de nutrientes e manter a cor verde brilhante, prefira consumir o vegetal in natura ou levemente cozido em uma quantidade muito pequena de água não fervida.

Como cozinhar o brócolis

Em suma, cozinhe o vegetal no vapor por oito a quinze minutos ou até que os caules possam ser perfuradas com um garfo. Contudo, se preferir usar o micro-ondas, cubra com ½ xícara (125 ml) de água e cozinhe por oito a dez minutos em temperatura alta, ou até que os caules possam ser perfurados com um garfo.

Brócolis

Receitas com brócolis

Sem dúvida, existem muitas receitas com brócolis deliciosas disponíveis em livros e sites especializados. Algumas das mais apreciadas e práticas são o brócolis refogado e o brócolis gratinado, cujas receitas você aprende a seguir.

Brócolis refogado

Ingredientes:

  • 2 brócolis grandes, de preferência orgânicos;
  • 3-4 dentes de alho;
  • Azeite;
  • Sal e pimenta;
  • 2 xícaras de caldo de galinha.

Modo de preparo:

  1. Primeiramente, corte o pedúnculo inferior dos brócolis e pique em floretes de tamanho uniforme, com cerca de 1,5 cm de diâmetro e 3-4 cm de comprimento;
  2. Descasque os alhos e corte cada dente em picadinhos. Reserve;
  3. Pré-aqueça uma frigideira grande em fogo médio e adicione uma quantia generosa de azeite;
  4. Em seguida, adicione o vegetal e refogue por dois a três minutos;
  5. Tempere generosamente com sal e pimenta;
  6. Adicione o alho ao brócolis e continue refogando por 1-2 minutos ou até sentir o cheiro do alho. NÃO deixe queimar;
  7. Adicione o caldo e cubra com uma tampa hermética. Deixe cozinhar por dez a doze minutos;
  8. Prove, verifique se há cozimento e, se necessário, retempere;
  9. Sirva quente ou espere esfriar.

Brócolis gratinado

Ingredientes:

  • 1 brócolis grande separado em floretes;
  • 6 colheres de sopa de manteiga;
  • ½ xícara de farinha de trigo;
  • 1 ½ xícara de leite;
  • 1 ½ xícara de queijo cheddar ralado;
  • ½ colher de chá de sal;
  • ½ colher de chá de pimenta do reino;
  • 1 pitada de alho em pó;
  • 1 pitada de cebola em pó;
  • 2 fatias de pão dormido.

Modo de preparo:

  1. Primeiramente, pré-aqueça o forno a 175°C (350°F);
  2. Coloque uma panela no fogo e adicione um pouco de água. Deixe a água ferver;
  3. Adicione o vegetal, tampe e cozinhe por três a cinco minutos ou até ficar macio;
  4. Derreta cinco colheres de sopa de manteiga em uma panela de fogo médio-baixo;
  5. Em seguida, adicione a farinha, mexendo sempre;
  6. Despeje o leite lentamente e continue a mexer;
  7. Retire do fogo;
  8. Misture o queijo cheddar com sal, pimenta, alho em pó e cebola em pó;
  9. Escorra o brócolis e coloque em uma caçarola. Despeje o molho de queijo por cima;
  10. Asse no forno pré-aquecido por cerca de quinze minutos;
  11. Enquanto isso, despedace o pão em migalhas. Refogue em uma frigideira com a colher de sopa de manteiga restante até dourar;
  12. Espalhe migalhas de pão sobre os brócolis e continue assando até dourar, por cerca de cinco minutos adicionais;
  13. Sirva quente.

Brócolis

Como cultivar brócolis

Brócolis é uma colheita de estação fria e seu cultivo deve seguir essas três dicas:

  • Comece a cultivar o brócolis no final do verão para acarretar uma colheita no final do outono ou no início do inverno. Em regiões de inverno ameno, é recomendado plantar no outono para colher no inverno;
  • Transplante mudas de brócolis para o plantio com cerca de quatro a seis semanas de idade;
  • Os brócolis alcançarão a colheita entre 55 e 85 dias quando cultivados a partir de transplantes e 70 a 100 dias quando cultivados a partir de sementes.

Produção brasileira

Sem dúvida, as diversas maneiras de preparo, além dos inúmeros benefícios à saúde, ajudaram a popularizar o vegetal. Nos últimos trinta anos, o consumo do vegetal triplicou. Atualmente, o Brasil lidera a produção de brócolis, contudo, o seu consumo deve ser mais promovido.

De fato, o consumo de vegetal cresce a cada ano na América do Sul. O Brasil ocupa o pódio como o maior produtor, somando, assim, cerca de 48% do total. Isso significa 290 mil toneladas anuais e um retorno de R$ 1,2 bilhão por ano.

Logo atrás, vem a produção do Equador, que garante 23% do total. O Peru, por sua vez, retém 9%, enquanto Chile e Argentina garantem 7% da produção sul-americana do vegetal.

Sem dúvida, o consumo significativo o vegetal em território italiano se deve às inúmeras variedades existentes de brócolis, sejam eles cultivados ou selvagens. Essa noção fornece um panorama otimista para o Brasil. Afinal, significa que quanto maior a produção brasileira de brócolis, maior será seu consumo, gerando assim mais mercado.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo