Camada de ozônio é importante para o futuro da terra

Inicio » Meio Ambiente » Camada de ozônio é importante para o futuro da terra
20/03/2019 Por
Camada de ozônio é importante para o futuro da terra

A camada de ozônio é responsável por proteger a terra de raios ultravioletas

A camada de ozônio é um dos elementos mais importantes para a proteção do planeta Terra. Visto que, ela serve como uma espécie de escudo que protege todos os seres vivos.

Dessa forma, a camada de ozônio tornou-se para a ciência um dos assuntos mais discutidos. Já que a sua preservação necessita de ajuda coletiva.

Terra sendo envolvida pela camada de ozônio

O que é camada de ozônio?

A camada de ozônio é uma pequena camada de gás que envolve toda a terra. Sua finalidade é a de bloquear todos os raios ultravioletas e impedi-los de passarem para a superfície do globo.

Os raios ultravioletas são capazes de interferir bruscamente na saúde do universo, pois eles contém alta densidade de calor. Assim, a não existência da camada faria com que todos os seres vivos tivessem contato direto com a luz solar, o o que acarretaria na morte deles.

Essa substância que compõe a estratosfera, é composta da química e é chamada de o3 (ozônio). Em seu estágio inicial, ela é feita por moléculas, ou seja, átomos. Após o contato com os raios e a sua elevação de calor, os átomos tornam-se gases. Desse modo, envolve toda a terra, virando a camada de ozônio.

Camada de ozônio e efeito estufa

Os gases de efeito estufa são importantes para o equilíbrio do planeta Terra. Assim como a camada de ozônio, esses gases criam uma camada que permitem a passagem adequada de calor, de maneira que as temperaturas sejam controladas.

Hoje, a propensão de frio que paira sobre a terra é maior do que a de calor. Por isso, é de suma importância o gás de efeito estufa. Pois, sem ele, muito provavelmente a Terra seria tomada por uma enorme onda de frio, tornando incapaz a sobrevivência no planeta.

Não se sabe a origem desses gases, apenas que sua formação vem de origem natural e o seu desenvolvimento depende, exclusivamente, de quem habita a terra. Entretanto, atualmente, com as altas produções industriais, a produção dos gases trouxe um problema preocupante: o aquecimento global.

A degradação do meio ambiente faz com que mais gases sejam produzidos, desse modo, fazendo com que o equilíbrio dê espaço para a alta retenção de calor. Isso faz com que a temperatura de determinadas regiões aumente, o que influencia diretamente no ecossistema.

Camada de ozônio e aquecimento global

O aquecimento global está diretamente relacionado a vida humana. Gases emitidos por grandes indústrias e o desmatamentos são dois dos principais responsáveis pelo aquecimento global.

Por definição, o aquecimento global é o aumento de temperatura de toda a terra, causado pela liberação de gases que prejudicam o efeito estufa e, por consequência, a camada de ozônio. Assim, ambientes como o polo norte podem ser afetados diretamente por conta dessa alteração.

Atualmente, grandes organizações – como a ONU – têm tomado medidas para reeducar indústrias e conscientizá-las a não prejudicar a saúde da terra, para que ela sobreviva por outros milhões de anos.

A medida de reeducação é delicada e extremamente difícil, pois precisa que métodos já criados e que degradam a terra sejam abolidos ou mudados por componentes não agressivos. Portanto, necessita de inovações.

Terra sendo amassada por falta da camada de ozônio

Buraco na camada de ozônio

A agressão a camada de ozônio forma o famoso buraco, como é intitulado. Entretanto, é necessário entender que não é o que acontece. Na verdade, o que ocorre com a camada é que ela se torna mais superficial com a sua degradação. Dessa maneira, trazendo problemas a longo prazo.

Pensar na gravidade desse problema é pensar nas gerações futuras, pois são elas as que mais sofrerão com os problemas causados pela falta de cuidados com a Terra. A camada de ozônio é uma só. A mesma que envolve o Brasil é a que também envolve a França. Por isso, para mantê-la intacta é necessário uma comoção mundial.

A camada de ozônio se regenera?

A ciência conseguiu um marco histórico durante o ano de 2016. Segundo as Nações Unidas e da Organização Meteorológica Mundial – OMM, a camada de ozônio têm possibilidade de regeneração, e é o que está acontecendo.

Durante anos, a ciência tentou entender se existia a possibilidade de regeneração ou de apenas manter os gases na situação em que estavam. A comprovação positiva é importante, pois mostra que todos os setores estão caminhando juntos para salvar a terra de uma catástrofe ambiental.

Na pecuária, a camada de ozônio interfere diretamente, por isso é necessário o cuidado. Certos animais não tem resistência ao calor ou frio extremo. Sendo, assim, necessário o equilíbrio do ambiente.

Hoje, muitos pecuaristas utilizam ar-condicionado em ambientes fechados, justamente para manter a saúde dos animais de forma correta. Qualquer coisa que interfira no bem-estar do animal altera a qualidade de suas produções. Assim, podendo acarretar problemas lucrativos.

O uso de agroquímicos prejudicam a terra. Todavia, existem opções biodegradáveis que, além de ajudar na saúde humana, também fazem a proteção da camada de ozônio. Biofertilizantes, por exemplo, têm sido utilizados no lugar das composições tradicionais, evitando prejuízos diversos para o globo.

Como evitar danos a camada de ozônio?

Entre os modos de evitar a degradação da camada de ozônio, podemos citar:

  1. Fim do desmatamento: O desmatamento é responsável por prejudicar a saúde do meio ambiente e atrapalhar todo o ecossistema. Um dos modelos de remover árvores são as queimadas. Toxinas soltas por elas vão para o céu e atacam a camada de ozônio. Evitar este tipo de atividade traria um ganho considerável a saúde do universo.
  2. Conscientização industrial: Empresas fabricam inúmeros tipos de produtos importantes para a vida humana. Entretanto, o despache das fumaças ao céu provocam a destruição da camada de ozônio.
  3. Uso de produtos biodegradáveis: Hoje, grandes agências de saúde recomendam o uso de produtos biodegradáveis. O combustível fóssil, por exemplo, é responsável por prejudicar a vida na terra.

Em suma, a camada de ozônio é importante para a vida de todos os seres vivos. Além disso, a continuidade das gerações depende diretamente dela. Caso não haja cuidado, a situação do ambiente terrestre será totalmente diferente do que é visto nos dias de hoje.

Agro20 | Portal Vida No Campo