Equinos e processo de desenvolvimento no mundo agropecuário e do agronegócio

Inicio » Pecuária » Equinos e processo de desenvolvimento no mundo agropecuário e do agronegócio
05/02/2019 Por
Equinos e processo de desenvolvimento no mundo agropecuário e do agronegócio

Criação dos equinos e cuidados que devem ser mantidos

A evolução dos cavalos, se deu pelo cruzamento de uma das raças de equinos com outra. Com isso, apresentou uma transformação que resultou na modificação de suas patas e tamanho inicial. Por fim, caracterizando-se como o cavalo monodáctico atual.

A adestramento de equinos já ocorria desde os primórdios e, com o decorrer do tempo, passaram a ser utilizados freios e embocaduras nos cavalos. Depois disso, houve um grande aumento no uso dos Equus – mamíferos da família Equidae – em batalhas e guerras, facilitando para que o cavaleiro tivesse as mãos livres para uso de armas contra seu adversário.

Equinos

Mas afinal, qual o significado de equinos?

Os equinos são animais que vivem em bandos, e, são caracterizados por seu médio ou grande porte e sua crina. Constituem o grupo de mamíferos perissodáctilos e a espécie Equus, formada por cavalos, burros, pôneis e zebras.

Os tipos de equinos mais conhecidos são:

  • árabe: deu espaço para as outras raças de cavalo existentes; é usado em corridas, eventos e lazer;
  • appaloosa: é caracterizado, muitas vezes, por suas manchas no corpo; é usado na prática de esportes;
  • quarto de milha: perfeito para corridas, provas de tambor e team roping, entre outros;
  • percheron: comum em competições de carruagem e desfiles;
  • puro sangue inglês: é considerado o melhor cavalo de corridas do mundo;
  • lusitano: auxilia nas touradas, domesticação e espetáculos.

Sendo considerado um dos tópicos mais importantes da equinocultura, a nutrição dos equinos é baseada no desenvolvimento e funcionamento producente dos cavalos. Para obter o maior desempenho dos bichos, é necessário manter as precisas porções de vitaminas e minerais, energia, proteínas, água e ração na sua dieta.

Importância e características da equinocultura

A equinocultura mantém a criação dos cavalos de raça, tratando-os como companheiros, e não produtores. Ou seja, eles são cuidados para vendas futuras e adestrados.

Os cavalos devem passar horas de seu dia em lugares próprios, como territórios de pastagem ou campos. Estes não são animais que devem permanecer em lugares pequenos e fechados. Isso pode acarretar em diferentes patologias ou distúrbios comportamentais no animal.

Equinos

Por ser uma atividade profissional e proveniente de técnicas específicas, a criação dos equinos é bem planejada e estruturada. Ou seja, definida pela escolha e pelo objetivo do produtor, a criação dos cavalos é dividida em três tipos de sistema:

  • sistema extensivo de criação: os cavalos são livres para rodarem por toda área de pasto do território;
  • sistema intensivo de criação: por confinar os animais em campos menores como portos, têm maiores gastos para manter a alimentação regrada e criação saudável do bicho;
  • sistema semi-intensivo de criação: sendo um misto dos sistemas extensivos e intensivo, o semi-intensivo opta por cuidar do animal ora em campo, ora retraído. Fazendo com que se exercite, tenha as proteínas e vitaminas necessárias e mantenha a saúde adequada.

Dessa forma, administração dos equinos deve lhes assegurar a comodidade, além de proteção contínua para que cresçam atingindo os níveis de potência naturais de cada espécie.

Tags: ,

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo