Erva e os muitos produtos agrícolas que resultam da sua plantação

Inicio » Agricultura » Erva e os muitos produtos agrícolas que resultam da sua plantação
01/03/2019 Por
Erva e os muitos produtos agrícolas que resultam da sua plantação

Usada para aromatizar, guarnecer ou medicar, a erva pode ser cultivada e comercializada para diversos fins

Encontrada na natureza em grande variedade, a erva pode ser usada para os mais variados fins. É, justamente, em função dessa pluralidade de usos que as ervas representam – desde a antiguidade – uma opção válida nas mais diversas situações; seja relacionada a preparação de uma receita no dia a dia ou para aliviar os sintomas de uma enfermidade passageira.

Útil na culinária, no uso medicinal e em diversos outros campos, a erva também traz a oportunidade de diversificação de plantio para o agricultor. Uma chance de plantar diferentes espécies de um mesmo gênero de planta e, consequentemente, aumentar a renda.

Erva camomila

O que é erva?

Erva é a planta que pode ter propriedades salgadas ou aromáticas, aromatizando, guarnecendo, oferecendo fragrâncias ou valores medicinais. Seu uso culinário a distingue das especiarias. Segundo a botânica, o significado de erva corresponde à planta herbácea folhosa, espermatófita, não-lenhosa, de frequência anual, bianual ou perene, que tem caule verde. Ou seja, não são árvores.

Mas alguns dicionários também a definem como uma planta tóxica desenvolvida em pastagens e que pode ser fatal quando é ingerida pelos animais. Ainda neste conteúdo você vai ver que essa segunda definição se refere às ervas daninhas.

Classificação das ervas

Ervas podem ser definidas de duas formas:

  • pelo caule macio ou maleável, rasteiro e sem presença de lignina;
  • ou pelo caule que não sofre crescimento secundário durante seu desenvolvimento.

Os diferentes usos das ervas

Indicadas tanto para preparar alimentos, mudar o sabor da comida ou por oferecer valor medicinal, as ervas são usadas desde os tempos mais remotos. Aparecem, inclusive, em passagens religiosas da Bíblia, Corão e Talmud. Motivaram até mesmo a descoberta das Américas, quando espanhóis e portugueses buscavam condimentos como canela e pimenta.

Plantação de ervas e seus tipos

De modo geral, a definição dos tipos de ervas é difusa. Isso porque muitas que são usadas na cozinha também têm propriedades medicinais. Podem ser, ainda, frescas, secas ou desidratadas.

Caracterizadas por seus ativos, podem conter alcalóides, glicose, minerais e vitaminas. Componentes responsáveis pelo aroma, gosto e ação terapêutica, profilática ou paleativa.

Um dos principais ativos de uma erva são seus óleos essenciais, que podem ser encontrados em cascas, flores, folhas e raízes, dar sabor aos alimentos e fazer bem.

Erva sendo utilizada em chá

Quando passa pelo processo de secagem, por exemplo, parte dos óleos essenciais presentes evapora e isso reduz seu aroma. Assim sendo, são preparadas para se tornarem chás ou outros tipos de medicamentos.

Alguns tipos de ervas muito comercializadas para consumo como chás, inclusive, são as famosas camomila, erva cidreira, erva doce, erva-mate e hibisco. Então, a plantação de ervas pode representar também uma chance para o agricultor que quer diversificar sua renda com plantios diferentes.

Ervas daninhas: o lado prejudicial da erva

Motivo de preocupação de muitos produtores rurais todos os dias, a erva daninha é a planta que cresce em local indesejado. Também chamada de erva invasora, ela causa prejuízo porque concorre ou impede o crescimento de uma cultura. Então, precisa ser retirada para que a mesma possa se desenvolver em condições adequadas.

Agro20 | Portal Vida No Campo