Energia elétrica é, sem dúvida, a principal fonte de energia mundial

Inicio » Agronegócio » Energia elétrica é, sem dúvida, a principal fonte de energia mundial
07/12/2020 Por
Energia elétrica é, sem dúvida, a principal fonte de energia mundial

O Brasil consome, em média, mais de 400 mil gigawatts/hora de energia elétrica, e esta é a principal fonte de energia da era moderna. É um recurso indispensável nas grandes metrópoles sem o qual não seria possível democratizar o acesso a recursos como iluminação artificial, uso de aparelhos eletrônicos, veículos de transporte, etc.

Petróleo e água são os principais recursos para a geração de energia elétrica. Contudo, esses recursos são finitos e o manejo e utilização para tal fim provocam danos ambientais de consequências desastrosas a longo prazo. É urgente a implantação de um novo modelo de matriz energética para evitar tais danos e impedir conflitos entre nações cada vez mais dependentes das tradicionais fontes de energia.

Energia elétrica

O que é energia elétrica?

Energia elétrica é uma forma de energia que se origina das cargas elétricas, descobertas pelo filósofo Greco Tales de Mileto no século VI a.C., entre dois pontos. Essas cargas elétricas entre dois pontos também são chamadas de voltagem e se originam com a aplicação de uma potência.

O estabelecimento da voltagem permite a formação de uma corrente elétrica, fluxo ordenado de partículas portadoras de carga elétrica.

É a forma de energia mais fácil de ser conduzida e que provoca menos perda durante as conversões para fluxo contínuo de eletricidade.

Por isso, considera-se o tipo de energia mais prático e econômico para ser produzido e distribuído em larga escala.

Como é distribuída a energia elétrica?

Após a energia elétrica ser gerada (normalmente utilizam-se recursos naturais para a sua produção), ela é direcionada para as chamadas subestações transmissoras. É conduzida por meio de cabos de alta tensão.

Por meio desses mesmos cabos, é transmitida para uma subestação de transmissão.

Essa subestação é encarregada de distribuir a energia elétrica para as residências, comércios, serviços públicos e indústrias.

A distribuição é feita se valendo dos fios elétricos, identificados facilmente nos postes espalhados nas ruas e avenidas nas cidades e no campo.

Fontes de energia elétrica

São várias as fontes de energia elétrica. Listamos as mais usadas a seguir.

Água

Sem dúvida, uma das principais fontes de energia elétrica. Certamente, o recurso natural mais abundante do planeta: água.

A geração de energia ocorre ao se aproveitar à força das águas em rios para gerar a potência formadora de corrente elétrica.

Para realizar esse trabalho, se utiliza usinas hidrelétricas, instaladas em meios a leitos de rios com o objetivo de facilitar o trabalho de represamento de águas. Tal represamento é necessário para mover as turbinas que auxiliam no trabalho de geração de energia elétrica.

Apesar de ser uma forma de produção de energia menos poluente, não deixa de provocar impactos ambientais sérios, pois a concentração de água nas barragens tem potencial de submergir comunidades ribeirinhas inteiras, além de prejudicar todo o ecossistema de uma região e pôr em extinção espécies de animais.

O Brasil, por contar com a maior bacia hidrográfica do mundo (Bacia Amazônica), se aproveita da abundância do recurso natural em seu solo para basear a maior parte de sua produção energética.

Energia elétrica

Petróleo, carvão, madeira, gás natural

Combustíveis renováveis, que não se esgotam se bem geridos, e não renováveis, impossíveis de se repor a curto prazo ou mesmo a longo prazo, são utilizados em usinas termoelétricas para gerar energia elétrica.

As usinas termoelétricas são instalações industriais que utilizam produtos combustíveis com madeira, óleo, carvão natural, urânio enriquecido, entre outros, para a liberação de energia por meio da queima.

O problema desse tipo de geração de energia, no entanto, é a liberação de gases poluentes no processo, o que acaba provocando impactos ambientais nocivos.

Vento

Existe uma forma de produção de energia elétrica que utiliza a força dos ventos: a energia eólica. Ela é formada com o emprego de aerogeradores, moinhos de vento, movidos pela força do vento e que convertem essa potência em energia elétrica.

É, sem dúvida, uma das formas de geração de energia menos poluentes, considerada a grande alternativa para substituir modelos de produção mais poluentes no futuro. No entanto, seu custo ainda é elevado, sendo esse um dos entraves de sua aplicação em escala global.

Urânio

Outra forma de geração de eletricidade ocorre por meio da exploração de urânio enriquecido e outros elementos. Esse tipo de energia é chamado de energia nuclear ou atômica.

É menos poluente em seu processo de conversão para corrente elétrica, no entanto, o risco que oferece ao ambiente do entorno em que está instalado é grande devido ao lixo radioativo que produz.

Um dos grandes desastres da humanidade envolveu uma usina nuclear, em Chernobyl, Ucrânia, em abril de 1986. Dizimou 7 milhões de pessoas em 3 países.

Raios solares

Por fim, temos a geração de energia via raios solares, chamada de energia solar. Utiliza-se placas que absorvem raios solares, convertem em energia elétrica e distribuem para parques elétricos. É também considerada uma das formas de produção elétrica menos poluentes e uma das alternativas de futuro.

Energia elétrica

Energia elétrica no Brasil

A energia elétrica no Brasil é pautada pelo uso de usinas hidrelétricas.

O Brasil é dono da maior bacia hidrográfica do mundo, é rico em rios e mananciais, por isso, pode basear a sua matriz energética na exploração desse recurso natural sem grandes riscos de prejudicar o fornecimento do recurso para outras aplicações.

Cerca de 90% da energia produzida no país ocorre em usinas hidrelétricas. Outra modalidade de produção em voga no Brasil é a que faz uso de usinas termoelétricas. Elas são aproveitadas de maneira estratégica para suprir a demanda de energia nos períodos de seca, mas uma forma de produção mais onerosa.

Unidade de energia elétrica

A unidade de energia elétrica é a forma de medição de consumo diário ou mensal. As duas unidades de potência mais usadas são o watt (W) e o quilowatt (kW). No Brasil, utiliza-se o quilowatt/hora (kWt) como unidade de medida, diferente do sistema internacional que usa como unidade de energia elétrica o joule (J).

A diferença desses sistemas de medição é considerável. Um kWh é equivalente a 3.600.000 J. Para converter o valor da energia elétrica em kWh para joule, portanto, é necessário multiplicar o total de kWh por 3.600.000 J.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo