Curió paracambi é ave que teve seu canto padronizado em 2003

Inicio » Meio Ambiente » Curió paracambi é ave que teve seu canto padronizado em 2003
31/05/2020 Por
Curió paracambi é ave que teve seu canto padronizado em 2003

O canto do curió paracambi recebeu o nome da cidade carioca que o padronizou

Em uma reunião promovida pelo poder público municipal, o canto do curió paracambi foi oficialmente definido. A fim de que a padronização tivesse efeito, decidiu-se que, na primeira etapa, o canto deverá ser de 10 notas. Entretanto, foi reconhecido, também, que o pássaro pode emitir 12 notas sem prejudicar o seu julgamento.

Ou seja, foi aprovado, ainda, que o modelo das fichas para os julgamentos em conjunto do canto do curió paracambi contenha a nota do juiz, uma pela harmonia, melodia e voz, outra pela quantidade igual ou superior à emissão de 10 notas, uma para a entrada, uma para o arremate, pelo andamento moderado de acordo com o sonograma padrão.

Curió paracambi

O que é curió paracambi?

O pássaro curió paracambi (também chamado de “avinhado”), cuja nomenclatura científica é Oryzoborus angolensis, tem seu nome popular derivado da linguagem indígena, significando “amigo dos homens”, em tradução livre.

Em conclusão, a ave pertence à ordem dos passeriformes e à família das fringílidas. De conformidade com essas informações biológicas, é conveniente mencionar que o curió paracambi pode ser encontrado em todo o território brasileiro e algumas outras localidades do subcontinente sul-americano.

Primordialmente, o pássaro habita regiões litorâneas (em especial, o litoral paulista). Enfim, seu tempo de vida em cativeiro (sob boas condições) é de 30 anos. Em virtude de condições inerentes à vida selvagem, em liberdade a espécie vive, em média, por 10 anos.

Assim, o tamanho do curió paracambi não excede os 15 centímetros. É provável que seu período de acasalamento ocorra entre os meses de agosto e março, à medida que o período fértil da espécie pode variar de 6 a 12 meses.

Ainda mais relevante para os que desejam criar o pássaro, vale mencionar que o seu período de incubação é de 12 dias, gerando até, no máximo, três ovos por ninhada. Pelo contrário, a troca de penas (ou “muda”) ocorre entre os meses de março e de junho.

A origem do nome

A menos que os registros históricos estejam completamente incorretos, o curió sempre apreciou a convivência com os humanos, motivo pelo qual os índios tupis chamaram-no, conforme mencionado, de “amigo dos homens”.

Enquanto essa característica de buscar a proximidade com os seres humanos denota a espécie, elementos como sua elegância, a grande capacidade de disputar, pelos cantos, qual animal dominará o território e a inegável qualidade do seu canto, fazem com que o pássaro seja estimado entre criadores e amantes da natureza em geral.

A espécie Oryzoborus maximiliani, isto é, o bicudo, é um parente próximo do curió. Todavia, apesar de ser outro excelente cantor, é todo preto e um pouco maior, apresentando a mesma mancha esbranquiçada nas asas.

A princípio, os cantos de bicudos e curiós são tão apreciados que, em concursos oficiais, essas qualidades são levadas a tal ponto de seriedade que, como mencionado, há critérios específicos para definir suas diferentes qualidades.

Curió paracambi

A origem do canto

Com o propósito de aprenderem a cantar, os curiós são “ensinados”, desde pequenos, por seus pais. Desse modo, os criadores aconselham que os pássaros ouçam somente os cantos de seus pais quando estes são tidos como cantores perfeitos.

Antes de tudo, as aves são capazes de emitir sons que expressam avisos de alerta, tristeza, alegria, dentre outros. No entanto, há uma imensa variedade de cantos, variando segundo a região, existindo relatos de pássaros capazes de emitir cerca de 40 assovios diferentes.

De tal forma que, no Brasil, foram encontrados por volta de 130 diferentes cantos. Por causa de tanta variedade, os mais comuns são, além do paracambi, o curió mateiro, o curió goiano, o curió vi-te-teu e o curió praia.

Assim também como é um exímio cantor, o curió paracambi é um exímio imitador. Em primeiro lugar, essa característica faz com que seja desaconselhável criá-lo com outras espécies, uma vez que ele aprende facilmente qualquer canto.

Mesmo que seja muito interessante observar suas capacidades de imitação, isso fará com que a ave perca a pureza e a originalidade de suas próprias notas musicais. Outrossim, a melhor época para o curió paracambi aprender a cantar ocorre quando o espécime é bem novinho, por volta de 3 meses.

Em síntese, ao colocar o curió para escutar os cantos de um mestre (isto é, um dos pássaros do plantel que possua o melhor canto) ou de um CD, por exemplo, ele trocará “automaticamente” de canto.

Acima de tudo, o pássaro também poderá aprender mesmo se já for mais velho, caso seja, como dizem os criadores, um “cabeça mole”. Depois que adentrar nesse interessante universo, você poderá encontrar gravações dos cantos de curiós especialmente elaboradas para o treinamento e aperfeiçoamento de filhotes.

Curió paracambi

Alimentação no habitat natural

Inesperadamente, o curió paracambi alimenta-se exclusivamente de sementes de um tipo específico de capim: o navalha. Inegavelmente, porém, sua alimentação básica inclui alguns insetos.

Em princípio, quando ainda é novo, o pássaro apresenta coloração amarronzada. Posto que, transcorridos cerca de um ano e dois meses, suas penas se tornas pretas, somente uma pequenina mancha branca em sua asa e a tonalidade vinho (em seu peito e barriga) podem ser notados.

Em contraste com os espécimes machos, a fêmea do curió paracambi é de um tom marrom bem mais claro, na altura do peito. Só para ilustrar, essa diferenciação é mais fácil de realizar visualmente apenas quando ela atinge a idade adulta, à medida que é a partir desse ponto que o fenômeno ocorre.

Manejo alimentar em cativeiro

De maneira idêntica, o curió paracambi apresenta particularidades interessantes em sua alimentação, mesmo que em cativeiro. Surpreendentemente, no entanto, esta deve ser bem diferente de sua dieta básica em meio selvagem.

Com toda a certeza, é altamente recomendável, para a criação de curió paracambi, assegurar uma mistura de diversas sementes e de complementos que são empregados a fim de substituir insetos avidamente caçados e capturados pela ave na natureza.

Em suma, se você deseja criar um curió paracambi, deve estar ciente da necessidade de oferecer-lhe, ainda, uma suplementação vitamínica, composta por minerais e aminoácidos. Ainda assim, deixe areia fina à sua disposição, pois, ao ingeri-la com os alimentos, o pássaro tem seu processo digestivo facilitado.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo