Cavalo é um dos equídeos mais populares em todo o Brasil

Inicio » Agronegócio » Cavalo é um dos equídeos mais populares em todo o Brasil
21/09/2019 Por
Cavalo é um dos equídeos mais populares em todo o Brasil

Mercado equino no Brasil mostra porque o cavalo continua sendo importante para a economia

O cavalo é um dos animais que foram domesticados pelo homem desde os tempos mais remotos e ainda hoje segue sendo muito importante.

Mesmo não sendo mais utilizados como meio de transporte, ou na realização de outros serviços, algumas raças de cavalo são extremamente valiosas e utilizadas em competições esportivas e feiras de exibição.

Cavalo

Características do cavalo

Cavalo é um mamífero herbívoro que pertence ao grupo dos equinos, assim como:

  • Zebras;
  • Pôneis;
  • Burros;
  • Asnos.

Hoje em dia existem cerca de 100 raças de cavalo espalhadas por todas as partes do mundo, mostrando como esse animal ainda é muito importante. Afinal, os cavalos fazem parte da história há milênios e foram fundamentais no processo de evolução do homem e das cidades.

Importância do cavalo na história

Existem registros que apontam para a existência de um ancestral dos cavalos que viveu no que se tornaria o continente americano há cerca de 60 milhões de anos. No entanto, em um dado momento, esses animais foram extintos nessa região, restando apenas os animais que já habitavam a África e a Europa.

Ao longo de sua evolução, o cavalo teve um papel muito importante nas ações do homem durante milhares de anos. Assim, o encontro entre essas duas raças foi determinante para que o homem conseguisse domesticar esses animais.

Com isso, os cavalos passaram a ser utilizados para transporte, trabalho e guerras. Desde então, os cavalos sempre estiveram lado a lado do homem nas mais diversas ocasiões, e ainda hoje têm grande importância econômica.

Mercado de cavalos

Apesar de não ser muito festejado, o mercado de cavalos tem um papel de extrema importância para a economia brasileira. Afinal, o mercado de leilões e feiras dedicadas a compra e venda de cavalos nunca esteve tão aquecido.

Mesmo diante da instabilidade econômica que paira sobre o país nos últimos anos, o mercado de equinos vem acumulando crescimento ano após ano. Estamos falando de um ecossistema econômico responsável pela injeção de mais de R$ 16 bilhões ao ano na economia nacional.

Além disso, o mercado de equinos gera mais de 3 milhões de vagas de emprego diretos e indiretos. E, ao contrário do que se imagina, essas vagas vão desde a mão de obra até laboratórios e veterinários.

Esse número representa um total de postos de trabalhos maior do que o criado pela indústria automobilística.

Cavalo

Importância dos leilões

Uma parte muito importante do mercado de equinos brasileiro, que contribui muito para todo seu crescimento, são os leilões. Esses eventos são muito comuns no interior do país, principalmente em cidades onde o agronegócio é mais presente.

Nos leilões realizados pelo Brasil, o Mangalarga Marchador é a grande estrela, responsável por boa parte dos negócios fechados nessas ocasiões.

Nos últimos 3 anos foram realizados mais de 700 leilões, com vendas de mais de R$ 200 milhões. Isso sem contar o total de vendas de outras raças, como o Quarto de Milha, por exemplo.

Raças de cavalo

Atualmente existem espalhadas pelo mundo mais de 100 raças de cavalo, e algumas delas totalmente brasileiras.

Veja a seguir as principais raças de cavalo do Brasil.

Mangalarga Marchador

Considerado um cavalo ágil, de pele lisa e fina, temperamento dócil e ativo, o Mangalarga Marchador é um dos cavalos mais procurados em feiras e leilões. Originalmente, essa raça teve origem nos países da Península Ibérica, chegando ao Brasil através de nobres da corte portuguesa.

Os animais dessa raça possuem uma constituição física privilegiada, por isso são tão desejados pelos criadores.

Campolina

Essa raça é cada vez mais apreciada entre os amantes dos cavalos.

Nascida do cruzamento entre uma égua preta e um reprodutor Andaluz ainda na época do Império, a raça foi aperfeiçoada ainda por muitos anos. Assim, o cavalo Campolina é considerado um animal de andar nobre e de movimentos harmoniosos.

Andaluz

O Andaluz é mais uma raça que chegou ao Brasil com os portugueses na época da colonização. Esse é o cavalo de sela mais antigo que se tem conhecimento no Ocidente, e tem participação direta no desenvolvimento de outras raças.

Raças como Mangalarga, Campolina e Mangalarga Marchador, por exemplo, possuem indiretamente o sangue Andaluz.

As principais características da raça são seu garbo, coragem e formas equilibradas, distribuídas em um animal de porte médio.

Cavalo

Cavalo Árabe

Essa é a raça de cavalo mais recente no Brasil, chegando por aqui nos anos 1930. O cavalo Árabe foi trazido por intermédio do governo da época com o objetivo de reforçar sua cavalaria.

Considerado um animal de excelente qualidade em todo o mundo, com o passar dos anos a produção nacional aumentou muito. Inclusive, durante anos de forte crise econômica no país, a importação continuou acontecendo, até que o governo intervisse.

Assim, com o passar do tempo, o Brasil passou a ser conhecido como produtor e exportador de cavalos de excelente qualidade para todo o mundo.

Quarto de Milha

O cavalo Quarto de Milha é considerado um excelente animal de corrida em curtas distâncias. A raça surgiu nos Estados Unidos, a partir do cruzamento de Mustangs e éguas inglesas.

Com isso, surgiu um animal ótimo na lida com o gado, recuperando animais desgarrados com rapidez e facilidade. Por isso os animais dessa raça são considerados versáteis, dóceis e inteligentes, com membros fortes e musculatura privilegiada.

Cuidados com cavalos

É importante atentar para alguns cuidados a fim de evitar que seus cavalos possam ter algum tipo de problema de saúde.

Veja alguns desses cuidados:

  • Evitar abrigar o cavalo ainda molhado;
  • Manter as vacinas em dia;
  • Raspar seus dentes com frequência;
  • Utilizar ferraduras;
  • Manter seus cascos raspados.

Além disso, é importante observar sempre o comportamento do animal, para notar se está havendo perda de peso ou alguma mudança em seus hábitos. Caso perceba alguma mudança desse tipo, é recomendado entrar em contato com o seu médico veterinário.

Dessa forma, caso algo mais sério esteja acontecendo, as chances de resolver o problema são muito maiores. Afinal, seja para criação pessoal ou para comercialização, o cavalo ainda é um animal muito importante para o nosso país.

Compartilhe sua opinião

Agro20 | Portal Vida No Campo