Falcão é nome genérico dado a diversas aves da família Falconidae

Inicio » Meio Ambiente » Falcão é nome genérico dado a diversas aves da família Falconidae
06/10/2020 Por
Falcão é nome genérico dado a diversas aves da família Falconidae

Trabalhar com o comércio ligado ao falcão pode ser muito lucrativo. Manter a vacina de um animal em dia é muito importante. Isso também se adequa a animais exóticos como o falcão. Principalmente porque seu comércio tem crescido cada vez mais no Brasil, ganhando visibilidade.

No entanto, a criação de um falcão requer esforço e investimento. O lucro é algo realmente ótimo e alto, mas é preciso saber gerir o dinheiro inicialmente. Portanto, conheça um pouco melhor sobre o falcão.

Falcão

O que é falcão?

Falcão é uma ave de rapina da família Falconidae, mais conhecida como falcão peregrino ou Falco peregrinus cientificamente. Como se trata de uma das mais famosas aves de rapina, seu voo costuma ser amplo e rápido.

Além do mais, a ave falcão também tem bicos e garras muito afiados. Isso porque sua alimentação é baseada na carne e esse tipo de ave é caçadora. Por esse fator, cuidar de um falcão não é a coisa mais tranquila do universo.

A ave é bastante sentimental e pode ser brusca. Logo, evite deixa-la muito perto de crianças para que a ave não se irrite.

Além disso, é preciso ressaltar que se trata de uma ave exótica. Portanto, sua criação não é muito comum no Brasil e o tratamento do animal pode ser mais elevado. Ainda assim, é algo viável para quem deseja comercializar a ave.

O falcão é um animal bem peculiar e prefere regiões florestais. Seu voo é mais reto e a ave é diurna, portanto, sua visão não é a melhor para o período da noite. Tendo em vista essas informações, basta acrescentar que a ave também pode ser encontrada em grandes cidades.

No entanto, é mais comum que as aves encontradas na cidade sejam mais ariscas e não gostem muito de contato humano. São animais que se adaptam com facilidade ao ambiente e a velocidade do falcão pode chegar a trezentos quilômetros por hora. Aliás, o único lugar em que não pode ser encontrado é na Antártida.

Falcoaria

O falcão peregrino não é encontrado tão popularmente aqui no Brasil. Dentre as espécies de falcão, o falcão de peito laranja é aquele que mais se encontra na América do Sul. Mas isso não significa que ele é muito diferente do peregrino.

Aliás, as principais características do falcão permanecem, mesmo nessa espécie diferente. Sua velocidade e a garra afiada marcam presença, e continuam sendo tão perigosos quanto as espécies de outros continentes.

Por esse motivo, investir em uma falcoaria é algo que deve ser feito com muito cuidado. Além de saber selecionar as espécies para o clima adequado, é preciso investir em veterinária e cuidados específicos. Ao menos, o cuidador não precisa se preocupar com insetos atacando lavouras.

O investimento, portanto, é bem elevado e não é para qualquer um. O ideal é se trabalhar em um campo bem aberto e treinar as aves para um voo prolongado e caça adequada. Ainda assim, a dieta do falcão deve ser equilibrada.

Uma falcoaria, no entanto, pode ser muito lucrativa. Afinal, diferente da criação de pardais e canários, um falcão exige muito mais de seu cliente. Logo, a venda desse animal é bem específica e pode ser bem lucrativa.

A exportação não é tão comum e é necessário tomar cuidado para não acabar adquirindo um falcão advindo do tráfico de aves. Afinal, é uma ave exótica e cara, e sua exportação é muito incomum.

Ainda assim, investir em uma falcoaria pode ser muito lucrativo. Ainda mais se você também investir em aulas a respeito da ave e não apenas vendê-las.

Falcão

Como cuidar do falcão?

Muitas pessoas que desejam começar com o comércio de animais exóticos podem ficar confusas no começo. Afinal, em qual animal investir? Como consolidar bem a sua clientela?

Bom, para a segunda pergunta, basta investir em uma boa divulgação e saber que esse público é mais seleto. Quanto à primeira, é preciso pensar com qual tipo de animal você gostaria de trabalhar.

Por exemplo, um falcão é bem menos comum no Brasil que um gavião, portanto, é um animal mais caro. No entanto, a diferença entre falcão e gavião pode ser fator decisivo nessa escolha. Assim sendo, um gavião prefere voos em que pairam no ar, enquanto o falcão prefere um voo reto que permite adentrar florestas.

Além disso, uma das curiosidades sobre o falcão é que ele prefere agarrar as presas com as garras. Logo, os cuidados com essa parte do animal são mais necessários, enquanto em um gavião, o foco está no bico.

Assim sendo, aprender a cuidar de um falcão para que ele cresça de maneira saudável e se reproduza é essencial para o seu comércio. Então, não escolha o animal apenas porque ele oferece uma margem de lucro alta. Isso porque, sem os cuidados necessários, o animal pode acabar prejudicando o seu bolso com os custos.

Ao decidir trabalhar com o falcão, basta se certificar que as burocracias para os cuidados com o animal estejam em ordem. É preciso que o IBAMA esteja ciente da sua criação e venda, bem como garantias de que o animal é preservado. Afinal, o órgão combate diretamente o tráfico de animais e preza pela fauna brasileira.

Falcão

Alimentação do falcão

Há uma boa quantidade de animais de grande porte no Brasil. Para estes, há lojas específicas para o cuidado do animal. Dessa maneira, lojas especializadas em cuidados de aves também existem.

No entanto, pet shops para aves exóticas como o falcão ou o gavião são pouco presentes no país. Portanto, cuidar da alimentação do falcão, fornecer remédios e acessórios para o cuidado da ave pode ser tão lucrativo quanto uma falcoaria.

Isso porque, com esse comércio, você consolida clientes fixos com maior facilidade. Além disso, não é preciso compreender muito sobre o animal, uma vez que os alimentos adequados e os valores nutricionais ficam a cargo do cuidador.

Assim, investir em carnes de animais exóticos pode fornecer um bom comércio para além do segmento de aves. Para quem deseja trabalhar com um dos segmentos dos cuidados com o falcão, o ramo da alimentação pode ser bem lucrativo. O mais interessante é que você pode investir em outras aves também, e fornecer alimentos e equipamentos para cuidadores diversos.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo