Chiqueiro: popular no Brasil, é o local onde os porcos ficam localizados

Inicio » Pecuária » Chiqueiro: popular no Brasil, é o local onde os porcos ficam localizados
22/02/2019 Por
Chiqueiro: popular no Brasil, é o local onde os porcos ficam localizados

Chiqueiro é uma alternativa para o desenvolvimento dos animais até o momento do abate

O chiqueiro é popular no Brasil, pois é o lugar onde os porcos ficam confinados para futuramente serem abatidos e comercializados para o mercado  interno ou externo.

Porém, no chiqueiro, a atenção com a vida dos suínos deve ser grande, pois a chance de propagação de bactérias é grande. Com isso, os porcos podem ser infectados por fortes doenças, chegando a morte.

Porco no chiqueiro

O que é um chiqueiro?

Chiqueiro, ou pocilga,  é o local onde os porcos ficam localizados na fazenda. Além disso, outra característica do ambiente é a quantidade de lama para que o suíno faça  uma espécie de banho para a eliminação de pragas e o controle de sua temperatura corporal.

O trabalho de construção do espaço deve ser escolhido de forma em que o animal tenha espaço suficiente para transitar tranquilamente. A altura do teto também é importante para que a circulação de ar seja grande, evitando o excesso de calor.

Toda a qualidade do local e cuidado no manejo de suínos está relacionado com o desenvolvimento da sua carne. Pois a forma como o animal é criado pode influenciar diretamente na qualidade da carne do suíno que irá ao abate.

Por isso, para ter um chiqueiro onde o suíno se desenvolva da maneira correta e atinja a sua qualidade esperada, é importante seguir alguns passos, como:

  • Alimentação: A alimentação do animal é de suma importância desde quando ele nasce. Pois isso afeta diretamente a fibra da carne e as suas outras propriedades.
  • Aguá: Acesso e água potável é uma das partes mais importantes para o desenvolvimento do animal. O produtor, por sua vez, deve dar autonomia aos suínos. Dessa forma colocando as torneiras de uma altura fácil para os animais beberem água quando estiverem com vontade.
  • Segurança: As vezes, pela quantidade de animal na pocilga, é normal que alguma lesão ocorra, porém não pode ser frequente. As madeiras e ferros devem ser postos de maneira que o animal não tenha acesso.
  • Temperatura: Porcos são extremamente sensíveis a grandes temperaturas. Por isso é necessário atenção concentrada na temperatura do ambiente em que estão localizados.
  • Descanso: Para um porco, além da lama, é necessário que o animal tenha um lugar seco e limpo para descanso.

Chiqueiro de suínos

Doenças no chiqueiro de porco

No setor da agropecuária é muito comum acontecer de bactérias atingirem animais. E no manejo de porcos isso não poderia ser diferente. O chiqueiro se não cuidado da maneira correta pode atrair doenças difíceis de serem erradicadas, como:

  • Pneumonia: É uma doença extremamente perigosa para a qualidade de vida dos suínos. O vírus pode atacar diretamente o sistema imunológico do animal. Como prevenção a doença, agricultores contratam equipes especializadas em vacinas para aplicar no animal assim que nascem.
  • Peste suína: Outra doença que pode ser prevenida com vacina. O vírus ataca o suíno de maneira tão forte que acaba com a sua saúde em poucos dias, o tornando um animal fraco e que não tem perspectiva de recuperação.
  • Febre aftosa: Esse vírus pode ser a porta de entrada para o fim da fazenda, pois quando propagado pode chegar a atingir outros animais, como os bovinos.

Por fim, o chiqueiro é uma ótima alternativa para o trabalho de desenvolvimento dos suínos. O cuidado com o controle com a saúde do animal é indispensável, pois além de manter a saúde do animal em evidência para futuros comércios, evita que doenças apareçam e acabe com a rentabilidade da fazenda.

Agro20 | Portal Vida No Campo