Cochonilha tem diferentes significados e atinge plantações

Inicio » Meio Ambiente » Cochonilha tem diferentes significados e atinge plantações
02/04/2019 Por
Cochonilha tem diferentes significados e atinge plantações

A cochonilha está presente no mundo da agricultura e pode acarretar prejuízos para o produtor

Relativamente comuns no mundo da agricultura, as cochonilhas são insetos que podem gerar prejuízo para o produtor. O mais frequente caso de aparição de cochonilha são as que se instalam próximas aos caules das plantas. Este tipo de organismo é comum em plantações que não apresentam grande incidência de sol.

A cochonilha é um termo que abrange diversos significados como, por exemplo, a praga de jardim e o corante de alguns alimentos, entre outros. No entanto, comumente seu significado esteja relacionado com o inseto desse nome e danos que causa nos jardins.

presença de cochonilha no caule de plantas

O que é cochonilha?

A cochonilha é um termo que se refere a diversos elementos, tais como corante para tintura, ingrediente para cosméticos, suplemento alimentício e, o mais comum: inseto em plantações. O inseto conhecido como cochonilha pode medir de 3 até 5 milímetros. Quando está presente nas plantações, o aparecimento de pontinhos brancos nos alimentos é um dos principais sinais de indicação disso. Este animal, geralmente, fica localizado próximo ao caule das plantas e sua aparência se assemelha com um algodão -sendo chamado de cochonilha de raiz.

Este inseto faz parte da ordem hemiptera, ou seja, é um animal de família próxima à cigarra e ao pulgão. Quando há alta incidência do inseto nas plantações, o produtor se utiliza de pesticidas para afasta-lo. Contudo, esta ação faz com o que o instinto de defesa do animal produza o ácido carmínico. Este produto da cochonilha é retirado de ovos e de seu próprio corpo. O líquido liberado pelo ácido é utilizado como corante para alimentos.

Alguns tipos de cochonilhas – quando ligadas ao termo praga de jardim – possuem uma casca dura. Esta característica física do inseto faz com o que o pesticida não seja devidamente absorvido. Deste modo, uma maneira eficaz de tratar o problema é utilizar soluções à base de óleo vegetal, como o óleo de coco. Este método a partir de óleos facilita na remoção do inseto por apresentar caráter adstringente.

Cochonilha branca

A cochonilha branca é a mais comum da espécie. Este inseto está presente tanto em jardins como em grandes plantações. A principal atividade desta praga é sugar os nutrientes da planta e roubar a seiva bruta. As cochonilhas podem ser encontradas, geralmente, na parte de baixo das folhas e de seus brotos.

Esta praga de jardim produz uma substância pegajosa. Este fenômeno faz com o que as folham apresentem uma aparência de enceramento, ou seja, uma espécie de cera em sua cobertura. Outra característica da substância que a folha produz é a de atrair formigas doceiras.

Existem dois métodos principais de identificar cochonilhas nas plantações. O primeiro é a partir da manifestação de pontos brancos e o outro é pela má saúde da planta, pois uma das consequências da presença deste inseto é a retirada de nutrientes dela. Esta ação faz com o que as plantas murchem com facilidade e apresentem manchas por toda a folha. Caso estas características não sejam tratadas e a cochonilha permanecer no plantio, ela pode danificar toda a plantação.

Cochonilha preta

Estes insetos, assim como os de coloração branca, são pequenos. Entretanto, o estrago que podem fazer na plantação é muito grande. Os danos que a cochonilha preta podem causar diversos prejuízos ao produtor, pois adoecem a plantação retirando todos os nutrientes necessários para um crescimento saudável.

Dentre os principais danos, podemos citar o fato de que quase toda a seiva bruta é sugada pela praga, ou seja, retiram proteínas essenciais na fase de desenvolvimento. Além disso, assim como a cochonilha branca, a cochonilha preta também é capaz de produzir um líquido pegajoso que facilita a proliferação de formigas. Este fenômeno é prejudicial para a planta, pois impede que sua fotossíntese seja realizada.

É possível identificar estes organismos por meio de sua coloração. Ao identificar pequenos pontos pretos nas folhas, é recomendável tratar o problema. Como forma de controlar a incidência desta praga, podem ser feito tratamentos a partir de óleos vegetais. Este método é responsável por uma limpeza na planta e também por devolver alguns de seus nutrientes.

Como evitar a cochonilha

A cochonilha é facilmente tratada de forma adequada quando percebida no tempo certo. Para que isto aconteça, é recomendável a atenção do agricultor ou jardineiro. Com isso, pode ser feita a fiscalização das plantas com intuito de certificar caso haja a incidência de algum tipo de praga ou irregularidade no plantio. Deste modo, é mais fácil iniciar um tratamento uma que identificado desde o início. O lugar em que estas pragas se instalam com maior facilidade é no verso das plantas, próximas ao caule.

Uma forma simples e barata de eliminar a cochonilha é utilizar álcool. Pode ser feito um tratamento a partir de algodão e álcool nas áreas mais afetadas da planta, é possível que se elimine a praga com eficiência. Outra forma de realizar a prevenção dessa praga é ao mover sua plantação para um local com maior incidência de pontos de luz e seja fresco. Essas ações facilitam para que a planta respire melhor e não esteja vulnerável a cochonilha e demais doenças.

Cochonilha

Outro método muito efetivo para casos mais extremos de infecção das plantas é realizado ao separa-las. Fazer uma distinção de acordo com a saúde de cada uma faz com que não uma não transmita a praga para a outra. Em outras palavras, tirar as mais afetadas da plantação pode fazer com que a doença não se espalhe por toda a plantação; dessa forma, evitando prejuízos maiores.

Corante de cochonilha

O corante de cochonilha é bastante conhecido pela sua coloração avermelhada. Este produto é utilizado pela indústria cosmética, alimentícia e até mesmo no ramo do vestuário. Podemos encontrar este corante em bolachas, biscoitos e geleias, assim como nos medicamentos. Apesar de sua utilização ser bastante conhecida pela indústria atual, seu uso é feito desde a antiguidade. Povos como os astecas e maias já conheciam o poder do corante e os chamavam de”grana fina”. Sua maior época de crescimento na indústria foi no período da colonização mexicana, no México.

Um fato interessante que envolve o produto feito pelas cochonilhas são as discussões acerca dele. A organização de Defesa dos Direitos dos Animais, assim como as pessoas ditas como veganas, discutem sobre o consumo deste corante. Este assunto é discutido, pois para que se obtenha o produto é necessário que os animais morram. Por este motivo, é comum que pessoas adeptas do veganismo proponham debates a fim de não utilizar os produtos que compõem este corante.

A presença da cochonilha nas plantações pode causar danos agressivos ao plantio. Por isso, estas pragas de jardim devem ser tratadas logo quando identificadas. A utilização de métodos preventivos e práticas que permitam a limpeza das plantas é indispensável para garantir a saúde delas.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo