Compostagem é eficiente e importante para os agricultores do Brasil

Inicio » Agricultura » Compostagem é eficiente e importante para os agricultores do Brasil
21/03/2019 Por
Compostagem é eficiente e importante para os agricultores do Brasil

O uso da compostagem é de suma importância para o meio ambiente, além de ajudar no crescimento do país

A compostagem é um dos processo mais importantes para o meio ambiente; visto que o trabalho está diretamente relacionado a transformar matéria orgânica em adubo. Assim, ajuda na eficiência da produção agrícola, ao mesmo tempo em que contribui para evitar desgastes maiores ao ecossistema.

Além disso, o processo de compostagem é aplicado com foco nos micro-organismos presentes na matéria orgânica. Dessa forma, gera uma propriedade chamada húmus, que é extremamente benéfica para a a agricultura – tendo em vista que promove a aeração do solo.

Compostagem sendo feita com a utilização de materiais orgânicos

O que é compostagem?

processo de compostagem é a transformação do lixo orgânico em adubo; permitindo que ele venha a ser utilizado de diferentes maneiras dentro de um setor rural. Para que possa ser aplicado, esse método depende de atenção e cuidado, uma vez que a terra precisa estar em situações ideais para que tudo ocorra de acordo com o planejado.

A técnica da compostagem é considerada bastante antiga. Existem relatos de que, há muitos séculos, os orientais já reutilizavam o lixo orgânico em atividades importantes.

No entanto, em boa parte do mundo, essa técnica passou a ter mais notoriedade após o início de grandes discussões sobre sustentabilidade. A separação do lixo orgânico do tóxico é um processo significativo e que precisa de reeducação social para que se torne uma rotina; visto que essa etapa ajudaria diretamente no trabalho dos coletores, que passam a conseguir diferenciar facilmente o lixo orgânico do reciclável.

No entanto a compostagem no Brasil é uma discussão pouco pautada. Por isso, seria importante que existissem mais iniciativas governamentais para ressaltar a importância do descarte correto do lixo e os seus impactos no meio ambiente.

Como funciona a compostagem?

A compostagem é um processo feito a partir dos micro-organismos e impulsionado pelas minhocas presentes no solo. Dessa maneira, as minhocas fazem o trabalho de trituração e decomposição (por meios do trato digestório) dos alimentos, permitindo que as bactérias presentes produzam o húmus.

A proliferação de minhocas no ambiente da compostagem é natural. Após o agricultor iniciar o processo, elas mesmos se adequam ao ambiente e se proliferam em diferentes proporções; o que irá depender diretamente do tamanho da composteira – caixa que é usada durante o processo.

Mesmo se tratando de compostagem com minhocas, o processo é higiênico e não exige grandes limpezas no ambiente. Boa parte do processo de compostagem tem as minhocas como grandes responsáveis, já que são elas que realizam a transformação da matéria em húmus.

Com isso em mente, é importante que a pessoa responsável pela atividade tenha determinados cuidados e evite o oferecimento de determinados tipos de alimentos para as minhocas, como carne animal, restos de frutas cítricas ou alimentos que tenham pimenta na composição.

Usar tais tipos de materiais para compostagem pode trazer efeito reverso no trabalho das minhocas. Com isso, há um aumento no tempo do processo de adubação, sendo que a morte das principais responsáveis por ele também correm o risco de morte.

Processo de compostagem sendo feito com alimentos orgânicos

Vantagens da compostagem

Um dos principais benefícios da compostagem é a sua serventia como substituto ao uso de agroquímicos. Hoje, no Brasil, aproximadamente 70% dos alimentos produzidos no país fazem o uso de agroquímicos, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer – INCA.

Além de ser uma grande substituta ao uso de defensores agrícolas, a compostagem possui outras vantagens, incluindo:

  1. Corte de gastos
  2. Aumento de nutrientes no solo
  3. Redução dos riscos de erosão
  4. Não oferece riscos à vida humana

No caso da compostagem doméstica, a sua importância gira em torno de evitar o mau cheiro nas ruas e na diminuição da proliferação de animais como ratos e baratas. Por meio do descarte correto, os aterros sanitários são desafogados.

De acordo com  informações do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR, mais de 50% do lixo produzido em todo o território brasileiro faz parte da classe de orgânicos. Desse modo, caso fosse descartado corretamente, o país teria um enorme avanço ambiental.

Atualmente, a compostagem vai muito além do setor rural. O método já chegou as áreas consideradas urbanas e se mostrou eficiente ao ponto de ser utilizado dentro de casas e apartamentos. Em boa parte do mundo, a compostagem na agricultura urbana também mostrou crescimento.

compostagem industrial é outro método muito comum dentro e fora de áreas urbanas. Nesse caso, empresas especializadas na prática são contratadas para fazer todo o processo. Geralmente, os principais contratantes desses especialistas são grandes instituições.

Compostagem na escola

Ensinar a importância da compostagem tem se tornado uma pauta importante dentro das escolas de todo o Brasil. É necessário apresentar a relevância da reutilização de orgânicos desde a primeira infância, de modo que os alunos se interessem pela pauta.

Além das aulas teóricas, onde profissionais apresentam dados sobre a compostagem e o quanto ela pode mudar o meio ambiente. Aulas práticas também são aplicadas, fazendo com que os alunos adquiram experiência própria no processo.

Ensinar os alunos sobre a importância da compostagem pode ser extremamente importante a longo prazo; pois, quando crescidos, terão total conhecido sobre os fatos e necessidades desse processo. Dessa forma, podendo ensinar a própria família sobre a importância do lixo orgânico.

A coleta correta do lixo orgânico pode fazer com que a própria economia do país venha a melhorar. Dessa forma, pode ser aumentada a taxa de empregos e beneficiar pessoas de diferentes regiões com a prática.

A compostagem é uma prática extremamente importante e acessível a diferentes tipos de agricultores, uma vez que é considerada de baixo custo. Esse tipo de trabalho considerado orgânico é importante, também, para abrir margem para novos investimentos.

Composteira durante o seu processo de compostagem

O Brasil é consolidado em diferentes setores da agricultura como um dos mais importantes e rentáveis. No entanto, a reutilização de lixo orgânico ainda não é comum no país. Caso sejam aplicadas as técnicas corretas para incentivar esse tipo de atividade, todo o território tem chance de fazer parte desse avanço.

A evolução traria resultados a longo prazo, visto que a compostagem no Brasil é bastante considerável em regiões rurais e já faz com que agricultores obtenham ótimos retornos em qualidade de produção e, consequentemente, lucros.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo