Castanha é oleaginosa que destaca diferentes tipos e potentes benefícios

Inicio » Agricultura » Castanha é oleaginosa que destaca diferentes tipos e potentes benefícios
18/04/2019 Por
Castanha é oleaginosa que destaca diferentes tipos e potentes benefícios

Consumo regular da castanha traz uma série de benefícios para o organismo

A castanha é um fruto popular e que pode ser proveniente de diferentes localidades do mundo. Conhecida por suas diferentes versões, ela se tornou ainda mais popular em função dos muitos benefícios que oferece para a saúde dos que a consomem; sendo, inclusive, bastante indicada por nutricionistas em dietas que visam tanto o emagrecimento como o fortalecimento do organismo.

Além disso, a castanha também pode ser utilizada como uma importante auxiliar na prevenção de doenças ligadas ao sistema neurológico; já que o seu consumo ajuda a proteger o cérebro de radicais livres (que podem causar danos às células sadias do corpo) e prevenir diferentes doenças neurodegenerativas.

Castanha antes de ser aberta para consumo

O que é castanha?

Castanha é um tipo de fruto da classe de oleaginosas proveniente da castanheira. Embora seja mais conhecida pelos tipos que levam o seu nome (como a sua versão de caju, por exemplo), a palavra castanha também é comumente usada para descrever outros frutos oleaginosos; como amêndoas, nozes e avelã.

Presente na civilização ocidental há mais de 100 mil anos, a castanha teve origem nas regiões do Cáucaso, dos Balcãs e da Ásia Menor, de acordo com historiadores. No entanto, a castanha do Pará (também conhecida como Brazil Nut em diferentes partes do mundo) teve origem em terras brasileiras; mais precisamente na região da Floresta Amazônica.

Por conta da grande busca por alimentos saudáveis e cujo consumo agregue na qualidade de vida, a oleaginosa passou a ter destaque, tornando-se um alimentos que figura entre os mais procurados. Por isso, hoje é bastante comum encontrar porções de mix de castanhas já prontas e embaladas nos supermercados; facilitando a vida do consumidor que busca uma dieta saudável e equilibrada no dia a dia.

Benefícios da castanha

O consumo de castanhas pode trazer muitos benefícios para a saúde e, de acordo com médicos especialistas, o consumo diário desse tipo de oleaginosa pode, inclusive, ajudar o fortalecimento da imunidade; protegendo o corpo de doenças comuns e frequentes como gripes e resfriados, por exemplo.

No entanto, a inclusão das castanhas na dieta alimentar pode trazer benefícios que vão muito além da simples prevenção de gripes. Entre os principais benefícios das castanhas para a saúde, podemos citar:

  • Previne problemas na tireoide
    O consumo da oleaginosa ajuda a melhorar e eliminar problemas como os do hipotiroidismo e do hipertireoidismo, já que é um alimentos rico em nutrientes como o ferro e o zinco; que ajudam a equilibrar os hormônios que provocam a doença.
  • Ajuda a prevenir doenças relacionadas ao cérebro
    Os níveis de ômega 9 presentes nas castanhas ajudam no funcionamento do cérebro e do raciocínio lógico, contribuindo para evitar o surgimento de doenças relacionadas ao sistema neurológico.
  • Contribui para a prevenção de cardiopatias
    Por contar com elementos antioxidantes e ser rica em gorduras insaturadas, a castanha é capaz de diminuir os níveis de colesterol ruim (LDL) e aumentar os do colesterol considerado bom (HDL). Dessa forma, o consumo regular do fruto ajuda a impedir que se desenvolvam complicações relacionadas à saúde do coração.

Castanha

Em contrapartida, vale lembrar que, mesmo tendo muitos benefícios, o consumo excessivo o alimento pode ser perigoso para a saúde. E isso é verdade, especialmente, quando falamos sobre a castanha do Pará; levando em conta o fato de que o alimento é rico em selênio – nutriente que, consumido em excesso, pode provocar intoxicações.

Por isso, a melhor pedida é o consumo frequente e em porções moderadas do alimento, sendo que o ideal é que a sua ingestão seja feita in natura; para que todos os seus nutrientes, consequentemente, benefícios, possam ser absorvidos pelo corpo.

Tipos de castanha

Conforme citado anteriormente, há uma série de frutos que são comumente chamados de castanhas; englobando um grupo grande de oleaginosas que destacam diferentes benefícios para a saúde quando consumidos de forma regular. Entre os principais tipos de castanhas comercializados e consumidos no Brasil, podemos citar:

  • Castanha de caju

A castanha de caju não precisa ser consumida em grandes quantidades para que se aproveite os seus benefícios. Assim, cerca de cinco unidades do alimento já são suficientes para que os seus nutrientes contribuam para o funcionamento do organismo.

Além de contribuir para a prevenção de cardiopatias e fortalecer o sistema imunológico, essa castanha também ajuda a prevenir o câncer e até da diabetes; pois ajuda a regular os níveis de triglicérides.

O fortalecimento dos ossos, dos fios de cabelo e dos músculos também são benefícios do consumo do alimento; assim como a manutenção da saúde dos olhos, o controle da pressão arterial e dos sintomas da TPM e da menopausa.

Castanha do Pará aberta e pronta para consumo

  • Castanha do Pará

Originária da região da Amazônia, a castanha do Brasil é recomendada para a prevenção de doenças graves relacionadas às funções cognitivas, como o Alzheimer, por exemplo.

O consumo de apenas uma unidade do alimento já é o suficiente para que os seus benefícios possam ser sentidos; e a sua ingestão exagerada  é considerada perigosa em função da grande concentração de selênio nas suas propriedades.

Além de contar com benefícios para a saúde do cérebro, a castanha do Pará também contribui para o equilíbrio dos níveis de colesterol; agindo na prevenção de problemas no coração.

  • Castanha de baru

O fruto do barueiro tem uma concentração enorme de proteínas, sendo um ótimo aliado no combate à anemia. Além dos benefícios comuns à outros tipos de castanha (como o equilíbrio dos níveis de colesterol e da ação antioxidante); essa castanha também destaca um alto poder cicatrizante e hidratante.

O fortalecimento da imunidade também á ajudado pelo alimento, assim como os níveis de fertilidade masculina e feminina; fato que deu ao fruto o apelido de Viagra do Cerrado.

Além disso, a queima de gordura localizada é outra vantagem que se tem pelo consumo da castanha de baru. Sem contar que o seu óleo ajuda no alívio de dores provocadas por problemas como o reumatismo; já que atua na manutenção dos ossos e da musculatura.

  • Avelã

Além dos benefícios para o controle dos níveis de colesterol e da prevenção de doenças do coração; o consumo regular da avelã também pode ajudar contra a osteoporose e até na melhora da saúde dos dentes.

  • Nozes

Rica em nutrientes dos mais variados – incluindo vitamina C, zinco, ômega 3, ômega 6, potássio, vitamina E, selênio e arginina – a noz é outra oleaginosa cheia de benefícios para a saúde.

A prevenção do câncer é uma das vantagens do seu consumo regular, assim como o equilíbrio dos níveis de colesterol; que também ajudam na evitar o desenvolvimento de doenças do coração.

A produção de glóbulos vermelhos e o alívio dos problemas relacionados à menopausa também são incentivados pela ingestão de nozes; sem contar que os dentes e os ossos do corpo também são fortalecidos pelo alimento.

  • Amêndoas

O fortalecimento da imunidade, a cicatrização, a conservação da pele e o controle do colesterol estão entre os destaques dos benefícios da amêndoa.

Isso porque o fruto reúne diferentes e potentes nutrientes em suas propriedades; tais como zinco, vitamina E, proteínas, cobre, magnésio, fibras e gorduras monoinsaturadas, entre outros.

Castanha

  • Pistache

As substâncias antioxidantes presentes no pistache são potentes aliadas para evitar o envelhecimento precoce. Além disso, contribuem para a manutenção da saúde do coração; assim como para a prevenção do entupimento de suas veias e vasos.

  • Amendoim

Além dos benefícios oferecidos pela concentração de antioxidantes que possui, o amendoim é uma fonte potente de nutrientes; sendo tanto indicado para quem busca uma vida saudável como para quem prioriza uma dieta balanceada.

Além disso, o ácido fólico – que também faz parte das propriedades dessa castanha – é importante para a produção de neurotransmissores; contribuindo para a saúde do cérebro e a manutenção do raciocínio lógico.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo