Carnaúba tem grande utilização e importância na economia nordestina

Inicio » Agricultura » Carnaúba tem grande utilização e importância na economia nordestina
18/02/2019 Por
Carnaúba tem grande utilização e importância na economia nordestina

A importância e a utilização da carnaúba no mercado brasileiro

Importante para a economia e cultura de muitas regiões do nordeste brasileiro, a carnaúba possui muitos benefícios além de ser uma das fontes de renda para a população.

A carnaúba, além de ser utilizada no paisagismo e arborização de algumas cidades, possui muitas utilidades na confecção de diversos produtos, atraindo a atenção de turistas e moradores locais.

Carnaúba: utilidades das folhas e das palhas da palmeira

O que é carnaúba?

Carnaúba – ou carnaubeira – é uma espécie de palmeira da família Arecaceae, nativa das regiões semiáridas do nordeste brasileiro (Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte). Ela é conhecida como “árvore da vida”, símbolo do Ceará e está estampada na bandeira do Estado. Além disso possui inúmeras utilidades, devido a grande possibilidade de aproveitamento dos frutos, raízes, madeiras e palhas para a confecção de diversos produtos da carnaúba.

Uma das curiosidades sobre a árvore é o fato do seu nome ser derivado do Tupi e significar “árvore que arranha”. Suas principais características são:

  • Tronco com diâmetro de 15 a 25 centímetros;
  • Folhas em forma de leque que podem chegar até 1 metro comprimento;
  • Propícia a solos altamente úmidos e arenosos;
  • Alta salinidade;
  • Encontrada principalmente em margens e vales de rios.

Para que serve a carnaúba?

A palmeira tem infinitas utilidades. Alguns exemplos são:

  • Na arquitetura: suas palhas são utilizadas no recobrimento de casas e seus caules usados em enforquilhamentos;
  • Em artesanatos: a palha da carnaúba é usada na confecção de bolsas, rendas, caixas, chapéus e cestas. Além disso, carnaúba e babaçu (outro tipo de palmeira) tem chamado atenção dos turistas devido este meio de utilização, resultando em uma fonte importante para a renda e economia da região;
  • Na pecuária: suas palhas são utilizadas para alimentar os animais.
  • Na agricultura: suas folhas e palhas são usadas na produção de adubos para o solo. Além disso, mantém a fertilidade e a produtividade das plantações.
  • Uso medicinal: suas raízes são usadas como diuréticos e suas folhas como chá energético, por exemplo.

Além disso, os frutos, o tronco, as amêndoas, as fibras e as folhas são usadas para diversos fins. A carnaúba é utilizada na construção de casas justamente pelo fato de suas madeiras serem fortes, pesadas, resistentes e com alta durabilidade.

A cera de carnaúba, por exemplo, é popularmente conhecida e feita a partir da retirada do pó de suas folhas. O Brasil é o único país exportador desta cera, que é utilizada na fabricação de cosméticos, cápsulas de remédios, chips, vernizes, sabonetes, lubrificantes, etc. Além disso, a cera também é usada na produção do álcool alifático, eficiente na horticultura e em plantios.

Utilização na agricultura

Carnaúba: árvore usada em paisagismo

A utilização da carnaúba na agricultura auxilia principalmente a produtividade e propriedades do solo. As principais importâncias do seu uso são:

  • Favorece a produtividade;
  • Preserva a umidade, a fertilidade e a variação de temperatura do solo;
  • Protege o solo contra a erosão da chuva;
  • Favorece o armazenamento de água;
  • Contém a desenvolvimento de ervas daninhas;
  • Diminui os custos altos do manejo.

Portanto, para que sua preservação seja precisa e eficiente, a carnaúba depende do solo, da fauna e dos mananciais da região em que se encontra. Assim, faz-se necessário um cuidado redobrado, analisando as condições e características dos locais em que estão presentes, para que não ocorra, principalmente, a dessecação das raízes, mantendo o crescimento e desenvolvimento delas.

Agro20 | Portal Vida No Campo